Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Introdução à célula

As células são a unidade mais básica de vida. Todas elas possuem uma membrana que as separa do mundo exterior. Embora as células sejam pequenas, elas não são simples. As células contêm diferentes componentes, como citoplasma, ribossomos e informações genéticas na forma de DNA.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA4JL - Olá, tudo bem com você? Você vai assistir agora a mais uma aula de Ciências da Natureza. Nesta aula vamos começar a conversar sobre a célula. Você já deve ter algum tipo de noção do que é uma célula, não é? Inclusive podemos dizer que a célula é a unidade mais básica da vida. Alguns argumentariam dizendo que talvez os vírus sejam a unidade de vida mais básica, mas em relação aos organismos que consideramos vivos, como nós, eles são feitos de células e todos esses organismos são feitos de, pelo menos, uma célula. Por isso consideramos a célula a unidade mais básica da vida. Por exemplo, eu, essa coisa que está fazendo este vídeo agora. Sou feito de dezenas de trilhões dessas células. Agora, um equívoco muito comum que as pessoas cometem é achar que essas coisas pequenas... Sim, elas são muito pequenas. Algumas células têm um tamanho da ordem de 1 micrômetro de comprimento. O micrômetro é um milionésimo de metro, ou milésimo de milímetro. Então realmente a célula é muito pequena. Pelo fato de ser pequena, você pode acabar assumindo que a célula é algo simples, mas é um erro assumir isso. Para ter uma ideia da complexidade de uma célula, observe aqui a imagem de uma célula de levedura em flor, que você deve conhecer como fermento. Enfim, isso apenas começa a mostrar um pouco da complexidade da própria célula ou de qualquer outra. Em outros momentos vamos falar sobre os diferentes tipos de células e diferentes tipos de estruturas, inclusive vamos fazer algumas comparações entre elas. Essa aqui, por exemplo, é uma célula eucariótica, e também vamos falar melhor sobre esses tipos de células em outros vídeos. Mas um detalhe que é importante falar agora é que todas as células têm uma membrana que as separam do mundo exterior. Perceba que essa tem uma membrana bem aqui. Aqui a gente um corte transversal, mas você pode imaginar uma versão tridimensional disso. Então essa é a célula e aqui está a membrana celular. Isso como que delimita a célula, e em geral as coisas dentro da membrana celular são chamadas de citoplasma. Vou escrever isso aqui. Citoplasma. Às vezes você também vai ouvir o termo citosol. O citoplasma inclui não apenas o fluido, mas também todas as coisas no fluido, enquanto o citosol está se referindo apenas ao fluido. Dependendo da complexidade de uma célula... Não se esqueça que isso aqui é uma célula de levedura, uma célula eucariótica de que vamos falar com mais detalhes em outros vídeos. Mas só adiantando um pouco aqui, rapidinho, uma das características de uma célula eucariótica é que ela tem um núcleo delimitado por uma membrana. Repare que temos isso nesse diagrama aqui. Essa não é uma característica comum a todas as células, mas a única razão pela qual estou mencionando isso neste vídeo é que o citoplasma não inclui o material dentro do núcleo. Em uma célula eucariótica isso é chamado de nucleoplasma, mas vamos falar sobre isso também em outros momentos. Agora, outra característica que é comum a todas as células é a ideia de ribossomo. E essa foto aqui está cheia de ribossomos. Todos esses pontinhos aqui, esses pontinhos avermelhados, são ribossomos. Você deve estar pensando agora: "Uau, eles são tão pequenos em comparação à célula, que já é uma coisa pequena. Então, sem dúvida, eles são muito simples". Mas não se engane! Apesar de serem pequenos, os ribossomos não são simples. Eles são, na verdade, estruturas de RNA e proteínas bastante complexas. Além disso, a função principal dos ribossomos é produzir proteínas. Na verdade, você pode vê-los quase como fábricas de proteínas de organismos vivos. Eles podem pegar informações genéticas na forma de RNA e produzir proteínas a partir delas. Como você pode reparar, essa célula está cheia de ribossomos. Nós vamos falar mais sobre os ribossomos em outros vídeos, ok? Agora outra coisa que é típica da maioria das células é a informação genética e normalmente essa informação genética é armazenada como DNA. Eu estou falando na maioria das células porque, mesmo em nossos corpos, glóbulos vermelhos maduros não têm mais nenhum DNA e há outras células que também têm a mesma característica. Mas em geral, para que uma célula funciona e se replique, ela precisa de alguma informação genética e isso é armazenado no DNA. Isso é verdade tanto em células procarióticas como em células eucarióticas. Células procarióticas são aquelas que não têm um núcleo bem definido e delimitado por uma membrana. Em uma célula procariótica, o DNA está apenas flutuando no citoplasma, enquanto em uma célula eucariótica o DNA, em sua maior parte, está dentro do núcleo e faz parte do nucleoplasma. Agora a última coisa que eu quero que você compreenda aqui é a escala. Como eu falei, as células são pequenas. Nessa imagem mesmo, que é o diagrama de uma célula de levedura, se for observar o tamanho correspondente a um micrômetro a gente teria mais ou menos isso aqui. Isso aqui tem um micrômetro. E só para contextualizar, eu vou colocar aqui um pedaço de um fio de cabelo humano. O desenho não está perfeito, mas é um pequeno pedaço de um fio de cabelo. Dependendo do tipo de cabelo, ele pode ter um diâmetro maior ou menor, mas com certeza terá um tamanho entre 20 e 180 micrômetros. Eu acho que o meu aqui está perto de 180 micrômetros, já que ele é bem grosso. Uma forma de pensar sobre isso é que se você pegar 20 ou mais dessas células de levedura de ponta a ponta, (lembrando que essas nem são as menores células que existem) mas se você as pegar e colocar de ponta a ponta, será preciso 20 ou mais delas para cobrir um tamanho correspondente à espessura de um fio de cabelo. E isso que é alucinante, porque mesmo nesta escala temos essa complexidade, mesmo essa foto não fazendo justiça adequada a essa complexidade. Existem todos os tipos de estruturas dentro disso aqui que você nem consegue ver e que ajudam a transportar coisas e dar estrutura à própria célula. Eu vou parar por aqui nesta aula, mas em outros momentos vamos conversar um pouco mais sobre as células. Eu também vou explicar o que são as células eucarióticas e o que são as células procarióticas, além de também falar sobre como as células se movem e como trabalham juntas. Eu espero que você tenha compreendido tudo direitinho, e quero deixar para você um grande abraço e dizer que encontro você na próxima!