If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:8:56

Transcrição de vídeo

neste vídeo vamos continuar a falar sobre análise de circuitos de corrente alternada e o conceito de impedância impedância como a razão entre tensão e corrente vamos lembrar que estudamos a impedância dos nossos componentes para sinais senoidais ou continuidade ou seja sinais definidos como por exemplo cosseno de alguma coisa como ômega t +1 ângulo fase fim vamos nos lembrar também de que podemos usar a fórmula de óleo para decompor a continuidade em duas respondem sociais complexas que ficaria neste caso cosseno de ômega tem mais figo ao a 6 vezes ^ mais j única tem mais fi mais elevada - j ômega temais fi e quando usamos a fórmula de oliver nós gostamos muito de colocar estes termos em equações diferenciais e quando temos este ter um sinal de + ou este com o sinal de menos a matemática é exatamente a mesma exceto pelo sinal de menos então vamos colocar foco nas contas envolvendo este que tem o sinal de + no expoente e por isso fizemos um conceito de impedância sobre este sinal de entrada para a tensão ou corrente vamos aproveitar para relembrar que para um resistor a impedância é simplesmente a sua resistência z igual a r no caso do windows tôr a impedância do indutor z é igual à j única l sendo ela a importância desse indutor e para um capacitor de capacitância c a impedância é um sobre j únicas e temos então assim pedã seis dos nossos três elementos favoritos elementos passivos componentes passivos de circuitos a unidade de medida da importância é um resistor estamos falando simplesmente da lei de on e usamos a mesma unidade para indutores e capacitores já que estamos falando da razão entre v e mais adiante no vídeo eu quero olhar qualitativamente para assim pedã seis destes eventos especificamente o que acontece como temos uma faixa de valores para ômega que é a freqüência do sinal de entrada o que acontece para frequência 0 freqüência baixa freqüência alta e freqüência infinita então vamos lá trabalhar com isso vou fazer uma pequena tabela colocar aqui freqüência freqüência 0 baixa à alta e infinita lembrando que estamos fazendo uma análise qualitativa aqui estão valores uma faixa de valores para ômega vamos começar pelo resistor lembrando que a impedância do gestor é simplesmente r a sua resistência quando a freqüência é zero para o history estamos falando simplesmente de um circuito de corrente contínua o circuito descer a impedância do receptor vai ser a própria resistência mesmo quando tivermos uma freqüência baixa à alta ou muito alta ou seja infinita nós vamos ter em pedancino resistor como r observe que é impedir a ânsia do resistor não depende da freqüência ela não faria vamos para o indutor o indutor de induta ciência l a sua impedância é ser igual à j única é lhe lembre que ômega é a freqüência é pra ela também que estamos olhando sejamos um pouco mais específicos no caso do resistor isso não faz diferença mas aqui para o indutor faz vamos tomar apenas o módulo a magnitude da importância se a impedância do indutor rj uml então o seu módulo é simplesmente ômega ele é para ele que vamos olhar dessa forma se ômega que a freqüência for zero o módulo da intendência também é zero para o indutor se a freqüência for pequena podemos deduzir então que a impedância o módulo de impedância doutor também vai ser pequena vai ser baixa se a freqüência é alta então o módulo dizer para o indutor também vai ser um valor alto falando de uma freqüência infinita homem é infinito portanto módulo dizê o módulo da intendência para o indutor também vai ser infinito agora para o capacitor lembrando que o módulo dizer vai ser então um sobre ômegas e quando a freqüência é 0 teríamos 1 / 0 no módulo da intendência e isso tende ao infinito se a freqüência foi um valor baixo 1 / um valor muito baixo vai dar como resultado uma impedância alta por outro lado se a freqüência foi um valor alto 1 sobre um valor alto resulta numa impedância baixa seguindo o mesmo raciocínio se a freqüência tende ao infinito 11 sobre infinito tende a zero a impedância seria zero com esta tabela podemos olhar para algumas palavras alguns jargões típicos do trabalho envolvendo esses elementos em circuitos de corrente alternada do pessoal da engenharia elétrica veja aqui rr em qualquer frequência a intendência do resistor não depende da freqüência por outro lado aquino indutor de acordo com a freqüência a sua impedância é alterada então em freqüência 01 ou em freqüência baixa a impedância do indutor é o valor zero ou muito pequeno e isso significa que ele atua como um curto circuito de maneira análoga se a freqüência for alta e a impedância também vai ser muito alta para o indutor ele atua como um circuito aberto vamos analisar agora para o capacitor um capacitor com freqüência 0 tem uma impedância que tende ao infinito e isso significa o que isso significa que nessas condições ou seja com freqüência muito baixa o capacitor é um circuito aberto então para frequência zero ou freqüência baixa capacitor representa um circuito aberto porque a sua impedância muito alta por outro lado para freqüências altas a impedância do capacitor é bastante baixa ou se a freqüência tende ao infinito a impedância do capacitor tende a zero portanto nestas duas situações nós dizemos que ele se comporta como um curto circuito eu estou colocando isto aqui para você porque com freqüência engenheiros mais experientes falam com iniciantes dizendo por exemplo que o indutor atua como curto circuito em baixas frequências e eu queria mostrar pra você de onde vêm essas idéias de onde vêm esses termos e estas não são simples idéias você viu que dependerão de um trabalho sério para chegar a essas conclusões e criar então essas expressões mais familiares espero ter ajudado você enxergar isso dessa forma até o próximo vídeo