If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:9:03

Transcrição de vídeo

RKA12C Nós estamos falando sobre por que a biodiversidade é importante, especificamente para nós humanos na forma dos serviços de ecossistema. Dado que perderemos cerca de 20% da riqueza de espécies atual até a metade deste século é crucial perguntar: por que isso deve importar para qualquer um de nós? Nós devemos nos preocupar com essa perda? E por que muitos de nós já se preocupam demais com isso? Há três maneiras principais pelas quais a biodiversidade é crucial para os humanos. A primeira é por meio de serviços diretos, a segunda é por meio de serviços indiretos e a terceira é o efeito estético ou ético. Nós temos muitas coisas vindas diretamente da biodiversidade neste planeta: comida, roupa, moradia, transporte, muitos remédios e suprimentos médicos e até mesmo energia. Em alguns casos, essas coisas são derivadas diretamente de vários ecossistemas. As comidas chegam até nós sem dizer que a maioria delas são originadas de diversos ecossistemas. Existe, por exemplo, um tipo selvagem de tomates crescendo no Peru. Esses tomates peruanos são espécies diferentes do tipo de tomate com que nós estamos acostumados e mantêm alguma diversidade genética entre eles. Quando criados com alguns dos tomates que estavam sendo usados como nosso próprio alimento, o rendimento de tomates híbridos pode subir quase 50%. E nós não vamos ter essa produtividade se nós deixarmos que o tipo selvagem de tomate peruano seja extinto. Se não tivéssemos isso como parte da biodiversidade nos dias de hoje, não haveria maneira de termos acesso a essa diversidade genética. Outro serviço direto fornecido pela biodiversidade são os abrigos. Originalmente, nós construímos casas de todos os tipos de materiais biológicos e, mesmo hoje, nós continuamos construindo casas de árvores. Em relação aos remédios, a maioria daqueles remédios utilizados por nós humanos são desenvolvidos diretamente de estudos sobre como os organismos vivem em seus ambientes, como eles interagem e a química que eles utilizam durante essas interações. A vinca é um exemplo muito famoso de uma planta que cresce em alguns ambientes muito isolados em Madagascar. E sabe-se que essa planta produz alguns compostos químicos interessantes, que são agora utilizados no tratamento da leucemia infantil. E, de novo, nós não teríamos esses medicamentos se a vinca de Madagascar estivesse extinta. Uma das coisas que eu acho mais interessantes dentro daquilo que as pessoas esquecem quando pensam sobre o valor da biodiversidade cai dentro da categoria de serviços indiretos, que são entregues a nós por ecossistemas saudáveis. Se você pensar nos manguezais, esses locais fantásticos ao longo das margens costeiras de alguns países tropicais, onde tipos específicos de árvores chamadas mangue crescem... Os mangues podem crescer em água salgada e eles formam uma floresta semimarinha no limite entre o continente e o oceano. Há muitas espécies de manguezais e são todas plantas realmente resistentes, que proporcionam grandes serviços para nós e para o ambiente. Elas protegem o litoral da ação das ondas e da erosão e são viveiros para diferentes tipos de organismos, alguns dos quais são importantes tipos de comidas para nós. Infelizmente, em certas partes do mundo, as pessoas estão destruindo os manguezais para pescar camarões. Eles removem os mangues e criam fazendas de camarão com a ideia de que estão adicionando um valor econômico àquela parte do litoral por colocar lá fazendas de camarão que vão produzir produtos comercialmente viáveis. Mas, se você olhar para um gráfico com o valor dessas coisas, o valor dos produtores de camarão é realmente apenas 1/3, ou até mesmo 1/4, do valor do mangue original e não perturbado, por conta da proteção que os mangues proporcionam contra tempestades e erosão e as fontes de alimentos que eles produzem, como os peixes. Você pode realmente anexar um valor em dólar para essas coisas. Essa é a única maneira de as pessoas realmente entenderem o valor dos ecossistemas para a humanidade. O valor econômico da biodiversidade intacta também tem sido determinado por ecossistemas longe dos manguezais e mais perto de nossos lares. Alguns anos atrás, uma grande cidade na Costa Leste, Nova Iorque, teve um problema com a qualidade de sua fonte de água. Existem rios que alimentam a área da cidade de Nova Iorque, e suas fontes de água se tornaram comprometidas pela poluição e degradação ambiental a ponto de a biodiversidade se perder em algumas dessas áreas. Então, as autoridades da cidade tiveram uma questão a resolver: como lidar de maneira econômica com este problema do declínio da qualidade das águas? Verificou-se que construir usinas de tratamento para lidar com a limpeza das águas custaria algo em torno de 6 bilhões de dólares apenas para construir a estação de tratamento e outros 300 milhões por ano para manter essas estações e se certificar de que elas estariam fazendo as coisas que deveriam: removendo os produtos químicos prejudiciais que foram introduzidos por meio da degradação ambiental à montante. Então, eles olharam para o quanto custaria limpar e restaurar os ambientes e para se certificar de que os ecossistemas e a biodiversidade nesses ecossistemas fossem mantidos a ponto de eles fazerem o que fariam naturalmente, removendo produtos químicos da água basicamente filtrando-os por meio do habitat dos pântanos. Os pântanos são grandes locais para reciclagem de produtos químicos perigosos e para remoção de resíduos químicos da água, limpando e clareando a água. O custo dessa restauração seria em torno de 1 bilhão de dólares ao longo de 10 anos. Muito mais econômico! E, então, a resposta foi bem clara: eles decidiram gastar esse 1 bilhão de dólares em 10 anos, não apenas para melhorar a qualidade da água de uma maneira mais econômica, mas também para fazer algo a mais, o que aborda, então, o terceiro e último aspecto do valor da biodiversidade: os serviços éticos e estéticos ou o valor fornecido pela biodiversidade. Esses serviços podem, de fato, de várias maneiras, serem os mais importantes. Com certeza, nós podemos agregar valor em dólares para os custos diretos e indiretos do declínio da biodiversidade em serviços ambientais e serviços do ecossistema em declínio, mas os valores éticos e estéticos são aspectos muito difíceis de se colocar um preço. Você pode dizer: ok, custa muito para ir visitar um parque ou você pode aproveitar muito a vista se você colocar um telescópio no seu quarto e mergulhar nesse ambiente, mas não é exatamente sobre isso que nós estamos falando. O valor aqui vem do que nós deixaremos para o futuro. A remoção da biodiversidade e a extinção de espécies são coisas que nós não podemos separar. A biodiversidade perdida é algo que nós não podemos trazer de volta. Então, nossas crianças herdariam um mundo esgotado. A qualidade ética e estética dos ambientes que estão indo para experiências futuras estão diminuindo. Mas como nós podemos colocar um valor em dólares nisso? Nós somos os guardiões do meio ambiente, mas nós somos também a maior influência na qualidade do ambiente, e, certamente, na função dos ecossistemas, por meio de nossas atividades que resultam em poluição, sobrepesca, destruição de habitat e perda de certas espécies do ambiente. Ninguém quer um mundo cheio de nada além de trigo, milho, dente-de-leão, algumas vacas e nós. Este seria um ecossistema muito simples, que estaria repleto de dificuldades futuras e instabilidade. E nós estaríamos fazendo parte disso. Está claro que ecossistemas biodiversos são ótimos lugares para se viver e visitar. Há muito mais para ver, e eles fazem nos sentirmos felizes, tranquilos, apreciativos, cheios de tudo... Lembrando que é um planeta único e notável e que, afinal de contas, tudo isso é nosso! Acho que há algum tipo mais profundo de psicologia social trabalhando aqui, e cabe a nós prestar atenção não apenas na medida econômica dos serviços e benefícios diretos e indiretos proporcionados por ecossistemas saudáveis e ricos em diversidade, mas também no valor ético e estético daqueles ambientes surpreendentes que são a herança que deixaremos para gerações futuras.
O conteúdo de Biologia foi criado com o apoio da Fundação Amgen