If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:24

Transcrição de vídeo

antes de falarmos mais da lei de israel que é basicamente formada por alguns problemas de matemática o que eu quero fazer é obter uma compreensão intuitiva sobre o porquê de este canudo permanecer dobrado nesta figura aqui para conseguir isso vou desenhar uma versão simplificada dessa figura então vamos só desenhar e este o copo bem aqui vamos desenhar o perfil lateral do copo então esse é o perfil lateral desse copo bem aqui bom isto é o melhor que conseguiu desenhar então vou desenhar o canudo tão o primeiro vou desenhar o canudo onde ele realmente está então ele sai da lateral do copo e o canudo na verdade não está dobrando ele vai até o fundo do copo exatamente assim aí sob desse jeito então fica só um pouquinho acima dele daí o canudo e efetivamente se dobra aqui em cima bem aqui então ele realmente dobra mas isso é irrelevante para o que nós queremos descobrir o que eu quero fazer nesse vídeo é falar porque quando olhamos aqui porque parece que o canudo está dobrado e tudo isso surge da refração da luz já que a luz do canudo aqui embaixo muda conforme passa de um meio para o outro e nós sabíamos por conta dos índices de refração ou apenas no geral que a luz se propaga mais devagar na água do que no ar portanto mais lentamente na água e mais rápido no ar então vamos pensar sobre o que vai acontecer vamos pensar no que realmente vai acontecer vou desenhar dois pontos de desenhar dois raios que estão surgindo desse ponto no canudo bem aqui portanto se eu desenhar um raio um raio bem aqui eu vou escolher uma direção arbitrária então se eu escolher um raio como esse quando passa de um meio mais devagar para o meio mais rápido o que vai acontecer com ele então esse pequeno ângulo aqui o lado esquerdo do raio vai chegar no ar antes do lado direito eu só estou utilizando isso como como um modo de estou usando o exemplo do carro para de certa forma pensar sobre como a luz vai dobrar então se você visualizar ou na forma de um carro só para ter uma metáfora do que está acontecendo aqui a lateral esquerda vai sair antes da lateral direita e vai começar a se mover mais rapidamente então isso vai virar para a direita e agora vou desenhar outro raio então vou fazer outro raio está vindo do mesmo ponto eu quero que ele percorra a extensão do canudo então um outro raio exatamente assim ele vai virar para a direita também vai virar o direito agora se o olho de alguém se o olho de uma pessoa está bem ali então isso o olho de alguém aqueles são os seus cílios aquele o nariz da pessoa e todo o resto se vocês estiverem olhando para baixo de onde parece que os raios de luz digamos que os olhos da pessoa são grandes o bastante para captar ambos os raios de onde parece que esses dois raios estão surgindo então se vocês forem identificar ambos os raios lá no começo vocês presumem que existe uma linha que isso é o que os nossos olhos e cérebros fazem se você considerar que qualquer direção que esse raio está realmente seguindo seja direção da qual ele veio e se você considerar o mesmo para esse raio rosa e esse raio rosa exatamente aqui iria aparecer aquilo que o observador que nesse ponto do canudo está na verdade bem ali e se você continuar a fazer o mesmo para um monte de pontos no canudo perceberia que esse ponto no canudo na verdade está bem aqui podemos fazer isso para esse ponto no canudo e ia parecer que esse ponto num canudo está bem aqui então para esse observador o canudo pareceria com isso parecia com um parecia com 11 algo assim parecia dobrado esta parte a mesmo que a luz daqui esteja indo para cima então para cima então para fora porque é dobrado ao convergir de volta ela iria convergir para cá igual ao que vimos nesse primeiro ponto à luz desse ponto quando vai para fora é dobrada se você fosse para fora então extrapolasse à luz a partir de suas novas direções você chega naquele ponto então para esse observador esse ponto do canudo vai parecer estar bem aqui mesmo que a luz tenha sido emitida bem aqui e é por isso que o canudo de fato parece dobrado realmente parece dobrado portanto é tudo por causa da refração que vai de um meio mais lento para o meio mais rápido então espero que vocês tenham achado essa questão até interessante e no próximo vídeo vamos tratar um pouco mais da lei de israel apenas para ficarmos mais confortáveis com a matemática