If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:08

Transcrição de vídeo

o Olá meu amigo minha amiga tudo bem com você seja muito bem-vindo ou bem-vinda a mais um vídeo daquele Academy Brasil e nesse vídeo vamos conversar sobre a construção do diagrama de Lewis o diagrama de Lewis é algo que provavelmente você já viu antes e ele é uma boa forma de visualizar como os átomos de uma molécula estão ligados um com o outro além disso ele tende a mostrar Quantos pares de elétrons de Valência de um átomo que não estão sendo compartilhados inicialmente eu vou te mostrar um exemplo aí depois eu vou te mostrar algumas regras uma espécie de passo a passo para construir o diagrama de Lewis Ok bem vamos lá o primeiro exemplo que nós vamos ver aqui é o tetrafluoreto de silício tetrafluoreto é apenas uma forma elegante de dizer que a gente tem quatro flores Beleza agora o primeiro passo da construção aqui do nosso diagrama é fazer a seguinte pergunta quais são os elétrons que nos interessam sistema de falando sobre os elétrons que provavelmente vão reagir tô falando sobre os elétrons de Valência eu vou colocar aqui apenas é via para representar que nós estamos falando sobre os elétrons de Valência tudo bem Vamos pensar aqui sobre a quantidade de elétrons de Valência total que nós temos envolvidos aqui no tetrafluoreto de silício bem para pensar sobre isso podemos pensar sobre quantos elétrons de Valência o silício tem e depois quantos elétrons de Valencia cada um dos flores tem isso claros e cada um deles fossem apenas átomos livres e neutros não se esqueça que temos quatro flores Então precisamos multiplicar a quantidade de elétrons de valência do flúor por quatro para saber os valores a gente precisa da ajuda da Tabela Periódica dos elementos não é então vamos observar aqui na tabela e procurar pelo silício a sua camada externa é a terceira camada e nessa terceira camada temos um dois três quatro elétrons de Valência então silício aqui tem quatro elétrons de Valência aí vamos adicionar isso aqui com a quantidade de a falência dos quatro flores um átomo de flúor livre e neutro tem sua camada externa na segunda camada e nessa camada externa temos um dois três quatro cinco seis sete elétrons então cada um desses flores têm 7 elétrons de Valência mas existem quatro deles não é então multiplicamos isso daqui por quatro então uma molécula de tetracloreto de silício vai ter um número total de elétrons de Valência = 4 mais 7 vezes quatro que é 28 e7028 = 32 Então temos 32 elétrons de Valência no total agora o próximo passo é pensar sobre como isso pode ser configurado como Regra geral a gente sempre vai querer colocar o átomo menos eletronegativo no centro e já falamos sobre isso antes mas você pode até ver aqui a partir da Tabela Periódica dos elementos que o Flu é realmente o elemento mais eletronegativo assim entenderemos a colocar o silício no centro e um desses flores aqui do lado de fora no caso ao redor do Silício Então vamos fazer isso aqui vamos colocar o silício no centro e aí precisamos colocar os quatro flores em algum lugar sendo assim vamos colocar um flor aqui ou flor aqui um flor aqui e um flor aqui pega agora a próxima etapa colocar as ligações entre os flores e o silício pela simplicidade vamos dizer que temos apenas ligações simples entre o silício e cada um desses flores Ok vamos fazer isso aqui Então agora temos uma ligação aqui uma ligação aqui uma ligação aqui e uma ligação aqui agora cada uma dessas ligações covalentes cada uma dessas linhas em nosso diagrama de Lewis representa dois elétrons então por exemplo esse aqui que eu estou fazendo em amarelo representa dois elétrons que são compartilhados por esse flúor e esse silício esse aqui são mais dois elétrons que são compartilhados entre esse flúor e o silício esse aqui são mais dois elétrons que são compartilhar e esse flúor e os início e esses são mais dois elétrons que são compartilhados entre esse flúor e o silício até agora quantos elétrons nos contabilizamos bem cada uma dessas linhas representam dois elétrons Então temos 2 4 6 8 elétrons se subtrairmos 8 elétrons desse valor que calculamos aqui vamos ter ainda 24 elétrons de Valência que precisam ser representados aqui a nossa regra de ouro aqui é tentar colocar esses elétrons Nesse exato mostrando como objetivo completar 8 elétrons de valência em cada um deles em geral tentamos atingir a regra do octeto para qualquer átomo exceto para o hidrogênio o hidrogênio só precisa obter dois nessa camada eterna mas para o Flu temos que chegar a oito elétrons já temos dois aqui que estão sendo compartilhados sendo assim ele precisa de mais seis então eu vou adicionar e 66 aqui coloco dois aqui dois aqui e o 2 aqui assim eu tenho 6 e vamos fazer a minha eu comecei outro flua 246 vamos fazer aqui com esse flor também 2 4 6 e por último e não menos importante com esse flor aqui também 246 agora quantos elétrons temos contabilizados Vamos ver seja nesse flua sei que nesse flua vocês nesse Flu e seis nesse flua seis vezes quatro é igual a Quanto é 24 Então temos 24 elétrons e 24 - 24 = 0 agora temos todos os elétrons de Valência isso é bom porque nós queremos dar conta de todos os elétrons de Valência queríamos representar os de alguma forma nesse diagrama de Lewis e conseguimos fazer isso a próxima coisa a fazer é verificar se todos os átomos estão satisfeitos quanto a regra do octeto já Vimos que os flores estão se sentindo muito bem porque cada um deles Já tem 8 elétrons na camada externa cada um dele tem 6 elétrons que não estão formando o vínculo e cada um deles está compartilhando os elétrons que estão ligados ao silício sendo assim cada um deles realmente Já possui 8 elétrons de Valência agora vamos ver o silício o serviço também está com quatro ligações e cada ligação tem dois elétrons então silício também está obedecendo à regra do octeto Diante de tudo isso eu me sinto muito confiante de que esse é o diagrama de Lewis às vezes chamado de estrutura de Lewis para o tetrafluoreto de silício bem apenas para deixar as coisas formalizada e sobre cada etapa do que acabamos de fazer eu vou te passar o passo a passo aqui mas você vai ver que tudo isso acaba sendo muito em Curiti vo é até por isso que eu preferi inicialmente eu te mostrar esse exemplo para que você veja que isso realmente é muito intuitivo Mas vamos lá como você pode ver o primeiro passo foi encontrar o número total de elétrons de Valência nós fizemos isso Esses são os quatro do Silício E aí temos 28 dos flores aqui também diz para adicionar um elétron para cada carga negativa e subtrai o Elton para cada carga positiva não tivemos que fazer isso nesse exemplo porque é uma molécula neutra mas em alguns casos a gente vai ter que fazer na segunda etapa é dito para decidir qual é o átomo Central que deve ser um menos eletronegativo é certo para o hidrogênio é por isso que escolhemos o silício porque o Flu é o átomo Mais eletronegativo e aí depois disso desenhamos as ligações vemos que as ligações fazem parte dos oito elétrons por isso subtraímos esses elétrons do total calculado na etapa 1 e Isso é apenas para manter o controle do número de elétrons de Valência que estamos contabilizando ao fazer isso aqui no nosso exemplo ficamos com 24 sobrando aí na próxima etapa diz para atribuir os elétrons de Valência para os átomos de fora os átomos que estão nos terminais repare que colocamos pares de elétrons em todos esses flores com isso colocamos 6 elétrons a mais para cada um deles e aí todos foram capazes de cumprir a regra do octeto agente subtrai esses ele e tal só para ter certeza que realmente usamos todos os elétrons que tinhamos aqui Inclusive a dia eu tô aqui para subtrair os elétrons do total encontrado na Etapa 2 realmente Vimos que todos os nossos elétrons foram contabilizados por último na etapa 4 é dito que caso seja necessário atribuir elétrons restantes no átomo Central não tivemos que fazer isso nesse exemplo mas em alguns casos a gente vai ter que fazer se o átomo Central tem o arquiteto ou é sede um arquiteto normalmente Já terminamos nesse caso aqui do nosso exemplo a gente tinha um arquiteto então concluímos Mas ainda é dito aqui que se o átomo Central não tiver um arquiteto é preciso criar ligações múltiplas mais uma vez nesse exemplo ficamos apenas com ligações simples mas em exemplos de futuros veremos casos em que teremos que realizar essas outras partes aqui das etapas vamos deixar isso aqui para outros vídeos Ok eu espero que você tenha compreendido tudo direitinho aqui e mais uma vez eu quero deixar para você um grande abraço o que falar que te aguardo em uma próxima