If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:23

Transcrição de vídeo

Digamos que você tem um vaso sanguíneo aqui, que é um vaso sanguíneo muito longo ao qual daremos uma resistência de oito. Ele tem três ramificações, ou seja, duas grandes e uma pequena no meio, que atravessa diretamente, e tem uma resistência de dez, e que a resistência média desses vasos muito grandes seja, digamos, metade disso. Cerca de cinco. E nesse lado todos eles se juntam novamente e entram em um vaso curto, cuja resistência é três. Minha pergunta é, qual é a resistência total do sangue que entra aqui e sai aqui? Assim, ele terá que atravessar esse pedaço de oito e, então tem três opções aqui aqui, aqui ou aqui. Mas, por fim todos se juntam novamente no pedaço de três, e saem pelo outro lado. Assim, qual é o valor da resistência total Rt? Qual a Rt? Esta é a questão. E o que vou fazer é dividir isso em duas partes: Um: vou calcular na parte um o valor da resistência desta parte aqui então, posso fazer isso usando a equação apresentada no último vídeo, na qual você pode pegar a Rt, que é a resistência total da caixa amarela, igual a um sobre cinco mais um sobre dez mais um sobre cinco e posso olhar para ela e dizer que o denominador comum será 10. Correto? Para todos os três e no numerador temos dois, um e dois. Assim, juntanto, tudo temos um sobre..., que é cinco sobre 10. E que é igual a 10 sobre cinco, que é igual a dois Assim, isso nos diz que a resistência nessa caixa amarela do meio é dois, e isso faz sentido com a nossa regra, pois quando os elementos são paralelos, a resistência total será menor que qualquer um dos componentes e, de fato, dois é menor que cinco, 10 e cinco, correto? Ela é menor que qualquer desses números individualmente. Agora chegamos na parte dois, temos três elementos em série. Basicamente temos algo parecido com isso: temos oito, temos dois e temos três. Assim, temos basicamente três elementos em série, e simplesmente somamos esses elementos e agora a Rt é igual a oito mais dois mais três. Então, a Rt é igual a 13. Se eu quisesse saber a minha Rt total, diria que ela é 13. Portanto, esta é a resposta para o problema. E, eu gostaria que vocês pensassem sobre a resistência total do corpo humano, que tem obviamente mais que apenas alguns vasos, ao contrário do que temos neste diagrama. Literalmente, milhares e milhares de vasos Legendado por [Maria Portas] Revisado por [Cainã Perri]