If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:37

Transcrição de vídeo

vamos ver agora se a gente consegue balancear equações químicas um pouco mais complexas essa equação aqui por exemplo que representa a reação de combustão aqui nós temos o etileno reagindo com oxigênio afinal de contas ele precisa de energia para realizar essa reação isso aqui está formando o dióxido de carbono mais água se você reparar bem aqui nós estamos exige aqui que representa que esse time chileno está no estado gasoso assim como esse oxigênio de atômico que é o oxigênio que a gente encontra com mais abundância da natureza formando também é que o dióxido de carbono no estado gasoso e água e se ela que representa aqui essa água se encontra no estado líquido ok então antes de realizar esse balanceamento eu te encoraja novamente a pausar e se 20 e tentar fazer isso sozinho e aí conseguiu se você não conseguiu provavelmente foi por que você tentou começar esse balanceamento por esse oxigênio de atômico aqui não foi afinal de contas você deve ter falado nossa ele está sozinho aqui então vou começar por ele que é muito mais fácil o problema é que se você começar a fazer esse balanceamento por esse oxigênio você vai ter que mexer aqui nesse carbono e aí quando você começar a mexer nesse carbono que você também vai ter que começar a mexer nesse carbono aqui do lado dos reagentes e claro você vai ter que mexer nesse hidrogênio também aí você vai partir para o outro lado vai ter que mexer nesse hidrogênio para balancear mas automaticamente você vai estar mexendo nesse oxigênio e voltando novamente para a caixa porque você vai ter que alterar novamente esse oxigênio desse lado e aí você vai ficar nesse ciclo sem fim aqui vai ser muito difícil chegar a uma resolução então que eu te aconselho a fazer esquece esse oxigênio deixa ele aqui por final tudo bem vamos começar pela molécula mais complexa aqui que é esse etileno então a primeira coisa que a gente vai fazer é começar balancear que por esse etileno tudo bem se você observar você vai ver que a gente tem dois carbono certo e do outro lado a gente tem apenas um carbono mas como que eu consigo um carbono se transformar em 2 carbonos de uma forma muito simples multiplicando aqui por dois então 2 vezes um na verdade eu até aqui dois carbono certo então o carbono já está balanceada agora você poderia pensar tudo bem então agora eu já lançei esse carbono vamos começar por esse o dois aqui não não não faça isso deixa esse o 2 pro final tudo bem vamos balance a esse hidrogênio que agora se você observar você vai ver que aqui você tem quatro desses hidrogênio certo quatro átomos de hidrogênio do outro lado tenho apenas dois átomos de hidrogênio mas como é que eu consigo fazer se dois se transformar em 14 simples multiplicando aqui por 22 vezes dois de hidrogênio na verdade agora vou ter quatro hidrogênio então eu tenho quatro gênios aqui desse lado e quatro gênios desse lado hidrogênio também já estava anunciado agora sem por último que eu vou balancear esses oxigênio ok então vamos lá se você observar bem aqui do lado dos produtos você vai ver aqui por exemplo nesse dióxido de carbono aqui eu tenho dois desses idiotas de carbono então na verdade eu vou ter dois desses dois átomos de oxigênio que na verdade me dá 4 ordf certo e nessa molécula de água tenho duas dessas moléculas de água então na verdade é que me dá dois átomos de oxigênio vamos lá dois átomos de oxigênio do lado dos produtos eu tenho quatro mais dois que me dás 6 oxigênios a gente volta aqui observa do lado dos reagentes aqui nesse caso tenho apenas uma molécula de oxigênio de atômico então na verdade como é que eu consigo fazer esse o dois se transformar em 6 oxigênio é muito simples também basta vim aqui e multiplicar isso por três então três vezes deste oxigênio de atômico na verdade me dá seis átomos de oxigênio então pronto agora a gente já tem a nossa equação que representa a reação de combustão totalmente balanceada