If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:50

Transcrição de vídeo

no último vídeo nós estamos maravilhados com essa foto da via láctea e pensando que cada ponto cada grão de areia nesta imagem seria no caso uma estrela no céu ou até mais distante seria por exemplo aqui uma galáxia inteira só que agora chegou a hora de aumentar ainda mais essa escala ainda não está bom a gente ter uma receberá deira noção de com grande é o universo isso daqui é só a via láctea só havia o activo mas o universo é bem maior e vocês vão perceber que nesse vídeo eu vou usar - analogias porque chega uma hora que nem as analogias são suficientes para mostrar o um grande é o universo em que a gente vive mas então vamos começar então a gente tava olhando no último vídeo que o nosso local na via láctea que já é uma estrutura cosa ou fica aqui que fica situado a mais ou menos 25 25 mil anos-luz anos luz do centro da nossa galáxia isso é uma distância massiva ea gente também viu que a via láctea tem de diâmetro 100 mil anos luz e mais ou menos mil anos luz de espessura então agora nós vamos para a próxima nós vamos para a próxima imagem que vai ficar aqui embaixo ou o outro aqui está aqui a próxima imagem essa imagem aqui nosso centralizar ela ela mostra o nosso grupo local de galáxias então aqui estamos nós que estamos nós a via láctea e nós temos todas essas pequenas todas essas pequenas galáxias satélites que são galáxias que orbitam a nossa galáxia mas recebe o nome de galáxias até de caos não deixam dizer galáxias cada pontinho de si por exemplo de pegar no pé dele pegar aqui a a pequena nuvem de magalhães é essa aqui ó só isso daqui que parece ser muito pequeno já é é a quantidade de estrelas e mensurável do nosso cérebro então só essa pequena estrutura que a gente olhe o céu e vi uma pequena pequeno pontinho no céu ou no caso nuvem de magalhães antiga condição neurológica na verdade é uma galáxia que abriga milhões de estrelas e está muito distante da nossa própria galáxia então a galáxia mais perto a galáxia mais perto disso o piloto português galaxy é mais perto da nossa é a galáxia de andrômeda com certeza vocês já ouviram falar da galáxia andrômeda porque ela ficou famosa nos últimos anos é porque descobriu que ela está vindo em nossa direção ou seja em algum momento no futuro andrômeda e a via láctea vão se chocar só que uma pequena curiosidade que não tem nada a ver com o vídeo mas quando isso acontecer quando essas galáxias de fato se chocarem a chance de uma estrela bater na outra por exemplo de colidir uma estrela é incrivelmente pequena ou seja gente chega a acreditar que a gente pode pensar que não vai existir colisão de estrelas durante a colisão nas galáxias porque embora elas sejam recheadas de estrelas a distância entre cada estrela é muito grande e isso é uma coisa para vocês pensarem só que então agora por exemplo nós estamos nesse exato momento nós estamos típica shift fazer uma linha reta nós estamos situados a 2.5 milhões e milhões de anos-luz de anos luz nós estamos situados às do a 2,5 milhões de anos luz da galáxia de andrômeda ou seja a luz que saiu de andrômeda que chegou nós até agora que foi captada pelos nossos telescópios demorou 2,5 milhões de anos para chegar até nós ou seja nós estamos vendo a galáxia andrômeda a dois gols está com ela era 2,5 milhões de anos e ainda assim essa distância senão qualquer à distância a qualquer qualquer o diâmetro da via láctea eram 100 mil anos luz então 100 mil anos luz foram reduzidos a um mero risco nessa nova imagem que mostra ea via láctea a gente tinha dito ainda no último vídeo que a gente acredita que existam algo em torno de 400 bilhões de estrelas de estrelas para vocês terem noção na galáxia de andrômeda a gente estima que existam cerca de 1 trilhão um trilhão de estrelas de cada mulher e cada estrela dessa briga planeta pensa em quantas civilizações podem estar nesse outro planeta agora mesmo estudando a galáxia a nossa galáxia a via láctea que para eles deve ter outro nome e pensando como vai ser legal com os dois colidirem hockey em mim agora isso daqui não é tudo e nani próximo de tudo na verdade isso aqui é só nosso grupo local de galáxias são as galáxias que estão perto de nós mas agora existe uma outra estrutura existe uma outra estrutura que é o nosso grupo local nosso grupo local de galáxias e isso recebe o nome isso recebe o nome inglês é ver gol só por costa mas vamos em português usar o nome que é super super aglomerado super agu merado de virgem e de virgem super aglomerado de virgem e nós estamos dentro desse super aglomerado de virgem aqui vou gostar e se a gente fosse pegar os o nosso grupo local de galáxias imagem aqui e colocar nessa imagem aqui ela seria não muito mais do que um simples traço assim cada ponto nessa imagem é pelo menos uma galáxia mas existem regiões de alta densidade de casa ex como por exemplo das regiões mais esbranquiçada saque em que o branco fica mais evidente que são na verdade regiões em que existem milhares de galáxias cada uma com milhões e milhões de estrelas e isso é incrível eu acho que vocês podem perceber que eu não usei mais aquela analogia da de uma partícula de areia porque eu acho que nem chegou o momento em que a partícula de areia não representa mais o como imenso nosso cérebro não consegue mais como computar o como imenso é essa estrutura só que não para por aqui porque nós ficamos dentro de um grupo local de galáxias que fica dentro de um supermercado de galáxias que é chamado de super aglomerado ed virgem só que existem super aglomerados de super aglomerados então essa imagem de baixo vai nos mostrar isso aqui cada ponto já não representa mais uma galáxia sozinha mais um grupo de galáxias e cada grupo cada grupo por exemplo esse daqui ou esse daqui possui milhões ou trilhões de galáxias e você já começa a se perder aqui eu também me pedir eu fiquei olhando essa imagem por muito tempo diz gravar esse vídeo e só a imensidão disso já é espantosa e nós o nosso grupo local nosso grupo local do grupo local do super combinado de virgem fica mais ou menos aqui fica nessa porção daqui se a gente fosse olhar essa imagem aqui e voltar pra cima nesse vídeo ficar voltando e passando e voltando a gente fosse olhar essa imagem aqui e tentar colocar na nossa imagem de grupo local não seria nem uma grande poeira aqui só pra vocês começarem a entender a noção de grandeza mas ainda isso não é tudo eu só quero que vocês percebam uma coisa e depois eu vou explicar o porquê dessa coisa como vocês podem ver aqui nós estamos localizados o melhor não é mais ou menos aproximado localizado no centro dessa imagem e agora eu vou pular pra imagem do universo observável universo observável aqui é grande é bem provável que cada ponto seja um super aglomerado ou seja cada ponto representa milhões de galáxias então acho que a gente não consegue mais pensar em quantidades aqui pra vocês terem noção essa é essa quantidade daqui por exemplo que seria mais ou menos aqui é um bilhão de anos luz e isso daqui é o chamado universo te escrever um universo observável o de ser viável e nós estamos no centro do universo observável que você percebesse que na outra imagem que também estava no centro eu vou explicar o porquê disso como vocês podem perceber é uma esfera muito bonita e essa esfera tem um raio peculiar é um raio de valor bem definido que é por exemplo se eu olhar para um objeto que está localizado aqui logo na borda e eu calcular a distância até esse objeto nós o que nós queremos obter uma distância aproximada de 13 pontos 7 milhões bilhões de anos luz que é o raio do universo observável e e se esse número 13.747 unidades do universo ou seja quando a gente olha para um objeto que está situado na borda do universo observável eu vou fazer mais vídeos só sobre o universo observável por que a geometria não é tão simples quanto parece a gente vai para um objeto na borda do universo observável nós estamos vendo ele como ele era há mais ou menos a mais ou menos 400 milhões de anos 400 milhões e milhões de anos depois do evento que nós chamamos de big bang big bang depois do início do universo ou seja nós estamos olhando quase pelo início do universo só de olhar para o objeto que está na ponta do universo observável e vocês também devem lembrar dos últimos vídeos nós já falamos sobre isso que a luz demora um tempo para chegar ea luz que saiu desse objeto aqui demorou 13 pontos 7 bilhões de anos para chegar até a gente e o que é poético o que é muito poético é que a gente não sabe o que existe depois do universo observável porque a luz simplesmente não chegou até nós ainda então nós não sabemos se o universo continua ali existem mais universos observá weiss ou na verdade existem mais adversos observados essa é a parte poética da coisa por exemplo vamos supor que a gente conheça que você tem um amigo que mora aqui o universo observável pra esse amigo seria uma esfera de raio 13 pontos 7 bilhões de anos luz não ficou nada parecido com o ministério isso aqui vai ser uma espera com raio de 13 pontos 7 bilhões de anos luz também ou seja para cada pessoa existe um universo observável diferente mas é claro que aqui na terra não vai fazer tanta diferença se eu tiver um lado de um amigo é a gente vai ver virtualmente o mesmo universo observável mas é verdade que existe um universo observável pra cada lugar em que você esteja observando no universo e agora é só pra finalizar esse vídeo que já passou um pouquinho do tempo que eu estava programado para fazer isso aqui é um bônus a gente eu só queria mostrar aonde a gente foi até onde chegou a gente saiu da terra a gente saiu da terra mostrando o tamanho da terra a gente foi até o sistema solar depois a gente foi até nuvem de oort então a gente pode falar na nossa vizinhança interestelar depois disso a gente passou para diyala que mostrou nos que nós estamos a 25 mil anos luz do centro depois a gente nesse vídeo passou para o nosso grupo local de galáxias e depois a gente passou por nosso super aglomerado de virgem e para o super aglomerado disso pela brunoro super aglomerados ou melhor nosso grupo local de super aglomerados e só então a gente chegou o universo observado que a fronteira máxima até agora de onde a gente pode enxergar então espero que esse vídeo não tenho ficado muito confuso mas eu acho que é um ótimo exercício cerebral a gente brincar com quantidade e grandeza do universo então até a próxima