If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:19

Transcrição de vídeo

RKA2G Agora nós vamos construir um motor similar ao que é usado nos secadores de cabelo. Claro, será um pouco mais simples, mas tendo os mesmos princípios envolvidos. Para isso, precisamos de um bloco de madeira. Nós iremos traçar linhas que saem dos vértices para encontrar o centro do bloco de madeira e esse será nosso ponto de referência. Também vamos precisar de fios de cobre. Este fio é magnético e é do mesmo tipo que está sendo usado no motor. Nós vamos usá-lo para criar uma bobina. Vamos usar também alguns ímãs. Precisamos encontrar uma maneira de encaixar todas essas coisas. Também precisamos determinar como nós iremos colocar os ímãs virados para cima e temos que ter certeza de que os ímãs estejam orientados de modo que seus pólos estejam com lados opostos. Também precisamos de duas anilhas, que nós vamos usar como rolamentos. E eu acho que vou fazer a bobina de acordo com a largura desta tampa. Temos que tomar cuidado para não colocar os ímãs muito próximos, também. Agora nós precisamos posicionar todas as partes que irão compor o motor e encontrar uma forma de colocar tudo isso da forma certa. Esta tampa irá nos ajudar a posicionar a bobina ao redor das anilhas que irão servir de suporte para a bobina. Precisamos colocar tudo muito próximo da tampa. Agora, vamos fazer marcações para posicionar tudo corretamente. É muito importante que as partes do motor fiquem alinhadas da melhor forma, caso contrário, a bobina não poderá girar suavemente. Então, nós temos que determinar a medida exata do ponto central e fazer as outras marcações com cerca de 2,5 cm de distância desse ponto. Agora que nós temos todas as marcações, vamos fazer um furo com uma profundidade aproximadamente igual a 1 cm. Vamos fazer um furo do lado oposto, no ponto marcado anteriormente. Nas outras duas marcações, nós iremos usar esta broca um pouco menor para furar. Este é o lado em que ficará a bobina. Estes são os parafusos da bobina e, por acaso, nós temos alguns parafusos reciclados. Estes são parafusos que reciclamos de uma cama. Você pode usar qualquer tipo de parafuso ou de prego. O importante mesmo é que eles estejam alinhados corretamente. Se eles não estiverem no mesmo nível, a eficiência do motor será prejudicada. Então, vamos checar o nível dos parafusos. Tudo está alinhado corretamente. Agora, com um pouco de cola quente, iremos fixar os ímãs, lembrando de colocá-los orientados de modo que um atraia o outro, ou seja, com polaridades opostas. Vamos colocar um pouco de cola quente em cima do parafuso e encaixar os ímãs. Nós estamos usando cola quente porque é a maneira mais fácil que temos para mudarmos a posição das partes, caso fiquem no lugar errado. Agora iremos encaixar as anilhas. Novamente, colocamos um pouco de cola quente sobre o parafuso e posicionamos as anilhas na vertical. A cola quente permite que façamos esses ajustes. Agora, vamos pegar a tampinha de garrafa que usamos mais cedo e enrolar o fio de cobre ao redor dela. Vamos dar sete voltas completas. Enrole de forma que sobre um comprimento com cerca de 7 cm de cada lado. Esse fio excedente será usado para enrolar e amarrar o cobre. Faça isso de modo que fique tudo junto. Vamos fazer uma volta assim e fazer o mesmo do outro lado. Vamos dar uma volta com o fio. Isso irá manter tudo junto e também servirá para encaixar as anilhas. Agora nós iremos colocar uma fita isolante nas bordas dos fios para mantê-los unidos. Aqui nós estamos usando uma fita isolante, daquelas usadas em circuitos elétricos, mas você pode usar qualquer tipo de fita. Outra coisa: esse tipo de fio tem um revestimento fino de resina sobre ele. Inclusive, ele costuma ser chamado de "fio esmaltado". Então, nós precisamos raspá-lo para permitir que a energia flua através dele e para que ele possa se comportar como um eletroímã. Observe que eu estou girando a bobina. Isso é importante pois, se você raspar somente de um lado do fio, pode não ser suficiente para que ele funcione. Então, é importante termos a certeza de limpar completamente o fio da resina que o recobre. Você pode sentir a diferença entre o fio cuja resina foi completamente removida do fio que ainda não foi, pois ele é um pouco mais áspero quando ela ainda está lá. Como acabamos de perceber, o ímã estava muito próximo e nós fomos capazes de retirá-lo, pois usamos cola quente. Foi isso que a gente fez: a gente retirou e reposicionou o ímã. Ok, agora estamos apenas fazendo alguns ajustes finais no motor. O que vai acontecer aqui é que o fluxo de energia da bateria vai passar através das anilhas para a bobina, criando um campo eletromagnético induzido em um dos seus lados. Isso, por sua vez, irá empurrar a bobina contra o pólo norte magnético do outro lado, ao mesmo tempo em que empurrará contra o polo sul magnético. Isso fará com que a bobina gire e, então, a energia seguirá fluindo da bobina de volta para as baterias, fazendo com que a bobina gire completamente. E, então, esse processo se repete. O que está acontecendo é que a bobina funciona como um eletroímã, a empurrando novamente contra os ímãs e, então, ela gira novamente e novamente. Esta bobina está girando apenas uma vez, mas o motor do secador de cabelo tem cinco giros. Agora, nós iremos ver se conseguimos usar este motor para fazer algo legal. Então, estamos colocando as anilhas aqui e vamos usá-las para marcar alguns círculos no papel. Eu vou usar esta tesoura para cortar os círculos para fazer um pequeno ventilador deste papel. O motor que construímos não é um supermotor, então, nós temos que torná-lo bastante leve. Isso fará com que ele se mova e demonstre o princípio. Nós temos que torcer cada um dos leques do ventilador, modelando como se fossem suas hélices, para que ele se pareça ainda mais com um ventilador real. Vamos encaixá-lo na bobina. Coloque um pouco de cola quente para fixá-lo no lugar. Vamos dar um impulso aqui e ver se conseguimos fazer o motor rodar e fazer algo por nós. Olha, está funcionando! Há muitas coisas interessantes que você pode tentar realizar, como, por exemplo, o que acontece quando você afasta um dos ímãs, se você tem dois ímãs do mesmo lado, quando você retira um deles, o que acontece quando você coloca os dois ímãs virados com o mesmo pólo magnético... Você também pode ver o que acontece se você raspar todo o fio de cobre, ou então não raspar nada e ver o que acontece também. E você também pode ver o que acontece se colocar várias bobinas e como isso modifica o funcionamento do motor. Enfim, espero que você se divirta.