If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:59

Transcrição de vídeo

olá meu amigo minha amiga vamos ver como preparar sulfetos a partir de jóis nós temos aqui um tchau vamos anotar um tio om recite ol vai reagir na primeira etapa com hidróxido de sódio e se drogas do de sódio vai dispor o tornar esse tio uol e no segundo mecanismo ele vai reagir com o alê tude alquila produzindo o sulfeto como o nosso produto então vamos anotar aqui sul feito como nosso produto esta reação é análoga assim se de éter por williamson que vimos em vídeos anteriores daquele vídeo começamos com álcool vamos desenhar aqui um álcool nós temos um r ligado com ó o óculos seus dois pares de elétrons disponíveis ligados no hagah reagindo e com uma base forte com um alento de alquila e produzindo aí ué tentam vai ser produzido aqui r ligado no ó o o com seus dois pares de elétrons disponíveis ligados à hino r linha o show é um análogo sulfúrico de um álco e o sulfeto o análogo sulfúrico do éter então vamos ver o mecanismo para produzir sulfetos então tem um kit on carbono fazendo suas quatro ligações ligados no enxofre o enxofre família 6 a 2 pares disponíveis ligados no hidrogênio entre o enxofre e o carbono a diferença de eletronegatividade não é tão grande entre o carbono e oxigênio então gera aqui um pólo negativo e o pólo positiva que suficiente para ocorrer um ataque nuclear filo nele mas os fiéis podem funcionar como nuclear flu porque esses pares de elétrons do enxofre que são disponíveis eles estão mais longe do o núcleo do que os pares de elétrons do oxigênio porque o enxofre é um átomo maior então esses elétrons são polarizados portanto choice são excelentes nuclear finos voltando para o nosso mecanismo vamos adicionar o nh então nós vamos ter aqui o oxigênio ligado no h o oxigênio com os seus três pares de elétrons disponíveis e sua carga negativa então tá aqui o longa - que vai funcionar como a base e se perde lex vai vir vai atacar esse h mais para diz pro tornar consequentemente esse parte elétrons vai vir para o enxofre então o que nós vamos ter produzido aqui nós temos o carbono fazendo suas quatro ligações ligados no hesse oeste agora com 23 pares e sua carga negativa esse composto chama ânion john hunt o lato tio lato os anos os chocolates são muito estáveis a carga negativa no enxofre como ele é grande pode ser distribuída sobre uma grande área e isso faz-nos choice mais ácidos que álcool mais o álcool e não têm o mesmo tipo de estabilização porque são menores então tireóide são astutos e é por isso que podemos usar o hidróxido de sódio aqui para dispor o tornar o tio para formar o ano um tiro o lado na segunda etapa nós adicionamos o nosso alento de alquila então nós temos aqui o carbono fazendo suas quatro ligações ligados a um elemento da família 7a como elemento da família 7 é mais elétron negativo que vai acontecer ele vai puxar o pai de elétrons para ele vai gerar uma densidade negativa por outro lado carbono vai ficar com uma densidade positiva então tireóides são bons no cleófilo smas oe onde o lato são nuclear filos melhores então o que vai acontecer se parte leste do enxofre vai vir e atacar o carbono por outro lado essa ligação entre o carbono e o elemento 7 ao halogênio vai e se parte elétrons para o halogênio então o yo la tengo funcionou como núcleo off you e oh carbono como o eletrógeno então o que vai ser produzido nesse mecanismo aí sm2 nós vamos ter aí o carbono fazendo suas quatro ligações ligado enxofre com os seus dois pares de elétrons sobrando e acabou ligando aí no outro carbono produzindo aqui então o nosso sulfeto vamos ver agora um exemplo de preparação de sulfetos não vou desenhar aqui com um tio em questão então nós temos aqui seis átomos de carbono dupla alternando com simples ligação ligado aqui nós temos o enxofre família 6a com seus dois pares de elétrons disponíveis ligado sair o hidrogênio precisamos sair de uma base forte nós vamos usar aí a primeira etapa hidróxido de sódio então nós temos aí o enem a mais e o h - lembrando que oxigênio tem aí três pares de elétrons disponíveis e na segunda etapa nós vamos usar aí um alento de alquila nós vamos usar o prometo de etila lembrando que o bruno ia da família 7a tem três pares de elétrons disponível então o que vai acontecer no parque de elétrons do oxigênio vai vir e atacar este h mais vai diz protocolar esse hidrogênio por outro lado esse par de elétrons de hidrogênio enxofre vai para o enxofre então o que nós vamos ter produzido aí nessa primeira etapa vamos ter aí o anormal matiko com os seus seis átomos de carbono a dupla alternando com simples ligação aqui o enxofre agora com 12 três pares de elétrons e sua carga negativa formando e o ano um tio lato o que vai acontecer o ano tite o lateral núcleo falo muito intenso o bromo aqui ele é extremamente elétron negativo que ele vai fazer ele vai puxar o pai de elétrons pra ele gerando uma densidade de carga negativa por outro lado esse carbono vai ficar com uma densidade de carga positiva é um eletrólito lu então o ano tinha o lado esse par de elétrons do enxofre vai vir e atacar este carbono então nós temos um núcleo off ou atacando um eletrólito por outro lado esse parte elétrica a ligação vai vir para o bromo então nós vamos ter aqui produzido então nós temos o neuromarketing rico com dois três quatro cinco seis átomos de carbono dupla alternando com simples ligação enxofre ligado aqui agora com dois pares de elétrons disponível o que entrou agora que entrou o radical metil produzindo aí o nosso sulfeto em questão pelo mecanismo tipo sm2 agora vamos nomear e surf tu é semelhante a nomear o éter então nós temos aqui duas partes carbônicas nós temos aqui um e tio e do outro lado o fenil nós vamos colocar em ordem alfabética então vem primeiro aí o e do tio vamos colocar e tio depois vêm fenil fenil aí nós colocamos no final sulfeto tão sulfeto sulfeto então tá aí o nome sulfeto tio fenil sufita nomenclatura muito similar à nomenclatura de éter