Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Revisão de introdução às células

Termos-chave

TermoSignificado
CélulaA menor unidade viva de um ser vivo
Teoria celularA explicação da relação entre as células e todos os organismos vivos
MicroscópioInstrumento usado para ampliar objetos pequenos demais para serem vistos a olho nu
Microscópio de luz simplesFerramenta de microscopia que utiliza luz visível e uma lente para ampliar um objeto
Microscópio de luz compostoFerramenta de microscopia que utiliza luz visível e várias lentes para ampliar um objeto
Microscópio eletrônicoFerramenta de microscopia que utiliza um feixe de elétrons para criar uma imagem ampliada

Descoberta da célula e teoria celular

PeríodoEvento
Início dos anos 1600Robert Hooke descobre as células mortas usando um antigo microscópio.
Final dos anos 1600Anton von Leeuwenhoek desenvolve um microscópio mais potente que lhe permitiu ver células vivas, como bactérias.
Início dos anos 1800Matthias Schleiden e Theodor Schwann concluem que todos os organismos vivos são feitos de células e que as células podem ser produzidas a partir de outras células.
Meados dos anos 1800Rudolf Virchow confirma que todas as células se originam de células preexistentes. (Há evidências de que esta ideia foi roubada do cientista polonês Robert Remak.)
Esses eventos abriram caminho para a teoria celular moderna, que afirma que:
  1. Todos os seres vivos são formados por uma ou mais células.
  2. A célula é a unidade básica de vida.
  3. Novas células surgem de células preexistentes.

Visualização das células

Para ver as células, os cientistas devem usar instrumentos de ampliação, chamados microscópios.
Os microscópios de luz simples, como as lupas, geralmente não são potentes o suficiente para visualizar as células. Portanto, os cientistas precisam usar microscópios de luz compostos ou microscópios eletrônicos para ver em detalhes as estruturas celulares ou objetos muito pequenos, como os vírus.
Microscópio composto. Imagem de Imagens de domínio público, Domínio público,

Comparação entre microscópios de luz e microscópios eletrônicos

Microscópio de luzMicroscópio eletrônico
Utiliza luz visívelUtiliza feixe de elétrons
Menor resolução e ampliaçãoMaior resolução e ampliação
As células podem estar vivas ou mortasAs células devem estar mortas
Barato, relativamente pequenoCaro, muito grande

Erros comuns e conceitos equivocados

  • Nem todas as células são iguais. Embora as células sejam as unidades básicas da vida, existem muitos tipos diferentes de células que formam organismos pluricelulares. Algumas células têm funções especializadas que lhes permitem trabalhar umas com as outras para desempenhar as funções biológicas de um organismo. Nem todas as células são do mesmo formato ou tamanho. Por exemplo, as células espermatozóides são muito menores do que uma célula muscular.
  • As células são o menor ser vivo, mas não são o menor ser. As células são suficientemente pequenas para precisarmos de microscópios para visualizá-las, mas são muito maiores que outras substâncias que já estudamos. Na verdade, as células são feitas de muitos átomos, portanto, são maiores que macromoléculas e vírus!
  • Nem todos os microscópios são apenas lupas! As lupas são classificadas como microscópios simples, uma vez que possuem apenas uma lente. No entanto, existem microscópios mais complexos. Os microscópios com várias lentes são conhecidos como microscópios compostos, e são capazes de curvar a luz para produzir uma imagem muito mais ampliada do que uma simples lupa.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.