Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Química Avançada 2015 - Discursiva 3a

Equação iônica líquida para uma base fraca titulada com HCl. De Química Avançada 2015 - Discursiva 3a. 

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA1JV - O sorbato de potássio KC₆H₇O₂, massa molar de 150 g/mol, é comumente adicionado a refrigerantes diet como um conservante. Uma solução estoque de sorbato de potássio de concentração conhecida deve ser preparada. Um aluno titula 45 ml da solução estoque com HCl a 1,25 molar, usando um indicador e um pHmêtro. O valor de Ka para o ácido sórbico HC₆H₇O₂ é de 1,7 vezes 10⁻⁵. Escreva a equação iônica líquida para a reação entre o sorbato de potássio e o HCl. Primeiramente, a gente vai escrever a nossa equação iônica, então, vou marcar aqui a nossa equação. A nossa equação iônica. Vocês já vão entender por que eu vou fazer primeiro a equação iônica, e por que a equação iônica e a equação iônica líquida são diferentes. Pensando na equação iônica, se o sorbato de potássio e o ácido clorídrico são adicionadas em água, eles vão se dissociar em íons. E a gente vai escrever isso do lado dos nossos reagentes e do lado dos nossos produtos. O sorbato de potássio vai se dissociar em K⁺, e tenho aqui em meio aquoso, mais C₆H₇O₂⁻ também em meio aquoso, não vamos esquecer, eu tenho mais o ácido clorídrico que vai se dissociar em H⁺ e em Cl⁻ em meio aquoso. Vamos ver o que a gente vai ter aqui do lado dos nossos produtos. A gente tem que o nosso próton, o nosso H⁺, vai reagir com o C₆H₇O₂ e a gente vai formar o ácido sórbico. Aqui, eu vou fazer embaixo, eu tenho HC₆H₇O₂ em meio aquoso, eu ainda tenho aqui mais o meu íon de potássio e o meu íon de cloro, então mais Cl⁻ em meio aquoso também. Agora, a gente vai fazer a equação iônica líquida, então, vou marcar aqui equação iônica líquida. Você já pode imaginar o que vai acontecer aqui. Eu tenho íon de potássio aqui do meu lado dos produtos e do lado dos meus reagentes, então, eu posso cancelar esses termos aqui. E a mesma coisa acontece aqui para os meus íons de cloro, então, a minha equação iônica líquida vai ficar assim: eu tenho C₆H₇O₂⁻ em meio aquoso mais um próton, mais H⁺, também em meio aquoso. E eu vou formar aqui o meu ácido sórbico, que é HC₆H₇O₂ em meio aquoso. E essa é a nossa equação iônica líquida.