If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:10

Transcrição de vídeo

o Olá meu amigo minha amiga tudo bem com você seja muito bem-vindo ou bem-vinda a mais um vídeo daqui na academia Brasil e nesse vídeo vamos conversar sobre algumas exceções à regra do octeto a gente já conversou muito sobre a regra do octeto em outros vídeos que inclusive é essa regra que nos dá uma noção das formas que os átomos tendem a reagir a fim de obter uma camada externa completa não se esqueça que pela regra do octeto os átomos são capazes de ter oito elétrons de Valência 8 elétrons em sua camada externa porém Existem algumas exceções a essa regra uma dessas exceções que inclusive já conversamos em outros vídeos É o hidrogênio o hidrogênio não precisa de 8 elétrons ele fica satisfeito com apenas dois elétrons em sua camada externa que inclusive é a primeira camada sendo assim ele está tentando chegar a regra do Dueto por assim dizer mais claro hidrogênio não é a única coisa existem outras e seus sonhos a Como por exemplo o boro e o alumínio podem formar moléculas estáveis onde o boro ou alumínio que quem com apenas 6 elétrons de Valência e não oito também existem outras ações Conforme você chega ao 3º período ou períodos maiores nós veremos átomos que podem manter mais de 8 elétrons de Valência um desses exemplos é o xenônio que até já conversamos sobre ele em outro vídeo é enfim vamos ver aqui alguns desses exemplos de exceções à regra do octeto para observar isso vamos construir o diagrama de Lewis para o hidreto de alumínio o hidreto de alumínio tem um alumínio e três hidrogênios Então que tal agora você para usar esse vídeo tentar montar o diagrama de Lewis para essa molécula E aí conseguiu se não não tem problema não vamos fazer isso juntos aqui agora vem a primeira coisa que você pode fazer é contar todos os elétrons de Valência que nós temos E para isso a gente vem aqui na tabela periódica dos elementos a camada externa do Alumínio é a terceira camada é então aqui eu te o Nildo e temos um dois três elétrons de Valência Aí temos aqui também o hidrogênio o hidrogênio tem um elétron de Valência só que são três hidrogênios que temos aqui então teremos três vezes um elétron de Valência que é igual a três sendo assim o hidreto de alumínio tem três mais três que seis ou seja temos 6 elétrons de Valência aqui agora a próxima etapa é tentar desenhar a estrutura com algumas ligações covalentes simples não queremos que o hidrogênio seja o átomo Central Isso é algo muito incomum sendo assim vamos colocar o alumínio no centro aí teremos três hidrogênios ao redor do Alumínio temos aqui um um aqui e um aqui aí colocamos algumas ligações covalentes aqui vamos ver quantos elétrons de Valência nos alocamos até agora são dois nessa ligação covalente outros dois aqui e outros dois aqui então já colocamos 6 elétrons de Valência subtraímos esses seis daqui e aí ficamos com 0 ou nós temos mais nenhum elétron de Valência aqui para brincar vamos ver aqui agora ser todos os átomos estão satisfeitos com os elétrons de Valência que eles têm cada um dos hidrogênios está satisfeito Porque eles estão seguindo a regra do Dueto esses dois elétrons aqui nessa ligação estão ao redor do hidrogênio e do Alumínio sendo assim do ponto de vista do hidrogénio ele tem um dueto completo e o mesmo acontece com esse hidrogênio aqui porém Observe o alumínio aqui ele tem 2 4 6 elétrons de Valência ao seu redor Isso não é um arquiteto completo porém essa molécula está estável mesmo alumínio tanto apenas seis elétrons de Valência agora vamos ver outro exemplo Vamos pensar aqui sobre o pentafluoreto de xenônio Na verdade o cátion do penta fluoreto de xenônio como é um cátion temos um nham carregado positivamente aqui que tal você para usar esse vídeo tentar fazer um diagrama de Lewis para esse cátion vamos fazer isso juntos aqui agora a se algo do que eu fizer aqui a ser desde conhecido o estranho eu aconselho que você Assista o vídeo sobre o diagrama de Lewis tudo bem mas enfim o que precisamos fazer aqui inicialmente a pensar sobre a quantidade de elétrons de Valência que temos aqui o xenônio bem aqui é um gás nobre sendo assim ele já tem o arquiteto completo em sua camada externa logo ele tem 8 elétrons de Valência agora o Flu era a gente já conversou sobre ele em diversos vídeos ele tem um dois três quatro cinco seis sete elétrons de Valência só que aqui temos cinco flores então teremos aqui 5 x 7 elétrons de Valência eu vou ter que desenhar muitos elétrons News em quantos elétrons de Valência temos aqui temos oito mais 35 e isso é igual a 43 elétrons de Valência porém precisamos ter cuidado porque isso aqui é um cátion ou seja uma molécula carregada positivamente e com uma carga mais um sendo assim precisamos subtrair Um elétron desse valor que achamos aqui ao fazer isso vamos ficar há 42 elétrons de Valência agora vamos para a próxima etapa que a tentar desenhar a estrutura de Lewis com ligações covalentes simples o xenônio é o átomo Central porque o Flu é mais eletronegativo que ele então vamos colocar o xenônio aqui no meio e aí colocamos os flores ao redor de si xenônio para ser mais específico devemos colocar 5 flores aqui então temos um aqui um ACK 1 ACK 1 ACK e um aqui agora a gente faz as ligações covalentes simples entre o xenônio e cada um desses flores uma duas três quatro cinco ligações essas cinco ligações são responsáveis por 10 elétrons de Valência já que cada uma dessas ligações covalentes é responsável por dois elétrons de Valência Então temos 2 4 6 8 10 elétrons de Valência vamos subir trair 10 elétrons de Valência daqui Aí ficamos com 32 elétrons de Valência agora a pra o mapa é tentar alocar alguns desses elétrons de Valência no exato nos terminais a fim de que cada um deles atingir um octeto completo cada um desses flores Já possui uma ligação covalente logo ele já tem aqui dois elétrons de Valência sendo assim a gente precisa colocar aqui mais seis elétrons de Valência para cada um deles Observe que eu acabei de alocar 6 elétrons de Valência para cada um desses cinco flores então eu aloquei 30 elétrons de Valência subtraindo esses 30 daqui ficaremos com dois elétrons de Valência que ainda não foram alocados sendo assim o que eu faço com esses dois elétrons de Valência bem o único lugar para colocá-lo usando xenônio Eu já falei com você que as coisas que estão mais abaixo na tabela periódica especialmente as coisas que estão abaixo do terceiro período podem desafiar a regra do octeto o xenônio já tem 10 elétrons de Valência e eu estou preste usar alocar mais dois ao redor dele ao o ou seja ao alocar esses dois elétrons de Valência ao redor do xenônio nós vamos conseguir alocar todos os elétrons de Valência que a gente tinha aqui como eu quero deixar claro que estamos falando de um cátion a gente precisa colocar aqui os colchetes e colocar o sinal de positivo aqui em cima Então esse é um caso em que o átomo Central pode ter um número de elétrons de Valência é que é maior que a regra do octeto nesse caso aqui tenhamos 2 4 6 8 10 2 elétrons de Valência agora uma pergunta interessante a se fazer é como esses átomos que estão no terceiro período ou mais consegue lidar com mais de 8 elétrons de Valência bem isso é uma questão que gera muitos debates mas alguns químicos acreditam que é possível porque eles são capazes de colocar seus elétrons em seus orbitais de Valência que estão vazios mas isso é muito controverso na comunidade dos Químicos Ok Enfim meu amigo minha amiga eu espero que você tenha compreendido tudo direitinho que conversamos aqui e mais um vou deixar para você um grande abraço e até a próxima