If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Transcrição de vídeo

oh alô alô moçada tudo bem com vocês nesse vídeo Vamos aprender um pouco mais a fundo sobre a destilação aprendendo a construir e interpretar As Curvas e destilação Digamos que estejamos tentando deste Lar cerca de 50 mililitros cinquenta por cento de acetato de metila e cinquenta por cento de acetato de propila saber o que são essas soluções não é muito importante para a gente neste momento mas o que eu quero te contar é que essas duas substâncias possuem pontos de ebulição diferentes e isso é muito relevante para a aula de hoje o ponto de ebulição do acetato de metila é de 56,9 graus celsius e o ponto de ebulição do acetato de propila é bem maior cerca de 101,5 graus celcius então você pode imaginar aqui por conta dessas características de cada substância podemos fazer uma destilação fracionada e que facilmente podemos separar essa soluções por conta dessas e no ponto de ebulição não é mesmo então o que você faz você tem a solução e começa a crescer lá agora você vai ter que esquentar ao ponto de ebulição que vai ser em algum lugar entre esses dois pontos de ebulição aqui provavelmente será algo em torno de 70 graus Celsius agora uma vez que a solução esteja fervendo muitos vapores se formaram esses vapores serão a combinação de acetato de metila e acetato de propila porque o acetato de metila tem um ponto de ebulição mais baixo do que o acetato de propila o número desproporcional de esses valores será de acetato de metila Então porque essa é uma destilação fracionada essa mistura de vapores terá vários ciclos de condensação e vaporização E à medida que aumentamos mais e mais a temperatura Toda vez que você condensar e depois re vaporizar esses vapores vão ter uma proporção maior de acetato de metila E aí você vê com por você aumenta gradualmente a temperatura aqui é a formação deste anel de condensação e você pode ver isso como o limite entre Onde está quente o suficiente para que vapor e suficientes se formem e onde não está quente o suficiente para que vapor e suficiente se formem e ele se condensam então quando essa temperatura está baixa bem no começo do processo com resultará em um grande volume de deste lado até que o ponto de condensação Fique Perto de onde está marcando aqui no termômetro e esses vapores podem começar a entrar neste tubo de condensação com o passar do tempo esse anel aqui sobe indicando que vapores estão subindo e se misturando e vários ciclos de condensação e vaporização ocorreram indicando que houve vários ciclos de destilação simples então no momento que o anel de vapor chega aqui vamos ser principalmente vapores de acetato de metila e a temperatura aqui o ponto de ebulição as cores aqui serão aproximadamente o ponto de ebulição do acetato de metila mas esse é o ponto no qual você vai começar a ver muitos aqueles vapores sendo capazes de entrar no anel de condensação e se condensar e estamos conversando então a produzir muito deste lado então em torno de 56,9 graus Celsius aproximadamente né começamos a produzir muito deste lado neste ponto deve-se aumentar lentamente a temperatura da mistura quando começamos a perder mais e mais vapores de acetato de metila o ponto de ebulição da solução aumentar a como dissemos essa solução original tem cerca de 50 mililitros assim que chegar em torno de vinte e poucos mililitros de acetato de metila deste lado não conseguiremos produzir muito mais do que esse volume nessa temperatura você vai ter que continuar aumentando essa temperatura gradualmente até atingir a temperatura do ponto de ebulição é de propila você pode não voltar a princípio mas aos poucos estamos produzindo acetato de propila ocasionando então uma mistura de vapores conforme a temperatura sobe ainda obtemos um pouco do restante do acetato de metila + produzimos também quantidades cada vez maiores de acetato de propila quando aquecido o suficiente precisamente no ponto de ebulição do acetato de propila circuitos em tem um graus Celsius começaremos a produzir muito mais este lagos e se você quiser separar esses dois este lados e que você pode fazer é observar o promotor e quando atingir o ponto de ebulição do acetato de metila podemos encaixar um frasco de vidro aqui antes de aumentar a temperatura e coletar todo esse condensado e acertada de propila bom as curvas de destilação se parecem com isso aqui que eu estou apresentando a vocês vamos a temperatura em graus celsius temos o volume produzido de destilada em ml aí observamos os pontos de ebulição e deduzimos de Qual deste lado se trata por exemplo quando o sistema estava aquecido aqui nessa temperatura produzimos muito deste lado logo esse deve ser o ponto de ebulição da substância um você pode identificar com maior precisão Se você souber o ponto de ebulição exato Então você identificar este platô como ponto de ebulição da substância número dois alguns de vocês podem estar pensando Ok a técnica é boa para destilação fracionada e para destilação simples como faríamos vem lembre-se na destilação simples você não tem múltiplos ciclos de condensação e vaporização o que é equivalente à vários ciclos de destilação simples assim quando estiver quente o suficiente para os vapores subir em aqui vai ser acetato de metila não tão burro vai estar mesclado com outra substância com razões desse proporcionais Então o que acontece é que você começa a obter deste lado mais significativo em 1 a mais alta gostou vó por hoje é só bons estudos e até a próxima