If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

O ciclo celular e a mitose: revisão

Termos-chave

TermoSignificado
Ciclo celularA série de crescimento e as etapas de desenvolvimento pelas quais uma célula passa entre sua formação e reprodução
InterfaseFase do ciclo celular na qual a célula cresce e produz uma cópia do seu DNA
MitoseFase do ciclo celular no qual a célula separa seu DNA em dois conjuntos e se divide, formando duas novas células
CâncerUma doença relacionada ao crescimento celular descontrolado

O ciclo celular

Nas células eucarióticas, o ciclo celular é dividido em duas fases principais: interfase e mitose (ou fase mitótica (M)).
A interfase é a parte mais longa do ciclo celular. É quando a célula cresce e copia seu DNA antes de realizar a mitose. Durante a mitose, os cromossomos se alinham, se separam e se dividem em novas células-filhas.
O prefixo inter- significa entre, portanto, a interfase ocorre entre a fase mitótica (M) e a próxima fase.
Crédito da Imagem: "The cell cycle: Figure 1" por OpenStax College, Biology (CC BY 3.0).

Interfase

A interfase consiste em três etapas:
  • Fase G1: primeira fase de gap (intervalo); a célula fica maior e as organelas são copiadas
  • Fase S: fase de síntese; a célula sintetiza uma cópia completa do DNA em seu núcleo
  • Fase G2: segunda fase de gap (intervalo); a célula cresce mais, produz proteínas e organelas e começa a reorganizar seu conteúdo em preparação para a mitose
As células que devem se dividir vão completar a fase G2 e entrar na mitose. Outros tipos de células que se dividem lentamente ou não se dividem podem deixar a fase G1 e entrar em um estado de não divisão chamado G0. Algumas células permanecem nesse estado indefinidamente, enquanto outras podem entrar novamente na fase de divisão nas condições corretas.

Mitose (a fase M)

O processo de mitose, ou divisão celular, também é conhecido como fase M. É nesse processo que as células dividem seu DNA copiado previamente e o citoplasma para formar duas novas células-filhas idênticas.
A mitose é formada por quatro fases básicas: prófase, metáfase, anáfase e telófase.

Etapas da mitose

Câncer e regulação do ciclo celular

Checkpoints

O ciclo celular normalmente é regulado por checkpoints (pontos de checagem). Esses são os fatores que uma célula considera ao decidir se vai seguir em frente ou não no ciclo celular, e isso inclui tanto fatores externos (como sinais moleculares) quanto fatores internos (como dano no DNA).

Câncer

Câncer é um termo que descreve diversas doenças diferentes causadas pelo mesmo problema: crescimento celular descontrolado.
A maioria dos cânceres ocorre devido a uma série de mutações que fazem com que a célula se divida mais rapidamente, não passe pelos pontos de checagem durante a divisão celular e não realize a apoptose (morte celular programada).
Geralmente, mutações de dois tipos de reguladores de ciclo celular podem causar o desenvolvimento de câncer:
  • Reguladores positivos, os quais normalmente promovem o crescimento celular, podem se tornar hiperativos (oncogênicos).
  • Reguladores negativos (supressores de tumor), os quais evitam a formação de tumores, podem se tornar inativos.

Erros comuns e conceitos equivocados

  • A interfase não faz parte da mitose. Embora frequentemente se fale da interfase e da mitose juntas, a interfase tecnicamente não faz parte da mitose. Entretanto, ambos os processos são parte do ciclo celular maior, sendo que a interfase consiste das fases G1, S e G2 do ciclo celular.
  • A replicação de DNA ocorre durante a interfase, não durante a prófase. Um erro comum é acreditar que o DNA se copia durante a prófase, o que não é verdade. Na prófase, o DNA já foi copiado enquanto a célula estava em interfase.
  • O número de cromossomos é o mesmo nas células-filhas e na célula-mãe. Como o DNA é duplicado durante a interfase antes de a célula passar pela mitose, a quantidade de DNA na célula-mãe original e nas células-filhas é exatamente a mesma.
  • Tanto fatores genéticos quanto fatores externos podem contribuir para o desenvolvimento de câncer. Diversos tipos de câncer têm um componente genético; logo, herdar determinados genes pode fazer com que algumas pessoas tenham maior probabilidade de desenvolver esses tipos de câncer. Entretanto, ter esses genes não significa necessariamente que o câncer vai se desenvolver, já que fatores externos, como o estilo de vida e o ambiente, também influenciam no desenvolvimento.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.