If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:14:21

Transcrição de vídeo

sabe vem das duplas são incríveis em algum momento do curso de física geralmente estudante passa por uma experiência de fendas duplas em que a gente passa um laser monocromático por aqui e ele atravessa esses dois buracos e acaba criando esse padrão de luz uma parede no anteparo que está a uma distância mais ou menos fica a gente conhece o interessante é que esse experimento mostra justamente que a luz que é uma partícula pode se comportar também e ter propriedades de uma onda então isso é uma das maneiras de provar dualidade entre um de partícula isso e isso é um experimento de física moderna mas embora seja um experimento de física moderna ele é bem simples de entender a verdade não é tão simples de entender mas o amigo o mecanismo por trás dele não é tão difícil então eu morresse ficou claro esse padrão que eu desenhei aqui mas mas basicamente vocês verão uma intensidade de luz que seria mais ou menos essa curva que não seria alto aqui teria 111 uma parte preta se usa aqui depois novo escuridão aqui e assim e assim e até essa luz as identidades de luz acabar é a mesma coisa por outro lado tem uma unidade onde há aqui muita intensidade de um pouco melhor aqui o menor aqui até morrer então mais ou menos essa intensidade de luz que a gente deveria e existem pontos existem regiões pretas que são essas regiões aqui tio desenhar melhor então existem essas regiões pretas aqui que são as regiões onde acontecem interferência destrutiva existem essas regiões claras com bastante luminosidade que são as regiões onde a luz sofre interferência construtiva mas vocês já devem ter percebido que se eu quiser que eu quiser usar aquela minha fórmula que a gente tem que a gente já teve um dos vídeos passados que b e c no de teta igual a delta x em que delta x é a diferença entre fazer diferença de comprimento de onda entre umas consecutivas a gente vai ter um problema para calcular a distância aqui porque embora tenha esse ponto não consigo dizer onde ele começa a ir embora tenha essa região aqui d região de sombra região de luz eu não consigo dizer onde ela começa e termina por calcular com exatidão por exemplo essa distância de então isso é um problema existe um meio de contornar esse problema ea resposta é existe eo meio vocês podem até achar eu vou pagar essa forma depois a gente vai usar ela vou apagar também toda essa parte de luzes que eu venho aqui então existe uma forma que vocês podem achar até meio estranha mas a fórmula é simples que é fazer mais buracos a uma mesma distância de então vou fazer mais buracos aqui e ao invés de ter uma fenda dupla e como ter uma fenda múltipla com vários buracos todos eles a uma distância de um do outro um tiozinho que a distância para apresentar uma distância de tóquio também tem uma distância de e aqui também tem uma distância de e assim vai quanto mais buracos estiver melhor então então vamos supor que agora eu solte o laser monocromática nesse lado no anteparo o que eu vou ver são pontos de escuridão pontos e escuridão um ponto e escuridão um ponto escuridão e esse mecanismo é esses pontos vão se estendendo campo mais longe quanto mais buracos eu tiver e o que é legal é que agora como um ponto de luz e não mais uma região de luz eu consigo facilmente calcular essa distância aqui para utilizar nas formas meus cálculos e fazer experiências seguir um ritmo saudável então vamos explicar por que isso acontece então vamos supor que eu pegue aqui uma vamos supor que aqui eu tenho uma interferência ou melhor vou colocar um ponto aqui em que eu tenha uma interferência construtiva então eu sei que aqui eu tenho um ponto de luz se eu pegar essa primeira onda e levar até ali vamos supor que vamos supor que ela ande delta x igual a um comprimento de onda 11 landa um landa então a minha onda aqui embaixo vai também chegar até esse ponto e como eles estão como a que eu tenho um ponto jogo eu sei que tem um ponto de luz então essa a tendência é construtiva ou seja se essa minha iniciou esse meu ponto é tem um delta x igual holanda um comprimento de onda isso significa que essa minha onda que passou por aqui por baixo de fazer uma linha vai fazer uma linha reta então depois em uma linha reta aqui então significa que esse 1 lambida é justamente a distância em excesso que a minha onda de baixo onde andou em relação a minha onda de cima então isso daqui seria igual a um lambe então só para ilustrar isso vou desenhar uma onda aqui como desenhar uma onda aqui umas herói de uma onda aqui vou fazer só duas duas fases com as duas dois vales e duas crianças desculpem consecutivas então se a minha primeira onda andou até aqui com uma distância holanda por exemplo vai parar no bolso porque aqui no pico da onda e se a minha onda de baixo ou um landa a mais tem esse mundo anda sobrando então a minha onda vai mudar a minha a minha segunda onda vai chegar vai passar disso daqui vai ter todo esse toda essa parte da onda e vai então chegar na outra cristã e essas duas crianças consecutivas se somam e isso causa da interferência construtiva e agora se eu tiver uma terceira um terceiro buraco como fazer para todos os outros buracos se eu tiver um terceiro buraco que chega nesse mesmo ponto a interferência também vai ser construtiva e se eu fizer agora essa mesma reta que eu fiz aqui para ver quanto à questão tenha acesso a minha terceira onda vai ter em relação em relação à segunda onda um excesso de um lambe da também então ela então eu tenho um excesso de um lado em relação à segunda e isso significa que eu tenho dois lâmpadas em excesso em relação à primeira onda então só pra deixar isso mais claro a minha primeira onda logo na crista a minha segunda onda vai estar logo na segunda criança consecutiva a minha terceira onda vai ter um comprimento vai vai dar uma distância três landa em relação o melhor 2 landa em relação à minha primeira onda então se na primeira onda parou na primeira criança que a holanda a minha segunda para uma segunda criança que é 2 landa a minha terceira onda continuaria a seguir esse caminho da onda até parar na terceira crista que no caso dizem aqui na primeira posição vai ser igual na crista então desenhar aqui um outro ponto que significaria onde essa terceira onda parou então então só pra deixar bem claro a minha primeira onda vai andar aqui vai chegar nesse ponto de referência construtiva a minha segunda onda vai andar uma distância lambida maior ou até mais fácil sobrando holanda que em relação à minha primeira é a minha terceira vai ter uma distância 2 lambda em relação à minha primeira e agora se eu continuar fazendo isso vamos pôr mais uma onda aqui que chega até aquele ponto e eu fiz essa mesma linha branca prevê qualquer o excesso qual é o excesso o caminho a mais que ela andou também vai ter uma distância lambda e então ela vai ter três lâmpadas a mais do que o meu a minha primeira onda então também vai parar nesse ponto aqui dessa crise é claro muito mais pra frente mas o que importa é que a interferência vai ser construtiva porque elas vão estar no mesmo ponto biométrico então o ponto que eu quero chegar aqui é que esse ponto de luz o ponto que eu quero chegar é que eles de pontos de luz é um ponto digamos que mágico ele é um ponto em que meu delta x é um número inteiro portanto as ondas vão ter interferência construtiva todas as ondas vão estar na mesma fase e agora o que eu quero fazer diferente é mostrar que se por acaso eu pegar aqui um ponto um pouquinho fora desse meu ponto de interferência construtiva vamos supor que esse ponto aqui vamos supor que eu tenho que saber sair daqui opa não foi nada resta essa linha vamos supor que eu tenho um ponto que sair daqui e chega nesse ponto e vamos um pouco da alta x pra esse ponto agora delta x vai ser um ponto 1 holanda 1 ponto um comprimento de onda ou 1,11 acho que o melhor veículo a um comprimento de onda então se eu vou desenhar minha segunda que passa pelo seu tom é minha segunda fernanda é essa onda vai andar agora te fazer de novo esse meu esquema aqui essa onda vai andar um comprimento de onda em relação à primeira mais esses 0.1 comprimento de onda que faltava para chegar num ponto um lambe da ok então se a minha primeira onda ficava aqui na crista a minha próxima onda vai cair uma posição que fica mais ou menos todos por aqui que seria mais ou menos 1.169 mente desviado e aqui entra a parte importantíssima que às vezes fica difícil de entender isso aqui aparentemente é uma interferência construtiva mas vamos ver o que acontece quando eu faço isso para todos os buracos todas as fendas então eu tenho aqui uma outra onda e essa onda vai andar 1.111 landa em relação a minha onda de cima a minha essa onda que passou pela segunda feira então tinha fazer de novo esse meu esquema geométrico aqui então voltei de novo essa linha reta e agora eu andei 1.111 manda em relação à minha segunda fernanda só que a minha segunda feira já tinha andado 1.1 landa em relação à minha primeira então no total essa minha e se essa minha terceira fenda a onda vai ter andado 2.2 lambidas então esquecendo-se dois da frente ficamos só com aquele 0.2 o a posição que essa onda padaria em relação às outras seria mais ou menos mais ou menos aqui e isso também não seria totalmente destrutivo ainda tem uma interferência construtiva só que o ponto é que se eu fizesse isso pra todas essas vendas aqui se eu fizesse isso para todas essas vendas aqui todas essas vendas de fazer para todas todas essas vendas cada uma teria um lambida cada uma teria um lambida que seria um ponto um lambe das em relação ao holanda a em relação à fenda anterior então essa minha outra onda estaria a 3.3 lambida então a minha onda já pagaria mais ou menos aqui essa minha outra renda teria andado um ponto é desculpem 4.4 4.4 lâmpadas em relação à primeira então teria uns poucos mas o buraco teria mais uma onda que chegaria justamente em 5.5 depois eu teria 6.6 lambida depois eu teria alguma coisa ponto 77 com 7 no caso depois eu teria 8.8 depois eu teria 19.9 então eu chegaria em 10 lambda o que eu quero que vocês percebam é que embora no começo parece que essas duas ondas não fosse interferi destrutivamente eu quero que vocês percebam que quanto mais o mas eu fizer com esse intervalo de um ponto lambda mais mais ondas eu vou ter para cancelar então isso é meio ante intuitivo isso é meio difícil de entender mas essa onda aqui vai se cancelar com essa porque elas estão em fases opostas lembrem-se uma diferença destrutivo acontece quando o uso estão em fases opostas essa onda aqui que parou nesse ponto vai se cancelar com essa é essa aqui vai se cancelar com essa e assim consecutivamente então os únicos pontos de interferência construtiva que eu vou ter vão ser quando esse meu lambida for um número inteiro com destino à holanda foi um número inteiro então todo o resto vai fazer parte dessa área escura aqui onde acontece a interferência destrutiva então esse daqui também cancelaria com esse destrói que acontecer uma interface intuitiva e esse aqui por sua vez seria uma interferência destrutiva com esse daqui então vocês podem se perguntar mas isso não fica muito difícil de de calcular isso torna mais difícil os cálculos quanto mais buracos quanto mais feliz eu estiver aqui ea resposta é não aquela equação que a gente achou que o escrevera de volta aqui de ser no de teta igual a 10 anos é igual delta x ainda vale só que melhor ainda isso daqui esse experimento é chamado degrad de difração grade grade de de infração de pra são ele é importantíssimo porque não só eu vou poder ter essa fórmula como também eu vou poder chegar em outra fórmula muito importante que vai valer nesse caso que é de selo de teta de ser detetada é igual a eni lambida em que n midi e que se resolver por etapa para ele eu vou ter todos os pontos em que há interferência construtiva e portanto tenho esses pontos luminosos e isso daqui a gente faz um laboratório nos cursos de física e ser feita em laboratório e esse experimento é bem bacana por causa disso então eu espero que vocês tenham entendido a grade de difração que o que mais vocês precisam prestar atenção aqui é nessa parte de interferências destrutivas então todos as ondas que eu tiver que não estiverem com o número inteiro nem cinema nesse meu delta x vão acontecer no carbon virar uma interferência destrutiva enquanto todos os meus atos x que for número inteiro vão ter uma interferência construtiva então espero ter ajudado espera não ter complicado mais do que ajudado e até a próxima