If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

6a-c, Ecologia das populações

Resgate de uma população de cobras em declínio.

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA - Em uma tentativa de resgatar uma população pequena e isolada de cobras, alguns machos de cobra de várias populações maiores da mesma espécie foram introduzidos na população em 1992. As cobras se reproduzem sexuadamente e há recursos abundantes no ambiente. A figura abaixo mostra um estudo da população de cobras antes e depois da introdução destes machos de populações externas. No estudo, o número de cobras capturadas indicam crescimento da população. Então, vamos olhar para esses dados do estudo aqui. Em 1989, eles capturaram várias cobras. O total capturado está aqui, mas uma pequena fração desse total capturado é de juvenis. Parece que por volta de 5, das 19 cobras capturadas, eram jovens. Vemos que o total da população parece estar decaindo. O total de cobras capturado é um indicador do total da população. Então, eles introduziram os machos, de populações externas à estudada, e, depois de alguns anos, a população parece aumentar novamente. Então, vamos ver quais são as questões. "Descreva uma característica da população original que possa ter levado ao seu declínio em tamanho entre 1989 e 1993." Podemos apenas imaginar algumas coisas, porque eles não nos contaram muito. Eles nos falaram que é uma população pequena, e também que é uma população isolada. Quando você tem uma população pequena e isolada, algumas coisas são mais prováveis de acontecer do que seria com uma população grande e não isolada. Por exemplo... Na verdade, sua resposta está bem aqui, né? Você pode ter uma distribuição desigual de machos. Isto é menos provável de acontecer se você tem uma população bem grande. Há uma chance que pode se enviesar para um lado ou para outro: se você não tem macho o suficiente, não terá reprodução o suficiente. Você pode ter poucas cobras jovens no auge de sua idade reprodutiva... Então, seriam poucos indivíduos jovens na idade reprodutiva. E poderia haver um monte de razões por que isso pode ter acontecido. Por exemplo, talvez tenha ocorrido algum tipo de calamidade em 1988, onde vários dos indivíduos jovens morreram, ou algum tipo de predador e, então, todas as cobras que sobraram são mais velhas e não tão viáveis em termos de reprodução. Mas esta é apenas uma possibilidade. Em uma pequena população, você também pode ter uma mutação... ...que pode estar aparecendo de forma desproporcional na população, que faz com que seja menos provável que essa população se reproduza. Então, é uma mutação na população. Para o teste, você poderia ter escrito apenas uma característica, e essas são todas as possibilidades. Na parte "b", eles falam: "Proponha uma razão por que a introdução de machos de populações externas salvou a população do estudo do declínio." Vou escrever a resposta bem aqui. Bom, se você não tem muitos machos, introduzir mais novos seria uma possível solução. Então, seria: "Rebalanço da proporção entre machos e fêmeas". Poderia, então, ter introduzido diversidade genética. De forma que você não teria mais a mutação na população. E, de novo, essa é uma população pequena e isolada, então pode não haver muita diversidade genética. Os machos introduzidos podem ter sido mais novos. Então, pode ter introdução de machos jovens. Eles não nos dizem a idade que tinham esses machos de populações externas introduzidos, mas essas são só teorias baseadas no que nos disseram. E, de novo, você pode escrever apenas uma resposta. Você poderia colocar, por exemplo, que pode ter rebalanceado a proporção de machos e fêmeas. Aí, a parte "c": "Descreva como estes dados suportam a frase de que há recursos abundantes no ambiente." Bom, se você apenas visse o gráfico, você poderia dizer: "Talvez uma das razões poderia ser que eles não tinham recursos abundantes". Mas perceba que, quando eles introduzem novos machos, de repente há um crescimento da repopulação. Na verdade, a população cresce a valores mais altos que em 1989. Bom, essa é uma boa indicação de que a quantidade de recursos não é um fator que está limitando esse crescimento populacional depois que você, de alguma forma, consertou o problema com a introdução de novos machos. Então, eu posso dizer: "A população continua crescendo a partir de 1993, mas, especialmente, a partir de 1995. Fato que não ocorreria se houvesse recurso limitado."