If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:54

Transcrição de vídeo

nós temos aqui uma reação de combustão em que o hidrocarboneto metano está reagindo com duas moléculas de oxigênio molecular e claro fornecendo calor para essas moléculas nós temos uma reação de combustão na qual como produto a gente tem um idiota do de carbono mais duas moléculas de água é interessante que essa reação aqui é uma reação ex o térmica pois libera mais energia do que foi fornecida para ela que no processo inicial e é por isso que o fogo continuar de ano mas claro isso não é o foco desse vídeo nesse vídeo vamos ver qual desses componentes está sendo oxidado e qual está sendo reduzido mas vamos pensar primeiro no estado de oxidação dos reagentes e no estado de oxidação desses produtos aqui ou seja dos diferentes componentes de cada uma dessas moléculas ok mas eu quero você pausa esse vídeo agora e tente descobrir qual desses componentes que está oxidando e qual o que está reduzindo e aí tentou vamos lá primeira coisa que a gente vai fazer aqui é observar o metano tá e aqui em cima eu tenho a eletronegatividade a tabela de eletronegatividade baseada na escala de paulin a gente tem inicialmente que o metano que é um átomo de carbono ligado a quatro hidrogênios de coloque e hidrogênio aqui o gênio aqui e outro hidrogênio aqui certo no mundo dos estados de oxidação mesmo que isso aqui seja uma ligação covalente vamos apenas fingir que há uma ligação e única então temos que dar o par de elétrons para uma das partes dessa ligação observando que a tabela a gente percebe que o carbono é mais elétron negativo que o hidrogênio certo então o carbono vai ganhar os elétrons aqui dos hidrogênios então hipoteticamente o carbono tira um elétron de cada um desses hidrogênio saque dessa ligação então esse carbono aqui tem um estado de oxidação 4 negativo esse sinal de negativo aqui na frente é só para não confundir com o expoente ok é um desses hidrogênio hipoteticamente vai perder um elétron então cada hidrogênio vai assumir um estado de oxidação mais um então a gente vem aqui e coloca o estado de oxidação mais um e agora a gente tem aqui o oxigênio molecular que é um oxigênio ligado a outro oxigênio certo como todos os roxy gênios são iguais ou seja não são isótopos diferentes ou algo assim não há motivo para um oxigênio tirar elétron de outro oxigênio aqui ok no mundo da oxidação então esse oxigênio molecular tem o estado de oxidação igual a zero ou número de oxidação igual a zero vamos ver os produtos aqui agora inicialmente vamos ver o que está acontecendo com esse idiota de carbono o dióxido de carbono é um carbono fazendo uma ligação dupla com dois oxigênio seja cada oxigênio está fazendo uma ligação do pac com esse carbono se a gente observar aqui na tabela periódica o oxigênio é um dos elementos mais eletro negativos que existe então hipoteticamente vamos dizer que oxigênio tira quatro elétrons do carbono então cada oxigênio tira 2 elétrons do carbono e o carbono perde 4 elétrons se o carbono perde 4 elétrons hipoteticamente claro ele fica com uma carga hipotética igual a mais 4 a gente vem aqui e coloca mais quadro certo ou 4 positivo cada um desses oxigênios ganha 2 elétrons então ele fica com uma carga dois negativos ou seja o estado de oxidação dois negativo afinal é que como tem dois oxigênios 2 vezes dois aqui dá menos 4 e 4 -4 é igual a zero e faz muito sentido pois essas moléculas aqui são neutras e a mesma coisa de seu lado que também a gente tem esse carbono que é 4 negativo e aqui a gente tem quatro hidrogênios em que cada um deles é tem estado de oxidação mais 14 -4 vai dar zero e ele também fica neutro certo e finalmente chegamos a em que a gente tem aqui um oxigênio fazendo uma ligação seja duas ligações nesse caso em que uma cada uma delas é que está ligada um hidrogênio e apesar de só que também ser uma ligação covalente vamos fingir que há uma ligação iônica e o oxigênio gente observando aqui é bem mais eletronegativa que o hidrogênio certo então vamos assumir que ele tira elétrons aqui do hidrogênio como hidrogênio perdeu um elétron ele fica com uma carga poética mais 1 ou seja o número de oxidação de hidrogênio é um positivo por outro lado como oxigênio ganhou dois elétricos ele tem um número de oxidação igual a dois negativo novamente aqui você pode observar que a gente tem dois do gene que cada um deles tem um número de oxidação mais um seja da mais dois - dois é igual a zero ea gente também tem uma molécula neutra que agora que fizemos isso podemos começar determinar que quem está sendo cuidado e quem está sendo reduzido vamos focar inicialmente aquino carbono o carbono começa com o número de oxidação igual a 4 negativo que a gente vai colocar esse aqui quatro negativo aí a reação acontece e ele se torna um carbono positivo sejam carbono quatro mares a pergunta que eu faço pra você aqui é essa como algo vai de menos 4 para mais quatro uma forma de aumentar a carga protética seria perdendo elétrons cada vez que se perde elétrons ele se torna menos negativo e eventualmente vai ficar positivo então nesse caso aqui ele tem que perder oito elétrons então vamos lá gente pode escrever isso aqui dizendo que esse carbono se tornou esse carbono positivo aqui mas 8 é outra um certo se você pegar esses elétrons ac cd pra esse carbono ele vai chegar aqui nesse estado inicial aqui desse lado da reação essa forma de escrever é chamada sempre reação onde o foco cada um dos elementos que formam a reação de forma independente então aqui temos uma reação em que hipoteticamente o carbono perdeu 8 elétrons que nome damos quando o hipotético a mente se perde elétrons devemos lembrar aqui que a oxidação ocorre quando se perde eletro certo ea redução ocorre quando se ganha elétrons então não esqueça disso oxidação é quando se perde elétrons ea redução é quando se ganha elétrons está claro aqui que o carbono foi oxidado afinal de contas ele perdeu os seus elétrons então vamos escrever isso aqui o carbono foi oxidado de contas ele perdeu os elétrons agora vamos aqui pensar nos hidrogênios em que a gente tinha que quatro gênios do lado esquerdo fazendo aqui a semi reação a gente tem 2h dois certo do jeito que tá ali vamos colocar do jeito que tá ali mesmo a gente coloca ali do oeste do jeito que tá ali h2 é a tua luizaga 2 aqui nós temos uma reação na qual quatro hidrogênio era hipoteticamente positivos aí após a reação esses hidrogênios continuaram positivos ok então o número de oxidação dos hidrogênios não mudou eles não foram nem oxidadas e nem reduzidos então vamos partir agora para o oxigênio do lado esquerdo nós temos aqui dois o 2 certo vamos colocar aqui 2 a 2 claro que isso dá após a essas m reação aqui a gente vai ter quatro oxigênio já que a gente tem o 2 é que 2 o que a gente pode até simplesmente escrever isso aqui como se fosse um 4o seja 4 oxigênio aqui do lado esquerdo a gente tem esse oxigênio tem um número de oxidação neutro ou seja o número de oxidação igual a zero posso colocar 0 aqui e aqui do lado direito após é essa reação a gente tem quatro oxigênios em que cada um desses oxigênio está com um número de oxidação igual a menos 2 ou seja dois negativo se você observar bem a gente tem quatro oxigênio saque em que cada um deles tem um número de oxidação igual a dois negativo então dá um total de oito negativo podemos mostrar esse grande elétrons escrevendo aqui do lado esquerdo mais oito elétrons ou seja o oxigênio ganhou elétrons e o que é ganhar elétrons como a gente já viu aqui quando se ganha elétrons ocorre a redução não podemos dizer que o oxigênio foi reduzido então podemos escrever isso aqui o oxigênio foi reduzido agora quem reduziu can-can oxidou quem você já que o carbono foi oxidado quem oxidou carbono o carbono perdeu elétrons para o oxigênio então o carbono foi oxidado pelo oxigênio a gente pode escrever que esse carbono foi oxidado pelo oxigênio e no caso aqui do oxigênio foi reduzido mas ele foi reduzido por quem como a gente viu se o carbono cedeu elétrons para oxigênio oxigênio foi reduzido pelo carbono que a gente pode escrever isso aqui o oxigênio foi reduzido pelo carbono esse tipo de reação quando temos tanto oxidação quando redução ocorrendo e são os dois lados de uma mesma moeda ou seja algo está sendo oxidado se outra coisa está sendo reduzida e vice versa chamamos esse tipo de reação de óxido redução então a gente pode até escrever essa informação aqui do sul aqui é uma reação de oxidação e redução em muitos casos também é chamado diretamente de óxi redução ou simplesmente redox a reação redox head de redução e otis de oxidação ou seja quando algo está sendo oxidado e algo está sendo reduzido claro que nem tudo é o cidadão ou reduzido e vemos isso claramente aqui com o hidrogênio certo quando a gente escreve essas semi reações a gente consegue perceber que o carbono e oxigênio está sofrendo essa reação de redox e o hidrogénio não hidrogênio não vai reduzir nem oxidar uma forma de ver também 6m reações estão corretas somando todo o lado esquerdo do ataque e depois todo o lado direito a gente somar todo esse lado esquerdo a gente vai ver que esses constituintes formam esse lado aqui dos reagentes dessa equação e se a gente for lá também e somar todo o lado direito a gente vai ver que esses constituintes aqui formam todo esse lado direito é que dessa equação uma forma de pensar nisso somato do mundo aqui desse lado e todo mundo desse lado aqui do lado esquerdo a gente vai ter mais esses oito elétrons certo e aqui do lado direito a gente também vai ter esses mais oito elétrons assim dessa forma esses oito elétrons se anulam com esses 8 elétrons aqui ea gente volta a equação original que a gente tinha inicialmente certo eu vou terminar esse exemplo por aqui e é legal você saber que essa ferramenta é muito útil na química pois ajuda a entender o que está acontecendo com uma reação