Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:18:53

Exemplo de exercício de estequiometria 2

Transcrição de vídeo

foi dito para nós que a glicose e reage com o oxigênio para formar o dióxido de carbono e água qual é a massa de oxigênio em gramas necessária para reagir completamente com 25 gramas de glicose em outra pergunta é quais são as massas de dióxido de carbono e água formadas portanto a glicose reage com o oxigênio para formar dióxido de carbono e água a glicose 16h 12 horas seis reage com o oxigênio em sua fórmula molecular a dois átomos aqui os produtos são o dióxido de carbono e água bom você já deve ter reconhecido isso esse é um problema de estequiometria sabemos que há 25 gramas de glicose quanto oxigênio é necessário para reagir completamente com a glicose e quanto dióxido de carbono e quanta água serão produzidos 100 gramas então esse é um típico problema de estequiometria e se você se lembra do último vídeo a primeira coisa a ser feita é assegurar se de que a equação está balanceada vamos nos assegurar de que essa equação está balanceada no lado esquerdo que você deve sempre balancear as moléculas mais complicadas primeiro e balancear as moléculas mais simples no final por serem as mais fáceis de balancear portanto no lado esquerdo que a 6 carbonos no total no lado esquerdo no lado direito a somente um carbono então vou multiplicar isso aqui por 6/1 e agora a 6 carbonos nos dois lados da equação vamos para os hidrogênios a 12 hidrogênio no lado esquerdo dessa equação os 12 hidrogênio que compõem a glicose quantos hidrogênio ano lado direito com somente dois hidrogênios ou multiplicar isso por seis eu não mexi com os carbonos para não ter que mudar nada então agora a 12 hidrogênios nos dois lados da equação 12 aqui 12 ali e agora posso balancear o oxigênio deixei isso para o final porque aqui tem somente a molécula de oxigênio que é mais fácil de balancear quanto oxigênio sá no lado direito aqui tem seis vezes dois a 12 oxigênio salle e há mais seis oxigênios aqui portanto mais seis oxigênios a 18 oxigênios do lado direito da equação então preciso ter 18 oxigênios no lado esquerdo da equação quantos agora a 6 oxigênio saque então vou precisar de 12 aqui certo essa é a última coisa com a qual eu queria mexer não quero colocar um coeficiente aqui isso vai mudar tudo o resto eu quero colocar um coeficiente aqui isso vai balancear tudo a 18 no lado direito e já tem seis aqui eu quero ter 12 bem aqui vão multiplicar isso por 6/1 e agora tudo deve estar certo a 6 carbonos nos dois lados a 12 hidrogênio nos dois lados e a18 oxigênios 6 ac 12 aqui do saque seis aqui há portanto 18 oxigênios nos dois lados dessa equação a próxima coisa a ser feita é descobrir quantos molz dos reagentes existe na equação portanto nos foi dito que a 25,0 gramas de glicose vamos descobrir quantos moss por grama ou quantos gramas por mauá em uma grama de glicose e porque estamos trabalhando com carbono oxigênio e hidrogênio sus vamos olhar para os pesos atômicos de todos eles carbono hidrogênio oxigênio são bastante comuns seria até bom você memorizar as suas massas atômicas bom quero até dar o devido crédito a pessoa cuja tabela periódica estou usando levando cédric peguei essa tabela periódica na wikipedia é uma licença de atribuição creative commons portanto nesse caso quero assegurar medic citei a pessoa que fez a tabela periódica a oxigênio cuja massa atômica é de 15,9 999 geralmente é considerado como 16 mas vou escrever lo dessa forma portanto o oxigênio é 15,99 9 dunga então vamos ter que descobrir a massa atômica do carbono e do hidrogênio vamos voltar a nossa tabela periódica mas a tônica do carbono é 12,0 11 e é do hidrogênio é 1,00 79 vamos ver o carbono 12,0 11 portanto o carbono é 12,0 11 o hidrogênio lembre-se os pesos atômicos são todas as médias ponderadas de todos os isótopos do hidrogênio é 1,00 79 1,0 era quanto tinha um ou dois zeros não eram dois anos 1,00 79 qual é mas a tônica de glicose sabendo de tudo isso qual é o peso atômico da glicose vou descer um pouco a página a massa atômica da glicose c 6h 12 horas seis vai ser igual a 12,01 11 vezes 66 vezes 2,0 11 mas 12 vezes o hidrogênio só para simplificar as coisas vão aproximar isso para 16 o aproximar isso para 12 e vou aproximar isso para um isso vai facilitar muito mais o nosso cálculo matemático então vamos fazer dessa forma vou apagar isso portanto a massa atômica da glicose é seis vezes o peso atômico do carbono 16 vezes 12 6 vezes 12 mais 12 vezes o peso atômico do hidrogênio ou talvez eu devesse escrever 12 vezes um a ser coerente 12 vezes um mais seis vezes o peso atômico do oxigênio mas seis vezes 16 qual é o resultado disso isso é igual a 72 mais 12 mais seis vezes 16 é igual a 60 mais 36 então igual a 96 isso é igual a vou pegar a calculadora 72 mais 12 mais 96 é igual a 180 portanto a massa tônica da glicose é igual a 180 o que significa que eu vou começar a resolver o problema temos 25,0 gramas de glicose vou escrever gramas de seis a 12 horas seis queremos escrever isso em termos de moldes de glicose queremos anular os gramas portanto precisamos dos gramas no denominador certo aqui os gramas estão no numerador se dividirmos por essa unidade vamos anular os gramas precisamos dos gramas de 6h 12 aos 6 o grama de glicose no denominador e precisamos nos moldes de glicose no numerador por que então ao fazer esse cálculo isso vai se anular com isso e teremos somente molz portanto quantos gramas por mall porque não vamos descobrir lo a massa tônica é 180 é 180 se tivermos um número de advogado dessas moléculas a massa vai ser de 180 gramas por mall essa informação obtida após descobrir a massa atômica da glicose então vamos fazer esse cálculo essas unidades se anulam com essas unidades e temos 25 vezes 1 / 180 portanto isso é igual a 25 sobre 180 as unidades que ficaram são moldes 16h 12 horas seis ou glicose e quanto é 25 / 180 bom deveria dizer 25,0 só para sabemos que temos três dígitos significativos aqui não quero ser muito específico sobre desvios significativos mas às vezes eu fico um pouco relaxado a respeito disso eu já estava relaxado a respeito do peso mas vamos tentar estimar portanto 25 / 180 é igual a 0,1 39 temos 0,1 39 moles de bom cansei de escrever essa fórmula é molz de glicose agora queremos descobrir quantos molz de oxigênio ou o primeiro passo seria descobrir quantos molz de oxigênio a para cada mall de glicose e nós sabemos disso é um para seis vou escrever isso isso vai nos dizer quantos mall de oxigênio serão necessários lembre se queremos nos livrar desses moldes de glicose por isso queremos escrever isso no denominador portanto molz de glicose necessários para cada um molde glicose necessário ao balancear a equação descobrimos que para cada molde glicose são necessários então 6 molz de oxigênio precisamos de seis molz de o2 necessários então o que temos aqui os moldes de glicose se anulam com os moldes de glicose e depois multiplicamos 6 por 0,13 9 vamos multiplicar isso por seis e o resultado é 0,833 portanto precisamos de zero ficou muito grosso que 0,833 molz de oxigênio necessários mas acabamos sabemos quanto os moldes de oxigênio são necessários oxigênio molecular agora temos que descobrir quantas gramas significa isso vou escrever aqui são necessários 0,833 molz de oxigênio molecular vamos multiplicar isso lembre se queremos obter isso em gramas agora vamos tentar colocar os moldes do 2 no denominador e vamos colocar gramas de co2 no numerador quantos gramas de co2 a por mall sabemos que o peso atômico do oxigênio é 16 então a massa atômica do oxigênio molecular no qual tem dois desses é igual a 16 vezes dois é igual a 32 isso significa 32 gramas por mall quando fazemos o cálculo os moldes de odores no numerador se anula com os moldes só dois no denominador teremos então 0,833 vezes 32 é igual a 26 digamos 7 isso é igual a 26,7 gramas de co2 necessários gramas de co2 e eu vou escrever necessários nessa mesma cor bom terminamos uma parte do problema temos mais duas partes voltando para o problema fomos perguntados já descobrimos isso qual a massa de oxigênio necessária para uma reação completa já fizemos essa parte então podemos colocar um visto ali já fizemos a primeira parte outra pergunta é quais são as massas de gás carbônico e água formadas agora temos que descobrir o dióxido de carbono e água voltemos aqui sabemos que temos 0,1 39 molde de glicose descobrimos isso na primeira parte de 0,1 39 moldes de glicose vamos fazer o cálculo para o dióxido de carbono primeiro sabemos que para cada molde glicose vamos produzir 6 mons de dióxido de carbono a 11 a que implicitamente para cada mall de glicose serão produzidos 6 molz de dióxido de carbono vamos escrever isso para cada mão de glicose teremos seis molz de co2 produzidos sabemos isso diretamente da equação escrever dessa maneira em vez de um sobre seis porque queria que os moldes de glicose anulassem molde de glicose no numerador molz de glicose no denominador portanto isso anulou com isso isso vai ser igual a seis vezes 0,1 39 molde de co2 produzido sabemos qual é o resultado já multiplicamos 6 por 0 1 39 e isso vai ser igual a 0,8 33 molz de co2 produzidos já fizemos esse cálculo na verdade podemos até não vou pular muitos passos mas viemos aqui para cada um molde glicose 6 molde disso seis motos disso e seis motos disso é por isso que obtivemos 0,833 moldes de oxigênio e vamos obter também 0,833 molz de dióxido de carbono fazendo exatamente a mesma coisa teríamos realizado exatamente o mesmo cálculo para cada moldes usado a um maldito produzido ou para cada 6 disso a 6 disso seis disso haverá também seguindo a mesma lógica poderíamos fazer isso novamente com a água o resultado também será 0,833 molz de água produzida certo para cada molde dióxido de carbono a um molde água aqui é de 6 para 6 mas a razão é de um para um poderíamos pensar dessa forma vamos descobrir agora quantos gramas significa isso temos o mesmo número de molde de dióxido de carbono eo mesmo número de motos de água mas eles terão um número de grama diferente portanto o número real de moléculas é o mesmo mas a massa real dessas moléculas será diferente com a massa atômica do dióxido de carbono só para lembrar a massa atômica do carbono é 12 o do oxigênio e 16 portanto 12 mais 16 vezes dois é igual a 12 mais 32 o que é igual a 44 se começarmos com 0,833 molz de dióxido de carbono produzidos queremos descobrir quantos gramas por mall vamos colocar os moldes de dióxido de carbono denominador porque queremos que se anulem com isso então temos gramas de dióxido de carbono sabíamos que a massa atômica do dióxido de carbono e 44 e isso significa que há 44 gramas se temos um molde dióxido de carbono temos 6,02 vezes 10 elevado a 23 moléculas de dióxido de carbono portanto 44 vezes 0,833 é que resultado é esse 0,83 três vezes 44 é igual a 36,20 ganhamos sete 36,7 gramas de co2 serão produzidos e quase terminamos temos que descobrir quantos gramas de água serão produzidos sabíamos que o número de mortos é o mesmo mas quantos gramas isso significa a massa atômica da água será 2 vezes um certo porque temos dois hidrogênios mas 16 o que é igual a 18 se começarmos com 0,833 molz ou se produzirmos 0,833 molz de água mas a multiplicar isso pelo número de gramas por mal de água um molde h2oh mais uma vez colocamos isso no denominador para que se anule com isso no numerador um molde h2o tem uma massa de 18 gramas ou 18 gramas de h2 ó para cada molde h2oh isso se anula com isso e o resultado vamos pegar a calculadora dezoito vezes 0,833 é igual a 14,99 4 bom podemos arredondar isso para 15 portanto temos 15 gramas de água produzida pronto terminamos descobrimos que se começarmos com 25 gramas de glicose como nos foi dito no início do problema vamos precisar de 26,7 gramas de oxigênio para reagir com a glicose e vamos produzir 36,7 gramas de dióxido de carbono e 15 gramas de água