If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Transcrição de vídeo

Olá sejam bem-vindos a nossa aula Onde vamos resolver um problema sobre potencial hídrico o nosso problema é o seguinte 6 Cubas de batata idênticos foram isolados de uma batata o peso inicial de cada como foi registrada cada cubo foi então colocado em seis provetas abertas cada uma contendo uma solução de sacarose diferente os cubos permaneceram em béqueres por 24 horas a uma temperatura constante de 23 graus Celsius após 24 horas os cubos foram removidos dos béqueres marcados e pesados novamente a variação percentual na massa devido a um ganho de líquido ou perda de água foi calculada para cada cubo e os resultados são mostrados no gráfico a direita este gráfico bem uma linha reta é desenhada no gráfico para ajudar o mar os resultados de outras concentrações de sacarose não testar usando a linha reta do gráfico calcule o potencial hídrico em bar dois cubos de batata há 23 graus celsius de sua resposta com uma casa decimal para resolver este problema Primeiro vamos apenas ter certeza de que estamos entendendo o que está acontecendo Então a Vilma batata pegamos 6 cubos daquela batata e colocamos esses 6 cubos em sem soluções de molaridade de sacarose diferentes e esse ponto de dados bem aqui foi a situação em que pegamos um dos cursos e esta era uma solução de zero por cento de sacarose e assim quando colocamos o cubo nessa solução Vimos um ganho de líquido de massa parece que é cerca de vinte e dois por cento de ganho de massa então isso teria acontecido Ai que água teria fui indo para o cubo agora no outro extremo bem aqui essa é uma solução que tem muita sacarose ela tinha uma concentração de sacarose muito alto e quando colocamos um pulo lá vamos que a massa desse cubo diminui o 25 porcento isso teria sido por causa do escoamento do líquido da água daquele cubo então Como descobrimos o potencial hídrico dos cubos há 23 graus Celsius poderíamos pensar em uma situação em que temos uma solução com alguma concentração de sacarose e seu cubo EA solução de sacarose tivessem o mesmo potencial hídrico você não teria qualquer entrada ou saída de água onde podemos ver isso no gráfico temos uma linha onde estão tentando ajustar os pontos dos dados e então onde o superaríamos ver zero por cento de mudança na massa iríamos direto aqui para zero por cento a dança na massa iríamos para a linha bem ali e então veremos nessa linha onde há uma mudança de zero por cento da massa Veja isso é 0,4 bem aqui e isso é 0,5 bem aqui então trata-se de uma solução de sacarose 0,44 molar solução de 0,44 solar e agora Se pudermos descobrir o potencial hídrico desta solução de sacarose de 0,44 molar esse também será o potencial hídrico dos cubos de batata e como fazemos isso bem nós já Vimos a equação quando foi apresentada a ideia do potencial hídrico o potencial hídrico usando aqui a letra grega pi' se será igual ao potencial do soluto mais o potencial de pressão agora estamos lidando com todos os contêineres abertos não há nada que esteja pressionando esses recipientes e portanto potencial depressão será igual a zero e assim só temos que descobrir o potencial do solo nós já vimos essa fórmula em vídeos anteriores o potencial do soluto é menos vezes c-xr vezes ter este bem aqui é Nossa constante de ionização já que estamos lidando com soluções de sacarose se eu pegar a sacarose colocá la na água cada uma das moléculas de sacarose permanece uma molécula ou se diz associa bom a sacarose não se diz associa de forma alguma só fica uma molécula então seria um se estivéssemos lidando com digamos cloreto de sódio cada molécula de cloreto de sódio se dissocia Aria em um íon sódio eo cloreto E então seriam dois mas aqui é o e essa caroço se é a molaridade da nossa solução que estimamos que seja 0,44 deixa eu escrever isso aqui nosso potencial hídrico do soluto será igual a menos 1x 0,44 e isso vai ser moles ou escrever todas as unidades moles por litro vezes estas vezes é chamada de constante de pressão Nesse contexto mas essa também a constante universal dos gases Então isso é 0,08 31 litros vezes bar tudo isso sobre mole vezes Kelvin se você está acostumado a ver outros valores isso provavelmente é porque está lidando com outras unidades bem aqui mas esta é a constante universal dos gases e Então temos que multiplicar e isso a temperatura com a qual estamos lidando em Kelvin nossa temperatura é 23 graus Celsius para converter para Kelvin nós apenas tomamos 273 273 mais 23 é 296 296 Kelvin isso agora podemos resolver temos um negativo aqui e poderíamos olhar as unidades nós temos litro cancelando litros moles cancelando moles Kelvin cancelando o Kelvin Então vamos conseguir algum bar O que faz sentido porque essa é a unidade do nosso potencial hídrico pegamos a calculadora e temos 0,44 vezes 0,08 31 vezes 296 e temos um resultado o problema quer que arredondamos nossa resposta para um é desse mal Então temos aproximadamente 10,8 com o sinal negativo O resultado é menos 10,8 bar e isso é tudo espero que tenha entendido a nossa aula
O conteúdo de Biologia foi criado com o apoio da Fundação Amgen
AP® é uma marca comercial registrada da College Board, que não revisou este recurso.