If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:28

Transcrição de vídeo

RKA12 - Olá! tudo bem com você? Seja muito bem-vindo ou bem-vinda a mais uma aula de ciências da natureza. E, nesta aula, nós vamos conversar sobre a puberdade precoce. É importante a gente falar sobre este tema porque isto está na mente de muitos pais hoje em dia. Afinal, eles temem que o filho ou a filha esteja se desenvolvendo cedo demais. Inclusive, eles possuem muitas preocupações em relação a isto, e até mesmo ficam com a dúvida se não têm feito algo de errado. Afinal, se a criança se alimentar com a comida errada ou ficar exposta a certos tipos de vídeos já é possível que ela tenha uma puberdade precoce? Bem, a primeira coisa que a gente precisa conversar aqui é sobre o que significa puberdade precoce. Bem, se é precoce é porque está acontecendo cedo demais. Uma coisa interessante é que a gente sempre pensou que o processo normal da puberdade em uma menina começasse em torno dos dez anos de idade. E isto começa com um pouco do desenvolvimento dos seios. Cerca de seis meses depois, as garotas desenvolvem um pouco de pelos pubianos. E, por volta dos 12, 13 anos, elas têm o seu primeiro período menstrual. Já os meninos, a gente sempre pensou que o processo começa um pouco depois, em torno de 11,5 anos. Neste período, os testículos dos meninos aumentam. Os pelos pubianos se desenvolvem cerca de um ano depois. E, aos 15 anos, eles estão maduros. A gente sempre teve uma definição do que era precoce quando havia sinais de puberdade antes dos oito anos em uma menina ou antes dos nove em um menino. Bom, é bom deixar bem claro que oito ou menos em uma menina seria precoce (isto é para o desenvolvimento da mama). Bem, eu vou fazer uma pergunta para você aqui agora: então, quer dizer que, se a mama de uma menina se desenvolvesse antes dos oito anos, isto seria precoce? Bem, na verdade, não é apenas isto. É precoce para qualquer sinal de puberdade: os seios, os pelos pubianos, o período menstrual. Qualquer um destes sinais seria precoce se acontecesse antes dos oito anos de idade. Isto em uma menina. E em um garoto, antes dos nove. De acordo com pesquisas recentes, isto se tornou um pouco controverso, principalmente porque recentemente houve um estudo pediátrico muito grande que envolveu mais de 17 mil crianças. De acordo com este estudo, ao observar as meninas afro-americanas, cerca de 25% delas teriam algum sinal de puberdade antes dos oito anos, e o mesmo aconteceu com apenas 7% das meninas brancas. Mas, apesar deste estudo, ainda estamos utilizando estas diretrizes, ou seja, qualquer sinal de puberdade antes destas idades não é algo anormal, mas é algo que precisa ser avaliado. Então, mesmo que haja uma variabilidade muito grande (ou seja, cada caso é um caso), nós precisamos delimitar alguns valores para a gente conseguir compreender o que está dentro da normalidade ou não. Um detalhe muito interessante que eu falei aqui agora é a respeito da variabilidade. E muito desta variabilidade é determinada pela genética. E, quando falamos de genética, nós estamos falando de família. Então, parte do que precisamos saber é o tempo de desenvolvimento na família: quando a mãe teve o seu primeiro período menstrual, quando o pai teve a sua puberdade e crescimento... Então, tudo isto é parte da genética e precisamos levar isto em conta. Por exemplo, se a mãe teve o seu primeiro período aos dez anos de idade, é perfeitamente normal os seios da filha começarem a se desenvolver aos oito. Por outro lado, se o período da mãe começasse aos 14 e sua filha tivesse desenvolvimento mamário aos sete (mais ou menos por aí), aí sim seria algo preocupante. O segundo fator que parece estar contribuindo potencialmente é a supernutrição dos nossos jovens. E no estudo particular que eu mencionei para você, onde eles observaram mais de 17 mil crianças, pelo menos para a população branca, o que poderia explicar os primeiros sinais da puberdade está diretamente associado com o alto índice de massa corporal. Então, parece que, se você exagerasse na nutrição do seu filho, isto poderia acabar acelerando o seu crescimento e, eventualmente, o início da puberdade. Agora isto daí não se sustentou com uma associação na população afro-americana. Não observamos estes fatores neste caso, mas isto é algo que devemos levar em conta. A criança pode apresentar alguns sinais de puberdade precoce e, se a mãe ou o pai ficarem preocupados com isto, eles vão ter que ir ao pediatra. Aí, o pediatra é que tem que decidir o que está acontecendo. Agora que já levantamos alguns cenários aqui a pergunta é: isto é um problema? O que eu quero dizer para você é: qual é o problema com, digamos, uma menina de sete anos começando a puberdade? Ou um menino de oito anos começando a puberdade cedo demais? Eu imagino que poderia haver algumas implicações sociais, certo? Então, com o que nós deveríamos efetivamente nos preocupar aqui? Bem, esta é uma questão importante porque surge não só até onde vamos avaliá-los, mas também onde vamos tratá-los. E, sem dúvida, esta é uma das preocupações que os pais têm. Uma das preocupações que os pais possuem se refere à altura da criança. Então, se eles começarem a crescer cedo demais ou parar de crescer cedo demais, isto vai acabar gerando uma preocupação, certo? Então, a altura é uma preocupação e o seu impacto vai depender do quão jovem é a criança. Uma criança de três anos entrando na puberdade terá sua altura afetada se não fizermos alguma coisa. Agora, uma menina de sete anos e meio provavelmente não terá sua altura afetada. A segunda preocupação está diretamente relacionada com o fator social. Os pais temem que os seus filhos se comportem de uma maneira, ou ainda sejam tratados de uma forma que eles não estão completamente prontos para serem tratados. Eles acabam chamando a atenção injustificada das pessoas porque eles parecem mais velhos. E há até uma preocupação potencial com o abuso, o abuso sexual. Então, são estas as preocupações parentais habituais que eles têm com as crianças. A outra preocupação que eles têm é muitas vezes achar que estão fazendo algo de errado. Há muitas perguntas sobre isto inclusive: eu deveria ter alimentado o meu filho com alimentos orgânicos? E o sabão que eu estou usando? E as novelas a que o meu filho está assistindo? Os pais estão realmente preocupados com algo que poderiam ter feito e se preocupam com diversas outras coisas que estão ao nosso redor e que poderiam colaborar para a puberdade precoce. Enfim, são muitas e muitas preocupações que os pais têm sobre o que eles poderiam ter feito de diferente. Mas podemos fazer algumas perguntas em relação a isto também. E, para isto, é preciso fazer uma avaliação de uma forma um pouco sistemática. A primeira pergunta que podemos fazer é: "quando tudo isto começou?" e "o que eles notaram?". Isto é realmente importante para identificar os sinais da puberdade porque diferentes hormônios contribuem para os diferentes sinais. Por exemplo, uma garota pode apresentar algum odor corporal, alguma acne, e alguns pelos púbicos, mas sem sinais do desenvolvimento mamário. Isto faz com que a gente se preocupe com o que chamamos de andrógenos, os seus hormônios masculinos. Agora, se uma menina entra na puberdade com apenas o desenvolvimento dos seios, mas nenhum dos pelos do corpo ou odor corporal, pensamos: "ah, isto está relacionado diretamente com o estrogênio". Para chegar a estas conclusões, a gente precisa realizar alguns exames e algumas investigações em termos de pensar em quais hormônios ir atrás. Ok, então, mesmo que as definições de precoce sejam apenas um destes desenvolvimentos físicos diferentes acontecendo cedo demais, a combinação que você vê vai direcionar o que está acontecendo com eles clinicamente. Isto vai nos deixar mais ou menos preocupados, e nos levará a um direcionamento ou outro, pensando no que poderia estar errado, qual o nível de anormalidade e em qual sistema hormonal está acontecendo. Bem, aqui, nós podemos fazer uma nova pergunta: quais são os diagnósticos mais comuns? Principalmente para que as pessoas que estão preocupadas com a puberdade precoce dos seus filhos saibam quais são. O diagnóstico comum é: variações são normais. Existe uma condição chamada adrenarca prematura isolada, que é um termo médico para dizer que as glândulas suprarrenais estão produzindo hormônios mais cedo do que deveriam. E, com isto, vemos pelos pubianos, pelos nas axilas e acne. Nós também podemos ver isoladamente o desenvolvimento dos seios em meninas pequenas, mas isto não é preocupante. E isto para algum momento? Sim, normalmente isto começa entre seis meses e dois anos. E aí, logo depois, isto para de acontecer. Mas mesmo nos casos mais complexos, onde estamos vendo os seios e os pelos pubianos em uma menina, ou o desenvolvimento dos testículos e os pelos pubianos em um menino, pode ser algo idiopático (ou seja, não é patológico). De uma forma geral, nós podemos dizer que 95% das vezes que uma menina tem o desenvolvimento precoce, nós vamos ter algo idiopático, ou seja, não patológico. Enquanto que nos meninos isto se reduz para 50% das vezes, ou seja, em 50% das vezes existe uma patologia. Então, a condição é menos comum em meninos; mas, quando isto ocorre nos meninos, é mais preocupante. E isto é algo interessante. Portanto, é menos comum que os meninos tenham sinais de puberdade precoce, mas, quando isto acontece, é preciso uma preocupação maior. Supondo que um endocrinologista tenha descartado as coisas normais, aí é hora de começar a pensar um pouco mais sobre o tipo de coisa que está acontecendo em termos de todos os hormônios diferentes que estão controlando o menino. Mas isto é algo que a gente pode conversar em um outro encontro. Afinal, o objetivo deste vídeo foi apresentar um panorama geral sobre os sinais que os pais podem perceber para saber se o seu filho ou se a sua filha está tendo uma puberdade precoce. Então, lembre-se: se os sinais de puberdade aparecerem antes dos oito anos em uma menina, ou antes dos nove em um menino, eles devem procurar o pediatra para que ele faça um exame completo. Outro fator que precisa ser analisado com cuidado é o crescimento, porque uma criança que está realmente na puberdade terá um surto de crescimento. Então, estas são as coisas que os pais podem ficar cientes, mas não há dúvida: é muito importante que o pai sempre pergunte ao pediatra sobre isto. Então é isso aí, meu amigo ou minha amiga! Eu espero que você tenha compreendido tudo o que a gente conversou aqui neste encontro. E, mais uma vez, eu quero deixar aí para você um grande abraço e até a próxima!