If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:00

Transcrição de vídeo

vamos dizer que nós temos um pouco de nsl sólido ou seja um pouquinho de sal e que a gente vai colocar esse sal dentro de um beque dentro de si becker ea gente tem água o coreto de sódio e irá dissolver na água neste caso n a série será o soluto então eu vou marcar aqui que ele será o meu soluto e a minha água será o meu solvente então a água será o solvente e o n a sele será o soluto esse é o processo de dissolução se você olhar mais atentamente para o coreto de sódio o coreto de sódio e sólido é um cristal e único então isso aqui só grudado por ligações e única certo então o cat 1 n ao cat onde sódio n a mais é ou a carga positiva ele é atraído pelo ano que nesse caso é o cl - a carga negativa e é isso que segura o nosso cristal iônico quando você coloca o n a sele sólido na água lembre se que a água molécula popular então escrevi aqui embaixo que essa molécula polar a minha molécula de água é popular então o oxigênio esse oxigênio aqui ele é mais elétron negativo que os meus hidrogênios que são aqui então oxigênio ele tem uma carga parcial negativa eo hidrogênio e eles vão ter uma carga parcial positiva então vamos colocar aqui a carga negativa do oxigênio vai reagir com a minha carga positiva do sódio então aqui eles estão reagem carro que os opostos se atraem então por isso que elas estão reagindo então aqui nós temos uma molécula de água que está atraída por um sódio por um n a mais por uma carga positiva essa molécula de água deveria fazer mesmo certo então aqui a gente tem uma carga parcial negativo então vou marcar a minha carga parcial negativo aqui e ela vai estar reagindo com a minha com o meu sol de com meu n a mais só relembrando a que eu vou só marcar aqui que eu tenho a minha carga negativa e aqui eu tenho a minha carga positiva então aqui no oxigênio negativa e no hidrogênio eu tenho uma carga parcial positiva as moléculas de água elas vão tirar e percebeu que eu sou fã de tirar como se estivesse falando tirar entre aspas huse onde sódio e vão levar para essa situação aqui de baixo pra essa situação aqui então vamos marcar o que a gente sabe a gente sabe que o oxigênio negra tipo vai estar interagindo com o sódio então vou marcar a primeira que as minhas que os meus oxigênio eles são reagindo e agora tem que marcar as minhas cargas então vou fazer uma coisa diferente pra ficar melhor da gente visualizar então aqui o meu oxigênio vai ter uma carga negativa então vou marcar fica uma carga negativa então marcando as cargas nos oxigênios então perceba que a água é um dipolo e o cat um homem a mais ele vai ser ruim então a gente pode chamar isso de uma interação e onde pólo as moléculas de água elas vão quebrar as ligações e únicas elas vão tirar os íons de sódio nós chamamos esse processo de hidratação então aqui vou marcar e hidratação esse é o processo que as minhas moléculas de água tirar os meus de sódio esse processo de hidratação acontece quando iam é cercado e ele é estabilizado por uma concha é de moléculas dos nossos solventes que aqui no caso é a água a mesma coisa vai acontecer com zinho decoro que estão carregados negativamente mas dessa vez a carga negativa ela vai ser atraída pela carga positiva do hidrogênio então vamos ao marcar aqui wii o oxigênio ele vai ser parcialmente negativo então vou marcar aqui que ele é parcialmente negativo então vou marcar as cargas aqui vão marcar as cargas e agora com uma cor diferente eu vou marcar as cargas que são reagindo então vou marcar aqui os meus hidrogênios que são reagindo com o meu core negativo então aqui eu tenho uma carga parcialmente positiva aqui em cima tem outra aqui eu tenho outra e aqui eu tenho outra mais uma vez lembrando a carga positiva vai agir com minha carga negativa e mais uma vez essa interação vai tirar tirar entre as poses e olhão decore vai movê lo pra mim a solução então nós temos um hidrogênio parcialmente positivo interagindo com um decoro que é negativo mais uma vez nós temos uma interação e onde pólo e um decoro ele é cercado pelas moléculas de água e também esse é o processo de hidratação o nosso resultado final então é n há mais cercada por moléculas de água e se l - também cercada por moléculas de água sendo assim o nosso dna celi ele foi totalmente dissolvidas em água nós formamos uma solução uma solução aquosa gene a série ea maneira que você deve escrever isso é assim então a gente tem n a sele sólido e eu coloquei ele em meio a cosan então aqui eu coloquei ele e meio acusa então vou formar iam de sódio n a mais em meio aquoso e também eu vou formar cl - em meio aquoso e assim nós disso vemos o coreto de sódio em água vamos dizer agora que nós temos um beque contra uma solução dna zeli então aqui nesse becker eu vou ter uns de sódio então vou ter n a mais e eu vou teríamos decoro cl - e além desse becker nós temos um outro com uma solução de nitrato de prata isso significa que a gente vai ter e um jipe até então a g age mas eu vou teriam citrato n ó 3 - agora vamos dizer que nós misturamos os conteúdos desses dois beques então quer dizer que eu botei o conteúdo desse becker nesse becker aqui vamos notar algumas coisas depois que a gente fez isso mas primeiro a gente vai notar aqui o que a gente colocou então aqui eu tenho n a cl em meio a cosan eu tenho mais a g a agência3 em meio à cosa então a gente vai perceber algumas coisas tão a primeira delas o volume da nossa solução vai aumentar obviamente a gente vai ver a formação de um sólido branco no fundo desse meu beck então aqui eu tenho a informação que um sólido e sólido branco se forma quando a gente tem heins a agir mais interagindo com cele - então a gente tem 11 1 de prata interagindo com 11 anos decoro então nós vamos formar um sólido aqui esse sólido vai ser o coreto de prata então aqui eu vou formar coreto de prata age cl isso aqui vai ser sólido porque a gente formou um sólido aqui no fundo deste pec esse sólido a gente marca com essa aqui porque ele é chamado de precipitado e sólido ele vai cair espontaneamente na nossa solução esse é o processo de precipitação que é o oposto da dissolução na dissolução nós colocamos um sólido na água e nós formamos e um certo na precipitação use ano eles vão se juntar e vão formar um sólido que aqui no nosso caso foi o coreto de prata e um sólido e sólido ele vai sair espontaneamente da solução então coreto de prata que vai ser o nosso precipitado perceber que nós ainda teríamos alguns anos a nossa solução a gente teria n a mais e n a 36 então se eu marcar aqui numa cor diferente eu teria n a mais e no3 - então a gente tem um cat 1 e um ano e nós podemos colocar eles aqui então eu vou formar a gicele sólido e eu também vou formar n à ene3 acoso vamos analisar mais detalhadamente que está acontecendo com o nosso precipitado nós sabemos que nós temos e 1 de prata na solução e nós sabemos que se um ele vai estar cercado por moléculas de água processo de datação certo então os oxigênio são parcialmente negativos aqui eles vão ser parcialmente negativas estão vão marcar a carga deles pra relembrar que são parcialmente negativos e como as cargas opostos se atraem existe uma força que está segurando e se ão na solução as forças de hidratação a mesma coisa proibiu decoro então só vou marcar aqui que a gente tem é que eles estão interagindo e a mesma coisa vai acontecer proibiam decoro a carga parcialmente positiva do hidrogênio ela atrai as cargas negativas do íon de cloro então aqui eu tenho uma carga parcialmente positiva e ela vai interagir com essa minha carga negativa do cloro então as moléculas de água junta estabilizando-se um decoro na solução mas quando nós colocamos essas duas soluções juntas nós formamos um precipitado nós formamos o coreto de prata nós formamos um cristal e único e mais uma vez as cargas opostas elas vão se atrair as cargas positivas da prata não se atrair com as cargas negativas ocorre uma vez que nós percebemos a formação de um sólido aqui no caso o coreto de prata as atrações eletrostáticas do nosso que salve o único elas devem ser mais fortes do que as forças de hidratação então esse onde koro viria pra cá e esse onde prata iria pra cá então é esse se ão saíram da solução e eles foram precipitados de uma maneira espontânea eles formaram o cloreto de prata essa é uma maneira de representar o que está acontecendo aqui mas nós poderemos ser desenhado iam certo uma outra maneira de representar isso seria por exemplo a gente tem aqui n a mais em meio à coso mas cl - também em meio aquoso é importante marcar isso a gente tem aqui também mas agir mais em meio aquoso ea gente tem mais um eo nitrato então mais no3 - em meio a um acordo então a gente está representando aqui embaixo essa nossa reação aqui em cima portanto a gente iria formar eu vou colocar aqui embaixo que a gente ia formar eu vou botar uma cor diferente então a gente formaria aqui a g cele sólido que nem a gente viu aqui em cima ea gente teria ainda os meus íons n a mais os meus íons de sódio então n a mais em meio aquoso eu teria também o no3 menos 1 mil e nitrato no3 - em meio à cozinha então estou representando isso aqui aqui embaixo de uma outra maneira aqui o nosso a gcm ele vai ser o nosso precipitado é uma coisa bem grande pra escrever isso aqui mas qualquer uma das duas formas que a gente fez essa daqui o s daqui ela está certa as duas se dizem a mesma coisa essa última que apenas te mostro sioms realmente apenas alguns estão reagindo então a gente tem que agir mais e celi - reagindo formando coreto de prata a gente pode escrever isso de uma outra maneira então vou pegar um pouquinho mais de espaço aqui eu vou escrever isso tenho a g mas mas celi menos lembrando que isso aqui em meio aquoso então vou marcar aqui que é meio acusa e eu vou formar aqui a gecely sólido a mesma coisa que a gente fez aqui em cima essa vai ser a minha equação e única líquida porque alguns erros não estão fazendo parte dessa reação o meu irmão de sódio o n a mais ele vai estar no meu lado direito e ele também vai estar no lado esquerdo da reação então perceba que ele também está aqui no meu lado esquerdo a mesma coisa acontece para o nitrato então aqui eu tenho nitrato no meu lado direito ou aqui em cima ea gente tem nitrato aqui embaixo também ou no meu lado direito então zian de sódio e nitrato eles são chamados de íons espectadores então vou marcar aqui que eles são chamados de uns espectadores eles são chamados assim porque eles não estão participando do que está acontecendo aqui que nesse caso eles estão assistindo a formação de cloreto de prata essa é uma idéia de precipitação