If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:44

Transcrição de vídeo

oi oi pessoal vamos dizer que nós temos uma reação hipotética onde o reagente a se transforma em produtos e que é reação é de primeira ordem no reagente a podemos escrever que a velocidade da reação é igual a constante k vezes a concentração de ar elevado a 1 mas também podemos escrever que a velocidade é igual ao negativo da variação da concentração a sobre a variação do tempo se combinarmos essas duas formas de escrever a velocidade da reação e as armas um pouco de cálculo incluindo o conceito de integração nós vamos chegar na lei de velocidade integrada para uma reação de primeira ordem que diz que o login natural da concentração de ar em um tempo T = - Catete Onde cai a constante mais o login natural da concentração inicial de ar no tem que a lei da velocidade e integrada é uma função onde Y = MX + B que a equação de uma linha reta Então se fizermos o gráfico do log natural da concentração de ar no eixo Y e o tempo no eixo X nós teremos uma linha reta E aí inclinação dessa linha vai ser igual ao negativo da Constante cá e o ponto de intersecção com o eixo Y dessa linha vai ser o log natural da concentração inicial de ar a conversão da metil isonitrila para acetonitrila é uma reação de primeira ordem e essas duas moléculas são isômeros vamos usar os dados dessa tabela para mostrar que essa conversão é uma reação de primeira ordem já que o coeficiente da metil isonitrila é um nós podemos e essa forma da lei de velocidade integrada onde a inclinação é igual a menos cá senão Nossa reação balanceada tivesse um dois na frente do reagente nós teremos que adicionar um meio como o coeficiente estequiométrico e quando a integrar a sermos as reações ao invés de menos katz nós seríamos menos dois katz mas na nossa reação nós não temos coeficiente dois temos coeficiente um então nós podemos usar essa forma da Lei e integrada de velocidade perceba também que a lei utiliza concentração de ar mas nós não temos a concentração de metil isonitrila na nossa tabela nós temos a pressão mas a pressão está relacionada à concentração na lei do gás ideal que é PV = nrt e se dividirmos os dois lados por ver podemos ver que a pressão e é igual a eles são maus e ver é volume e molde / volume é polaridade então molaridade vezes RX Ester então a pressão é diretamente proporcional à concentração e para um gás é mais fácil medir a pressão para conseguir a concentração Então você geralmente vê tabelas mostrando a pressão de gases então nós podemos imaginar essa lei e integrada da velocidade como log natural da pressão do nosso gás em um tempo ter q = - KT Onde cai a constante mais ou log natural da pressão inicial do gás para mostrar que essa reação é de primeira ordem nós precisamos fazer o gráfico do log natural da pressão de metil isonitrila no eixo Y e tempo no eixo X então nós precisamos de uma nova coluna nessa tabela Por exemplo quando o tempo é igual a zero a pressão de metil a trilha é 502 torce então nós precisamos descobrir o log natural de 502 que é 6,2 19 Para poupar tempo eu já preenchi a coluna aqui veja o que acontece quando o tempo passa conforme o tempo passa a pressão demitiu isonitrila diminui já que ela está virando acetonitrila então para o nosso gráfico nós vamos colocar o login natural da pressão demitiu isonitrila no eixo Y e o tempo no eixo X nosso primeiro. Aqui quando o tempo é zero o login natural da pressão é 6,2 19 eu já fiz o gráfico aqui como nós vimos quando o tempo é zero o primeiro ponto é igual a 6,2 19 e aqui eu tenho os outros pontos da tabela já no gráfico Aqui está a lei de velocidade integrada para uma reação de primeira ordem e eu coloquei pressões aqui as concentrações então nós temos o login natural da pressão de metil isonitrila no eixo Y e o tempo no eixo X e a inclinação deve ser igual ao negativo da Constante cá existem muitas maneiras de descobrir a inclinação da salinha uma delas seria usando uma calculadora gráfica então eu usei uma calculadora gráfica coloquei os dados da tabela e descobri que a inclinação dessa linha é igual a menos 2,08 x 10 a menos 4 e já que essa é uma função y = MX + B eu tenho que descobrir o negativo dessa inclinação para encontrar a constante cá então k = 2,0 8 x 10 a menos 4 para descobrir a unidade da Constante nós temos que lembrar que a inclinação é igual a vá é de y sobre a variação de X então a variação de y vai ser o login natural da pressão que não tem unidade eo x está medido em segundos Então você tem um sobre S para a unidade de cá e finalmente já que nós obtivemos uma linha reta quando fizemos o login natural da pressão pelo tempo nós sabemos que esses dados são de uma reação de primeira ordem e assim nós provamos que a transformação da Matthew isonitrila em acetonitrila é uma reação de primeira ordem Então é isso eu espero que vocês tenham gostado e até a próxima