If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:5:47

Força do ácido, tamanho do ânion e energia de ligação

Transcrição de vídeo

vamos supor que a gente tem um ace do binário hx e que x seja uma loja no ou seja x é flor cloro e bromo o iodo se esse astro do esse próton a gente fica com a base conjugada que vai ser x - do vídeo anterior a gente viu que quanto mais estável floresta base conjugada mais propenso a esse assunto vai estar doar esse próton então quanto mais estável floresta base conjugada mais forte ao ácido se a gente dá uma olhada nesses quatro aces dos binários aqui a gente tem o ácido fluorídrico com o pk aproximadamente de três agentes têm o ácido clorídrico com o pkk próxima - 7 o astronômico em menos nove e o assunto e hoje hídrico em menos 10 a gente sabe que quanto menor o pk maior a força de um ácido então conforme a gente caminha para baixo nesta tabela a gente observa um decréscimo não pecar e consequentemente um aumento na força do ácido então conforme a gente vai para baixo na tabela a gente nota um aumento na acidez sendo assim o astro rodrigo é o ácido mais forte desses quatro porque ele apresenta o menor valor de pecar e se o ácido hídrico é o mais forte dessa tabela a base conjugada a dívida dele tem que ser a base mais estável então a gente tem o iodeto como base conjugada mais estável então aqui a gente tem as quatro bases conjugadas que vem desses ácidos aqui a gente tem um olho fluoreto que vem do ácido fluorídrico a gente tem hoje um coreto que vem do ácido clorídrico a gente tem um ano um prometo que vem do astro bíblico e o ã o de tudo que vem do astro hídrico e como eu disse o ano o iodeto deve ser a base conjugada mais estável porque ela vem do ácido mais forte que o aço do idílico e essa estabilidade pode ser explicada pelo tamanho do ano 1 lembrando que conforme a gente vai pra baixo em um grupo na tabela periódica a gente observa um aumento no tamanho do ano 1 então conforme a gente vai pra baixo a gente observa um aumento no tamanho do ano mas porque a estabilidade afetada pelo tamanho do ano para isso a gente tem que dar uma olhada nessa carga negativa do ano o hidreto essa carga negativa da espalhada em um espaço relativamente grande então sabendo que os elétrons se repelem quando a gente tem um espaço relativamente grande é mais fácil que esse ano eu estabilizar essa carga negativa então esse ano é mais estável que por exemplo o fluoreto fluoreto também tem uma carga negativa mas que está concentrada em um espaço muito pequeno e isso desestabilizou e ciani on quando comparado com um ano e o dedo então a gente tem o gueto como a base conjugada mais estável e o assunto e hoje hídrico com mais propenso a doar esse próton sendo assim o assunto mais forte dentre esses quatro a gente pode perceber que essa lógica é um pouco diferente da do vídeo anterior onde a gente estava tratando de eletronegatividade naquele vídeo a gente estava tratando de elementos do mesmo período então a gente estava movendo horizontalmente na tabela periódica tendo flur como mais eletronegativa e portanto mais propenso a estabilizar carga negativa e conforme a gente desce em um grupo na tabela periódica a gente nota que na verdade acontece um decréscimo neto negatividade então não é isso mas que vai explicar a estabilização da carga negativa se fosse isso o flúor o íon fluoreto seria o que melhor estabilizaria essa carga então quando a gente está tratando de um grupo da tabela periódica o que vai contar é o tamanho do ano então quanto maior o tamanho do ano maior capacidade dele estabilizar uma carga negativa então mas estável vai ser a base conjugada quanto mais estava base conjugada mais propenso esse ato vai está a do aeci próton e portanto mais forte esse assassino outro fator importante para prestar atenção é a força da ligação então a gente já viu que o ácido dimérico é o mais forte que tem o menor valor de pecar então essa ligação deve ser a mais fácil de ser quebrada o que torna esse próton mais fácil de ser doado a gente pode ter uma idéia da força dessas ligações olhando pra energia de ligação que é a energia necessária para quebrar uma ligação no estado gasoso então a gente dá uma olhada nas energias necessárias para quebrar as ligações dos nossos talentos de hidrogênio a gente pode notar que a ligação entre hf possui a maior energia de ligação de todas ou seja dentre esses quatro essa ligação é mais difícil de ser quebrada conforme a gente vai descendo aqui nessa tabela o valor dessa energia de ligação vai caindo então propagação entre avaí a gente tem a menor renda de ligação e apenas 299 elogiar o espanhol lembrando que esses são valores aproximados eles podem variar entre os livros textos diferentes se o avaí tem a menor energia de ligação entre esses quatro significa que essa ligação é mais fácil de ser quebrada portanto ele tem a maior chance de doar esse próton sendo o assunto mais forte dentre esses quatro