If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:10

Transcrição de vídeo

o Olá vamos iniciar Mais uma aula vamos começar a recordando algumas coisas peça só quando olhamos para o interior das células eucarióticas vemos organelas ligadas a membrana e algumas dessas organelas ligadas a membrana são particularmente interessantes por exemplo aqui temos uma figura de um cloroplasto que é encontrado em células de plantas e algas e sabemos que é aqui que a fotossíntese ocorre mas o que é realmente interessante Além disso é que parece que os cloroplastos têm a estrutura necessária para ser uma célula procariótica independente não vemos agindo de forma independente Mas ele tem seu próprio DNA também possui ribossomos que sabemos ser o local onde a tradução do RNA mensageiro e formação da proteína da mesma forma outra organela ligada a membrana que vemos em células eu bom e Isso inclui até mesmo células animais e as células em seu e meu corpo são as mitocôndrias e as mitocôndrias são frequentemente vistas como as fábricas de energia das células eucarióticas elas aproveitam o oxigênio para produzir ATP e como os cloroplastos as mitocôndrias têm seu próprio DNA e possuem ribossomos mitocondriais aqui estão apenas algumas representações de como as mitocôndrias podem parecer dentro de uma célula eucariótica maior e assim biólogos evolucionistas por muitas décadas olharam para isso e disseram bem porque essas coisas existem porque quase se parecem com células procarióticas que podem viver de forma independente e até exemplos de células procarióticas bactérias procarióticas Independentes que vivem em simbiose dentro de outras células e se parecem muito com mitocôndrias a E então se avançarmos para a década de 1960 uma cientista chamado ali margulies entra em cena com a teoria da endossimbiose de acordo com a teoria desenvolvida por ela algumas organelas delimitadas por membrana como mitocôndrias e cloroplastos ao longo de nosso passado evolutivo digamos Dois Bilhões e meio de anos atrás vieram de ancestrais que eram na verdade organismos procarióticos Independentes que podiam produzir energia aeróbico a mente ou seja utilizando o oxigênio do ambiente e que seriam os precursores do que consideraríamos hoje como células eucarióticas modernas que já poderiam ter algumas estruturas ligadas a membrana como o núcleo e Talvez algumas outras organelas e só poderiam metabolizar coisas anaeróbica a mente ou seja eles não podiam utilizar o oxigênio Oi gente enquanto os nossos primeiros personagens poderiam utilizar o oxigênio portanto nessa condição eles poderiam ter se tornado simbiontes onde aquele que poderia utilizar o oxigênio para produzir mais energia seria engolfado na célula maior e essa célula maior seria capaz de fornecer nutrientes e proteção enquanto a célula menor que está engolfada dentro dela é capaz de metabolizar melhor os nutrientes e aproveitar o oxigênio para produzir mais energia e qual o tempo essa relação simbiótica se tornou ainda mais conectada de modo que o organismo menor não poderia mais viver sozinho por ter perdido parte de seu DNA que era necessário para agir de forma independente e parte dele Pode ter sido incorporados ao DNA da célula maior e esses organismos menores são os que eventualmente evoluíram para o que consideramos hoje ser em compras essa é uma teoria fascinante realmente comprovada Quando Ele margulies publicou essa teoria pela primeira vez no final dos anos de 1960 ela não ser levada tão a sério mas logo foi validada conforme examinamos as estruturas de DNA de mitocôndrias e cloroplastos é possível perceber que esta realmente a teoria mais provável de como essas organelas surgiram em nossas células falamos muito sobre seleção natural e o papel da variação e mutações mas Lima orgulhos apresenta Outra ideia que poderia catalisar a evolução que é a simbiose e vemos a simbiose em todo mundo natural e seu argumento é que às vezes esse simbiontes podem se tornar tão ou dependentes uns dos outros que se fundem em um organismo muito interessante não é e isso é tudo até a próxima aula
O conteúdo de Biologia foi criado com o apoio da Fundação Amgen