If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:11:24

Transcrição de vídeo

nós temos aqui uma citação de um grande físico chamado ernest rutherford disse o evento mais incrível que aconteceu comigo em toda a minha vida foi quase tão incrível quanto se você tirasse um projeto de 15 polegadas no lenço de papel e ele recuou gts de volta eo atingisse essa situação diz respeito a um experimento que ele realizou então nesse vídeo de hoje vamos falar sobre esse experimento que ele estava falando nesse período o telefone estava realizando diversas experiências sobre a radioatividade até fora um grande amigo de marie curry seu marido e r curry e se tratando da radiotividade o seu grande interesse de estudo era sobre a partícula alfa apesar de na época deles não utilizarem a idéia da partícula alfa que nós utilizamos hoje a particular foi formada por um núcleo de hélio ou seja particular foi formada por dois prótons e dois nêutrons no caso ela não possui elétrons por isso que nós temos é que esse l12 mais ou seja particular foi apenas um núcleo do hélio e pelo fato desse núcleo não possui elétrons por esse motivo que esse lucro é carregado positivamente tanto que dois mais certo então um grande interesse e estudar essa partícula alfa cutter forró pegou um pedaço de rádio já que o rádio emite a essa partícula alfa e colocou dentro de uma caixa de chumbo este orifício possibilitava que partículas alfa fossem emitidas aqui nesse caso e tem interesse em estudar a estrutura top que ele fez com que essas partículas de alfa fossem emitidas contra uma folha de ouro associando esse experimento com a citação de rutherford vamos imaginar então que aqui as nossas partículas altas sejam os nossos projetos e aqui essa folha de ouro como se fosse o nosso lenço de papel aqui mas o que o telefone estava tentando encontrar com este experimento bem a resposta não é relativamente fácil mas para a gente entender isso a gente precisa voltar um pouquinho antes de rutherford e estudar o modelo desenvolvido por um outro físico chamado jack thompson o modelo de thompson muito conhecido como modelo do pudim já mexi dizia que o ato é formado por e que nas partículas carregadas negativamente na época tons ou não usava necessariamente à idéia do elétron mas hoje jardins que essas partículas carregadas negativamente são os elétrons então vou chamar essas partículas aqui de e elétrons ok como na época já tinha idéia de que um átomo tem que celebre camente neuton como a gente tem essas cargas negativas aqui deveria ter algo que com carga positiva então thomson desenvolveu a idéia de que esses elétrons ou essas partículas carregadas negativamente estavam imersas em uma espécie de sopa de carga positiva ou seja uma sopa carregada positivamente a gente pode dizer que aqui tem uma sul pa essa sopa entre as que está carregada positivamente e assim se você não sabe o que é um pudim de abelhas provavelmente é porque você não é britânico tudo bem e aí nesse caso a gente pode imaginar que como se fosse um cookie de chocolate em que as gotinhas de chocolate que seriam esses elétrons e toda aquela massa em volta dessas gotinhas de chocolate seria essa sopa carregada positivamente mas afinal que o inter fora estava querendo concluir a partir desse experimento realizando formulações e previsões matemáticas ele chegou a conclusão que se emitisse particularizar faz contra um ato porque nesse caso grande parte das partículas alfa c atravessar diretamente esse ato como essas cargas elétricas e ea gerar um pequeno campo elétrico aqui no interior poderia ocorrer que algumas dessas partículas alfa sofresse uma pequena de flexão nada muito grande claro mas exagerei um pouco aqui mas na verdade não seria nada muito grande não então praticamente todas essas partículas alfa se iriam atravessar direto aqui esse ato então quando ele veio aqui realizou esse experimento ele esperava observar exatamente os ou seja ou seja que essas partículas alfa atravessassem esse lenço de papel dele aqui no lenço de papel e realmente foi isso que aconteceu grande parte das partículas alfa atravessaram aqui direto e uma pequena parte muito pequena mesmo sofreu uma pequena reflexão nada muito grande algo mais ou menos igual a um grau de deflexão seja algo muito pequenininho mesmo engraçado é que se rutherford tivesse parado por aqui ele teria chegado à conclusão que esse tem que ser um modelo ideal para explicar o que era o ato mas ainda bem que o inter fora no químico muito competente e ele não parou por aí quando ele fez o detector dele não colocou apenas aqui na frente na verdade ele cobriu toda essa região aqui ele fez isso apenas para tomar cuidado mesmo nessa detecção aqui e é claro ele detectou os esperados aqui na frente esses aqui com uma pequena reflexão mais uma a cada 20 mil particulariza acontecer algo curioso quando colin dia com a folha de ouro ao invés de atravessar ou sofrer essa reflexão ela vem até aqui e voltava que batia nessa parte aqui do detector e como eu disse isso acontecia com uma a cada 20 mil partículas ao então número extremamente pequeno mesmo algo que você precisa ter muito cuidado aqui pra observar se não poderia passar despercebido claro você deve imaginar que a primeira coisa que o inter fez a partir disso vai falar caramba acabei de ganhar o prêmio nobel não é mas não ele repetiu esse experimento diversas e diversas vezes para ver se não tinha acontecido nenhum erro e não tinha todas as vezes que ele realizava esse experimento e chegava à mesma conclusão quem um a cada 20 mil partículas de alfa colidir com a folha de ouro e retornava que nesse caso e agora o que fazer afinal de contas esse modelo atômico do pudim de ameixas não serve mais para explicar essa colisão aqui dessa partícula alfa retornando desse jeito e protector então foi necessário destruiu um novo modelo atômico que dá se conta de explicar esse fenômeno aqui então foi isso que ele fez ele começou a desenvolver um novo modelo atômico no caso então para ter um modelo que explicasse no fenômeno cheque é algo que fosse pequeno mas se isso e que tivesse carga positiva afinal de contas era isso aqui que interagir com essas partículas alfa fazendo com que elas fossem rebatidas aqui nesse caso então recapitulando temos que ter algo pequeno extremamente pesado com carga positiva e sabemos também que esse modelo tem que dar conta de ter os elétrons para fazer com que o átomo tem um saldo final de carga nulo e sabemos também que esses elétrons tem que ser extremamente pequenos porque eles quase não interagem com essas partículas alfa por isso que elas passam direto aqui por essa folha de ouro ok então a partir destes pré requisitos a que ele desenvolveu um novo modelo e esse novo modelo dizia que nós tínhamos aqui um ato nulo e que esse ato uma que teria um núcleo esse núcleo extremamente pequeno e que esse núcleo tinha uma carga positiva e como falei isso no que é extremamente pequeno a partir desse experimento rutherford conseguiu até estimar o tamanho desse núcleo em relação ao tamanho do ato e chegou à conclusão que o núcleo deveria ter um tamanho igual a 1 sobre 10.000 do volume aqui desse ato então assim o núcleo era extremamente pequeno nesse modelo dele e claro como núcleo tinha carga positiva deveria também ter os elétrons aqui em certas regiões mas o restante do átomo que o que queria na verdade o inter só chegou à conclusão que todo esse espaço que seria um espaço vazio ou seja não teria nada ocupando esse espaço então grande parte do ato mas que seria realmente um espaço vazio ea partir desse modelo rutherford conseguiu explicar o experimento dele ou seja quando as partículas alfa 01 emitidos e que contra folha de ouro grande parte dessas partículas atravessavam diretamente esse espaço vazio não sofrendo nenhum tipo de reflexão no entanto uma pequena parte dessas partículas se aproximava que do núcleo desse átomo e sofria aquela pequena reflexão tanto de um lado quanto do outro mas uma pequena parte ainda menor de partículas alfa conseguia colide com esse núcleo atômico aqui e quando isso acontecia pelo fato desse núcleo tem uma carga positiva essa partícula alfa também tem uma carga positiva seria repelida por esse núcleo fazendo com que ela retornasse aqui nesse caso conforme ocorreu aqui no experimento esse modelo atômico de rutherford foi chamado de modelo nuclear então já temos o nosso modelo atômico aqui de rutherford em que o átomo é formado por um núcleo com carga positiva os elétrons estão aqui em alguma região de seattle no certo e o restante do átomo é feito de espaço vazio seja não tem nada ali mas chegamos a uma nova pergunta onde esses elétrons estão é que realmente será que eles ocupam certas posições para responder a essa pergunta diversos outros cientistas na época de rutherford realizaram experimentos testando esse modelo e veremos isso inclusive nos próximos vídeos