Conheça Jovel Queirolo, um professor de biologia e ecologista de formigas!

Oi, eu sou Jovel Queirolo!

Que tipo de trabalho você faz?

Sou professora de biologia 9ª série. Isso significa que, durante o decorrer do ano, eu ensino os meus alunos sobre os diferentes tópicos que são abrangidos pela biologia — da ecologia às células à evolução genética. Meu objetivo é que meus alunos desenvolvam uma compreensão básica dos fundamentos da biologia, enquanto, além disso, desenvolvam algumas habilidades iniciais de cientista como realizar perguntar científicas, criar e realizar de investigações, e relatar suas descobertas.
Jovel conversa com universitários sobre o motivo dela se tornar uma professora.
Nesta foto, eu estou conversando com alunos de graduação sobre o por quê de ter escolhido me tornar uma professora :)
Todas as noites, eu reviso um plano de aula que vou lecionar no dia seguinte. Cada dia, eu dou a mesma aula quatro vezes para quatro grupos de alunos diferentes. Cada classe contém cerca de 30 a 32 alunos. Como você pode imaginar, eu estou exausta no final de cada dia! A parte gratificante do meu trabalho está no constante incentivo para me certificar que sou especialista em qualquer tópico de biologia que estou ensinando naquele dia, desenvolvendo o relacionamento com meus alunos e encorajando-os a serem o melhor cientista e indivíduo que podem ser.

Como você se interessou pela Biologia e o que você estudou?

Eu fiquei interessado por biologia quando estava na 9ª série. Eu tive um professor de biologia realmente entusiasmado que me incentivou a pensar de uma forma que me permitiu ver o mundo sob uma nova perspectiva. Quando ele nos ensinou sobre botânica, eu nunca olhei para uma árvore da mesma maneira. Foi empolgante ser capaz de identificar e explicar como as diferentes partes da árvore estavam trabalhando juntas para mantê-la viva. Quando fui à faculdade, já sabia que eu queria continuar aprendendo sobre seres vivos e como eles crescem, sobrevivem e interagem. Por fim, entrei para um laboratório que estudava as formigas e passei três anos pensando em como as formigas trabalham e vivem juntas em comunidades para manter uma colônia viva e saudável.
Na faculdade, eu também descobri o quanto eu gosto de trabalhar com pessoas. Eu tive que trabalhar em um centro comunitário de empregos, além do trabalho gerenciando uma casa cooperativa. Uma casa cooperativa é uma casa de 30 a 50 estudantes de faculdade que devem cozinhar, limpar e viver juntos. Adoro estar em papéis onde eu possa ajudar as pessoas a se sentirem confortáveis e seguras. Eu percebi que eu poderia combinar meus interesses em biologia com meu interesse em trabalhar com pessoas em crescimento e aprendizagem. Ensinar biologia combina meu fascínio interminável com o mundo da natureza, bem como a oportunidade de ajudar os jovens a aprenderem habilidades de vida e desenvolverem as habilidades acadêmicas e sociais que precisam para serem bem sucedidos na vida.
Jovel na frente de um poster científico: Measuring Timing and Location of Interactions in Red Harvester Ants to Better Understand Regulation of Foraging Behavior. Ela está fazendo pequenas "antenas da formiga" em ambos os lados da cabeça usando os dedos.
Na foto acima, eu estou na frente de minha pesquisa de graduação sobre formigas...!

O que você gosta de fazer no seu tempo livre?

No meu tempo livre, adoro estar fora de casa! Estou em uma equipe de natação competitiva, estou realizando minha certificação de mergulhador, e, quando não estou na água, você pode me encontrar em caminhadas em torno de uma floresta de sequoia canadense ou sobre um penhasco ventoso. Como eu sou uma professora, posso fazer trabalho de campo durante minhas férias de verão, que significa que posso ajudar os biólogos a coletar dados. Você também pode me encontrar com os meus pais ou explorando os muitos cafés, parques e restaurantes localizados em e ao redor da área da Baía de São Francisco com amigos no meu tempo livre .
Jovel realizando caminhadas na natureza
Nesta foto, estou na natureza realizando caminhadas na região de Jasper Ridge!

Qual é o seu conselho para pessoas interessadas em biologia?

Acho que as pessoas interessadas em biologia devem se envolver com biologia! Isso pode acontecer de muitas maneiras. Você pode fazer uma rápida pesquisa no Google para ver se você pode ajudar com qualquer oportunidade de cidadania na ciência. Isto frequentemente envolve ajudar as organizações locais de conservação a realizar levantamentos de quais espécies estão em uma determinada área e comparar a presença dessa espécie ao longo de alguns anos.
Outra forma de se envolver com biologia é entrar em contato com professores da Universidade local. Muitas vezes, os professores ou alunos de pós-graduação recrutam voluntários da graduação ou de colégios. Quando eu era estudante de graduação, eu comecei a ajudar um pesquisador de pós-doutorado com seu projeto e acabei continuando seu trabalho para criar o meu projeto de iniciação científica. Alguns dos meus amigos têm trabalhado em muitos laboratórios diferentes para experimentar as diversas áreas da biologia. Lembre-se: há MUITAS áreas diferentes da biologia! Se você gosta de animais e plantas, você pode considerar o voluntariado em um laboratório que estuda animais ou plantas. Se você achar a genética fascinante, faça um voluntariado em um laboratório que trabalha com DNA.
Mesmo que às vezes a ciência pareca muito distante, ela é muito acessível se você procurar ativamente por oportunidades para se envolver. Seja persistente, e você poderá ter sucesso.