If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:9:36

Transcrição de vídeo

a questão de pet pra gente determinar a magnitude ou seja a intensidade da aceleração do bloco 2 expresse o resultado em termos de m 1 m2 exige a gente viu no vídeo anterior a questão a que pedia pra gente desenhar o diagrama de forças aqui do bloco e do bloco 2 agora parte b pede pra gente determinar a magnitude da aceleração que o bloco 2 está sofrendo ea gente precisa fazer isso em termos de n 1 m2 e jequié gravidade ok a partir desse dia a grama de forças aqui a gente já consegue determinar a aceleração tanto do bloco quanto do bloco 2 como peso atuando sobre o bloco 2 é maior do que a tensão a aceleração aqui nesse caso vai ter um sentido para baixo a gente pode colocar que a aceleração está apontada para baixo o bloco 2 está sofrendo uma aceleração para baixo em contrapartida o bloco tem uma atenção maior do que a força piso atuando sobre ele e nesse caso é que a aceleração vai ter um sentido ascendente seja vai ter um sentido para cima agora mesmo que esse bloco que sofreu uma aceleração para cima e esse bloco sofreu uma aceleração para baixo a intensidade da aceleração de ambos os blocos são iguais já que eles estão conectados aqui por um fio uma forma da gente determina a aceleração e uma forma de determinar a aceleração desse bloco que seria usando a segunda lei de newton na qual a gente sabe que a força resultante atuando sobre um corpo vai ser igual à massa desse corpo vezes a aceleração sofrida por ele ok então vamos lá fazer isso para o bloco 2 determinar a aceleração sofrida pelo bloco 2 já que é o que o problema está pedindo não é e bem a gente sabe que a força resultante é igual à massa vezes a aceleração agora qual é a força resultante atuando sobre o bloco 2 a gente tem duas forças aqui a força peso ea força de tensão agora como a aceleração está para baixo a gente pode definir que essa força que é positiva e essa aqui é negativa a gente poderia fazer o contrário também mas como a gente está querendo determinar a magnitude da a aceleração a gente já pode logo definir o sentido da aceleração como sendo positivo então vamos lá a gente sabe que o peso está pra baixo a gente vai te m 2 vezes a aceleração da gravidade e como a tensão tem um sentido contrário aqui a gente vai ter que subtraía que na equação da força resultante então - a atenção e isso vai ser igual à massa a massa de quem a massa do segundo bloco pises a aceleração agora que a gente já consegue determinar a aceleração sofrida por esse bloco o problema é que a questão pede a gente para determinar a aceleração em termos de m 1 m2 e g e aqui nessa equação a gente tem o m2 a gente tem hoje mas a gente não tem o m1 ea gente tem essa tensão aqui então a gente precisa encontrar uma forma de eliminar essa atenção e fazer aparecer a massa 1 a 1 e uma forma de fazer isso é aplicar a segunda lei de newton ao bloco também a gente vem aqui faz a mesma coisa para o bloco e quais são as forças que estão atuando sobre o bloco 1 a gente tem a força de tensão ea força peso aqui só que agora como a tensão está apontado para cima e aceleração sofrida por este bloco está para cima eu vou definir que a tensão é positivo é que o peso aqui nesse caso é negativo ok então vamos lá gente vai ter atenção - a força peso atuando sobre esse bloco que é igual à massa 11 vezes a gravidade isso aqui vai ser igual à massa 11 vezes a aceleração eu não preciso definir isso é que como a aceleração 2 e isso é igual a aceleração porque as acelerações tem mesma intensidade então elas são iguais então eu posso simplesmente deixar como a aceleração ok agora que a gente já tem essas duas equações a gente consegue eliminar essa tensão aqui e pra fazer isso a gente pode usar um pouco de álgebra simples como a gente pode somar a esses dois lados dessa equação e esses dois lados essa equação já que esse lado esquerdo é igual a esse lado direito ea mesma coisa acontece com a equação do bloco 1 tudo que a gente fizer do lado esquerdo a gente pode fazer do lado direito então a gente pode somar esses dois lados aqui e somar esses dois lados aqui então vamos subir mais um pouco que a gente soma esse lado ea gente soma esse lado somando esse lado que a gente já de cara consegue eliminar essas tensões já que o negativo e outro positivo então a gente vai te m 2 vezes a gravidade - m1 vezes a aceleração da gravidade e isso vai ser tão igual à m2 vezes a aceleração mais mas m1 vezes a aceleração agora qual a aceleração é a mesma para os dois blocos a gente pode colocar essa aceleração e evidência então a gente vai ter q m 2 vezes a gravidade - m1 vezes a gravidade e isso é igual a a aceleração que a gente está colocando em evidência vezes a massa m2 mas amy um claro que a gente também poderia colocar a gravidade é que em evidência mas como nosso objetivo é determinar a aceleração a gente só fez isso desse lado que a gente conseguir determinar logo que a gente quer agora pra gente determinar essa aceleração eu posso dividir ambos os lados pela massa dois mais a marcação então venho aqui devido aqui pela massa dois mais a massa 1 e faça o mesmo desse lado aqui devido também pela massa 2 mas a marcação ó que isso é interessante que a gente consegue eliminar logo desse lado aqui essa massa 2 mas essa massa 1 ea gente tem a aceleração do bloco 2 que a mesma aceleração também para o bloco 1 o que é essa expressão aqui ok agora você pode até falar da ajuda aí foi muito fácil mas será que não existe uma forma mais fácil de resolver isso não tem tem sim a gente voltar aqui em cima e pensar que nós temos dois corpos aqui ea gente pensou neles de forma isolada ea gente conseguiu chegar essas duas equações para determinar a aceleração certo mas a gente também poderia pensar nesses dois corpos como se eles tivessem vagando pelo espaço claro esses dois corpos estão presos por uma corda então a gente pode pensar aqui que a gente tem esses dois blocos vagando no espaço primeiro bloco tendo uma massa n1 e o segundo bloco tenta uma massa m2 e m2 aquecendo maior do que o m1 ok e aí a gente pode pensar nesses dois corpos como um único sistema em que a gente vai ter uma força atuando sobre esse bloco 2 aqui para direita e e essa força tem uma intensidade igual à m2 g claro meu amigo é só você pode até dizer assim eles estão vagando no espaço vai ter uma força gravitacional aqui atuando sobre ele eu estou dizendo apenas pra você que essa força tem esse valor m2 g ea mesma coisa aqui sobre o bloco vamos dizer que existe uma força atuando aqui pra esquerda em que a gente vai ter uma força com uma intensidade igual a emi um jipe pensando dessa forma que a gente pode pensar nesses dois corpos como sendo apenas um já que eles dois fazem parte de um sistema então a gente pode pensar neles 2 como se fosse apenas um corpo em que esse corpo aqui tem uma massa m1 mas m2 aí a gente vai parar pra pensar que também quais são as forças que estão atuando sobre esse corpo essas duas forças uma para direita e essa força para a direita tem uma intensidade m dos g e uma força também atuando para a esquerda em que essa força que tem uma intensidade igual a m1 g é mil vezes gi então você já pode pensar diretamente aquino segundo a lei de newton em que a gente tem que a aceleração sofrida por um corpo vai ser igual a força resultante atuando sobre esse corpo sobre a massa desse corpo e novamente porque a gente fez isso aqui porque os dois corpos estão presos há um sistema em que os dois corpos sofrem a mesma aceleração então a aceleração do bloco 2 vai ser igual a aceleração do bloco então a gente pode pensar neles 2 como se fosse apenas um corpo de massa m1 mais m2 a força resultante vai ser igual à m2 vi exigir menos m1 vezes g eu coloquei esse aqui sendo positivo porque a aceleração vai ter se sentido aqui e isso sobre a massa do corpo que nesse caso km 11 mas m2 e isso claro vai ser igual a aceleração do nosso sistema então essa daqui é uma outra forma que você pode fazer para chegar ao mesmo resultado aqui nesse caso e esse é o barato da ciência porque usando a lógica certa você consegue chegar a mesma resposta por vários caminhos diferentes