If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:12:44

Transcrição de vídeo

Falamos sobre a pressão no ventrículo esquerdo e aorta irei desenhar novamente e me aprofundar em alguns detalhes porque na última vez comentei alguns assuntos brevemente e vocês devem estar curiosos agora apresentarei alguns aspectos específicos da pressão no lado esquerdo do coração Sempre lembramos da pressão em mililitros de mercúrio Por isso quero deixar claro vou desenhar o traçado da pressão e o que acontece na aorta e ventrículo esquerdo Primeiro, o ventrículo esquerdo a pressão sobe lentamente e depois o ventrículo esquerdo irá se contrair com bastante força, por isso a pressão sobe abruptamente, e depois relaxa conforme relaxa a pressão cai o sangue desce para a câmara no átrio esquerdo por isso a pressão volta a subir novamente é uma forma simples de pensar sobre o ventrículo esquerdo e aqui tem a aorta desenharei a aorta mais devagar com o sangue que sai da aorta e vai para as diversas partes do corpo vou parar aqui e falar sobre o que acontece exatamente quando a pressão da aorta e do ventrículo esquerdo se cruzam vou desenhar como é no corpo Aqui é o átrio esquerdo daqui sai o ventrículo esquerdo que é enorme vou desenhar assim aqui está a aorta, que também é um grande vaso que sai do ventrículo esquerdo a aorta faz uma curva e desce mas antes faz umas ramificações, uma aqui vou desenhar três ramificações classicamente são três ramificações do arco chamamos de arco da aorta vou escrever aqui é a aorta (A), o átrio esquerdo (LA) e o ventrículo esquerdo (LV) O que está acontecendo? Vou começar por essa seta azul O que está acontecendo aqui? Sabemos que existe um par de válvulas A válvula mitral aqui vou escrever e aqui desenharei a válvula aórtica e aqui estão as duas válvulas a válvula mitral está fechada lembre-se que a válvula mitral já estava fechada há um certo tempo o tempo de passar entre esses dois pontos mas agora está fechada vou reforçar o desenho para indicar que está fechada nada de sangue consegue passar estamos no meio da contração a pressão são essas setas amarelas está surgindo muita pressão por causa da contração no ventrículo esquerdo Muita contração, muita pressão e a pergunta é: a válvula aórtica se abre? Se estou falando sobre as setas azuis, não, não abre. A pressão ainda é mesma que a da aorta e a válvula permanece fechada As duas válvulas ainda estão fechadas e a pressão aumentando no ventrículo esquerdo agora, conforme a pressão no ventrículo esquerdo vai subindo até o ponto que, repentinamente a pressão fica maior que a da aorta mostrarei no desenho uma pequena abertura A válvula se abre e o sangue segue esse caminho e alcança diversos lugares começando pela aorta e esses vasos existe um detalhe geralmente esquecido é a complascência da aorta vou escrever porque é importante para compreender o gráfico da pressão complascente E o que significa? É um tipo de elasticidade Se você pudesse esticar esses vasos perceberia que eles parecem balões De fato, os vasos são elásticos Por isso, enquanto houver sangue fluindo no seu interior, empurrando as paredes as paredes serão distendidas porque elas são como balões. as paredes não terão o mesmo aspecto de agora elas irão se distender e ficarão assim os vasos são distendidos isso é bem interessante porque agora parece um balão O que está fazendo esticar? É o sangue, certo? Não é ar que está inflando como num balão Literalmente, é o sangue pressionando e distendendo as paredes Temos o sangue aqui que está provocando a distensão enquanto as paredes são distendidas há aumento da pressão aórtica A pressão aórtica começa a subir e o traçado fica assim sobe até esse ponto que é a maior pressão num determinado tempo este é o ponto quando as paredes se distendem ao máximo Aqui é a distensão máxima das paredes bem aqui Então, percebemos que a pressão no ventrículo esquerdo começa a cair Conforme cai, a pressão aórtica também cai porque é um espaço contínuo E quando começa a cair, o que acontece? Eu pergunto: o que acontece nas paredes? Quando a pressão começa a cair novamente as paredes, que são elásticas, conforme a pressão diminui as paredes começam a se retrair imediatamente as paredes começam a se retrair Dois fatos estão acontecendo: essas novas setas amarelas aparecem na aorta e representam a retração e as setas amarelas no ventrículo esquerdo vão desaparecendo que é a contração Temos esses dois processos passivos: retração passiva que é a energia elástica É passiva porque é elástica e não é energia química No ventrículo ocorre a contração ativa só quero compará-las a contração ativa utiliza energia química quando o ventrículo se contrai um monte de ATP é queimado para se obter a contração Lembre-se do ATP sempre que eu falar de química e quando eu falar de retração passiva é passiva porque não é energia química mas sim energia elástica e ela estava estocada, lembra-se? A energia elástica estava estocada. E quando foi estocada? Quando o ventrículo esquerdo inicialmente injetou sangue para dentro da aorta. Você estocou energia e agora as paredes elásticas estão se retraindo É um processo natural e faz sentido aqui na descida da curva da pressão são as paredes se retraindo e depois a pressão aqui subirá um pouco porque tem um pouco de retração e a pressão aqui cai rapidamente porque agora o processo de contração não existe mais voltando ao ventrículo esquerdo as setas somem nesse ponto, você tem agora um leve aumento na pressão da aorta e uma leve diminuição na pressão no ventrículo esquerdo O que acontecerá? Haverá um ponto no qual a pressão da aorta ultrapassará um pouco a pressão do ventrículo esquerdo Novamente, o ponto onde a pressão da aorta é maior que a do ventrículo esquerdo Você de estar se perguntando: como assim? Eles não são contínuos? Sim, são contínuos Mas o processo que ocorre aqui é diferente desse outro Aqui, se tem menos pressão no ventrículo esquerdo porque a contração tinha parado e tem mais pressão na aorta porque tem mais retração nas paredes Conforme o gradiente de pressão se inverte agora que há mais pressão na aorta, o que acontece? há pouco sangue pressionando nesta direção porque as paredes estão se retraindo novamente No momento que há um pouco mais de pressão no lado aórtico a válvula aórtica se fecha com a válvula fechada ocorre algo muito interessante Na verdade é um momento crítico vou desenhar acontece em uma fração de segundos a válvula se fecha e o sangue queria entrar, mas literalmente fecharam a porta ocorre um tipo de retração o sangue queria prosseguir para o ventrículo esquerdo a válvula aórtica se fechou e empurrou o sangue de volta para o espaço aórtico conforme o sangue é retido, o que acontece? ele vai empurrar novamente como ocorreu na primeira vez, contra as paredes Essa pressão inverte as setas de fato você tem essa pressão indo por outro caminho por causa da retenção Sei que é uma quantidade pequena de sangue pode fazer mesmo tanta diferença? Sim, faz. Essa pequena quantidade de sangue que é retida pela válvula aórtica fica retida na aorta e de fato eleva a pressão na aorta. Vou escrever ocorre um "refluxo" eu que escolhi esse termo para o sangue que ficou retido pela válvula aórtica agora está explicado a origem da pressão é do sangue retido Como resultado, ocorre um leve pico de pressão na aorta Agora o sangue irá entrar novamente aqui e finalmente a válvula aórtica se fecha o sangue que pressionava as paredes vai saindo para diversas rotas, através dos vasos alcançando as diversas partes do corpo No final, o que acontece? Todo o sangue sairá e as paredes ficarão praticamente vazias Todo o sangue sairá e as paredes retornarão à forma original vou desenhar e todo o processo se inicia novamente As paredes voltarão como no primeiro desenho Isso se deve à elasticidade das paredes que voltam à posição natural Conforme isso acontece, o sangue percorre as diversas partes do corpo algo assim este ponto é o mesmo daquele é realmente um circuito completo o que temos aqui, parece um entalhe porque a pressão sobe, e depois desce parece um pequeno entalhe eu tinha desenhado mais reto porque seria mais fácil de representar mas é isso que acontece na realidade o entalhe é chamado de incisura dicrótica vou desenhar com a nova incisura dicrótica para diferenciar do desenho anterior que desenhei incorretamente O desenho mais preciso é assim vai para baixo e tem o entalhe aqui a diferença é por causa da complacência da aorta. Legenda: Patrícia Kawase Revisão: