Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:50

Definição ácido-base de Arrhenius

Transcrição de vídeo

o primeiro conceito moderno digamos assim de ácidos bases veio deste cavalheiro aqui chamados vants arrhenius de acordo com a definição do arrhenius ácido é tudo aquilo que aumenta a concentração de prótons lembrando que próton é o hidrogênio sem o elétron e meio aquoso então alguém poderia dizer que base então deve ser aquilo que diminui a concentração de prótons em meio aquoso na verdade segundo a renner os base é tudo aquilo que aumenta a concentração de hidróxido em meio aquoso ou seja em solução aquosa em água ok vamos partir agora para uma coisa mais concreta vamos aos exemplos bom o ácido que é considerado forte segundo a definição de a rede também segundo outras definições é o ácido clorídrico nós temos então o hidrogênio eo cloro que quando colocados em solução aquosa e se dirceu se imediatamente em hidrogênio e cloro aqui seria o ano cloro assim ambos em meio à pozzo que acontece aqui é que o cloro ele rouba os elétrons da ligação covalente ficando negativamente carregado enquanto o hidrogênio perde o elétron então ele fica ou positivamente carregado não se pode ver claramente que quando o ácido clorídrico é colocado em meio aquoso ele aumenta a concentração de prótons e por isso ele é considerado um ato segundo a definição de a rennes mas o que acontece aqui é que o hidrogênio não fica simplesmente ali nessa forma de próton sozinho aqui na verdade que acontece ele se junta com a água formando o hidrogênio então o que acontece é o seguinte nós temos aqui o ácido clorídrico em meio aquoso que se junta com água e que a gente representa ld líquida das moléculas de água vão se juntar ao próton de hidrogênio formando h3o então veja isso aqui era uma molécula de água que se juntou com o hidrogênio lembrando que hidrogênio aqui sem o seu eletro então se juntou com o próton e por isso ele vai levar uma carga positiva o hidrogênio também está em solução aquosa e nós teremos também o ano cloro que não se ligou há nada também em meio aquoso então veja o que aconteceu aqui foi que quando as do colorido foi colocado um meio aquoso o cloro cuba os elétrons da ligação covalente fazendo com que o próton se ligue as moléculas de água formando o hidrogênio e restando ainda os ânimos cloro então veja nós podemos dizer que o assunto é uma substância que aumenta a concentração de prótons em meio aquoso ou então que aumenta a concentração de hidrogênio então isso faz do ácido clorídrico um ácido forte bom então com seria uma base forte segundo a descrição de arreios bom uma seria o hidróxido de sódio então nós temos sódio n a cna vende na tribo latina' trio ligado ao hidroxi do que oxigênio hidrogênio então vamos dar uma olhada aqui a molécula ela é oxigênio ligado a um hidrogênio por uma ligação covalente então oxigênio ele vai ter três pares aqui de elétrons livres esses pares de elétrons tão oxigênio carrega esses elétrons que ele o robô que alguém e por isso o concurso vai ter uma carga negativa e nós temos também o sódio que perdeu seu elétron alguma forma torno de um cat 1 1 milhão com carga positiva então nós temos aqui de um lado uma carga negativa e do outro lado uma carga positiva o que vai fazer com que eles se atraiam que haja aqui uma atração mútua combinando uma ligação iônica então o hidróxido de sódio tem uma ligação e única porque o sódio é positivo e o hidróxido ele é negativo que é o que faz eles ficarem unidos bom então colocando isso tudo em solução aquosa vai ocorrer uma dissociação no iam sódio em solução aquosa e nós temos o antônio hidróxido com sua carga negativa aqui também vai estar em solução aquosa então veja sem estourar mos hidróxido de sódio na água ocorreu uma dissociação formando sódio hidróxido tudo isso em meio aquoso tornando o hidróxido de sódio uma base forte segundo a definição de arreios então nós temos aqui uma base forte uma base orquídea arrhenius bom pra finalizar que eu sugiro que vocês dêem uma olhadinha nas outras definições que temos de ácidos bases dadas por bolsa dói e também por wheels
Biology is brought to you with support from the
Amgen FoundationAmgen Foundation