If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:8:44

Transcrição de vídeo

vamos agora passar para letra se bem a gente tem aqui inicialmente um bloco de 3 massa m3 que é adicionado a esse sistema como mostra a figura aqui então essa letras e pede para a gente dizer se nessa nova situação a aceleração do bloco 2 é maior e menor ou igual ao caso anterior do sistema com dois blocos explique como você chegou a sua resposta ok então agora pra gente pensar nesse novo sistema a gente vai ver que a situação praticamente não muda a gente tem apenas a força piso do bloco ea força peso do bloco 2 interferindo aqui na aceleração do sistema já que esse bloco 3 aqui em contato com essa mesa não possui a tripla que entre os dois então nesse caso não vai ter nenhuma força que influenciado sobre a aceleração do sistema agora por outro lado a gente tem esse bloco aqui que possui massa e pelo fato de possuir uma massa a força que vai estar atuando sobre o sistema vai ser a mesma mas a massa do sistema vai ser diferente e isso vai acabar influenciando na aceleração se a gente pensar que rapidamente na segunda lei de newton a gente sabe que a força resultante atuando sobre o sistema vai ser igual à massa total do sistema vezes a aceleração então a aceleração do sistema vai ser igual a força resultante atuando sobre o sistema sobre a massa do sistema e como falei a força que a mesma já que se trata da diferença entre o peso atuando sobre o bloco 2 e o peso atuando sobre o bloco então a força é a mesma agora amassa não amassa diferente porque agora a gente vai ter a massa desses três blocos se antes a gente tinha apenas a mação mais a massa 2 agora a gente vai ter a massa um mais a massa dois mais a massa três então a massa será maior então a força apesar de ser a mesma terá que ser responsável por acelerar uma massa maior nesse caso a aceleração do sistema vai ser menor então a gente pode responder isso aqui já rapidinho dizendo o seguinte com a aceleração do bloco 2 será menor porque a força resultante apesar de ser a mesma será responsável por acelerar um sistema com massa maior então é essa massa maior que faz com que a aceleração do sistema seja menor mas claro se você quiser um pouco mais a fundo a gente pode determinar isso também a partir do diagrama de forças assim a gente vai conseguir chegar a mesma resposta por exemplo vamos observar esses três blocos aqui e ver quais as forças que estão atuando sobre eles nesse caso a gente vai observar primeiro bloco vamos observar cada um deles individualmente as forças que estão atuando sobre o bloco inicialmente o peso então a gente tem aqui uma força pra baixo que é igual a m1 g e nesse caso é que a gente vai ter uma atenção também é que atuando para cima lembrando que nesse caso aqui agora atenção atuando nessa corda vai ser diferente da tensão atuando sobre essa corda não vai ter a mesma intensidade essas duas tensões a gente pode botar logo aqui atenção um que tem que ser maior do que a força peso não se esqueça disso porque esse bloco vai estar sofrendo uma aceleração para cima já que o peso atuando sobre o bloco 2 é maior e como bloco 2 vai estar acelerando para baixo esse bloco vai estar acelerando para cima então essas são as duas forças atuando sobre esse bloco agora essa tensão é transmitido aqui para este outro bloco 3 e vai ter a mesma intensidade nesse caso então a gente pode dizer que a atenção atuando sobre o bloco 3 é igual atenção atuando sobre o bloco então a gente pode botar até aqui t1 agora sobre o bloco 2 a gente tem também algo parecido a gente vai ter uma força que que é o peso atuando sobre o bloco 2 que tem que ser maior do que o peso atuando sobre o bloco e esse peso é igual à massa do bloco 2 vezes a aceleração da gravidade ea gente também vai ter uma força de tensão aqui pra cima e essa atenção tem que ser menor do que a força peso atuando sobre o bloco 2 novamente essa tensão vai ser transmitida que por essa corda até chegar no bloco 3 e um detalhe essa atenção tem que ser maior do que a tensão porque esse bloco vai sofrer uma aceleração para a direita já que a gente tem que o bloco 2 mas sofreu uma aceleração para baixo o bloco 3 mas sofreu uma aceleração para a direita e o bloco vai sofrer uma aceleração para cima então essa atenção 2 têm que ser maior do que essa tensão agora essas são as duas únicas forças que estão atuando sobre o bloco 3 não a gente ainda tem esse peso atuando aqui sobre esse bloco 3 a gente pode colocar isso aqui a massa três vezes três vezes a aceleração da gravidade agora como esse bloco não está sofrendo uma aceleração para baixo vai ter uma outra força que atuando para cima e que é a força normal nesse caso agora essa força normal vai ter a mesma intensidade que essa força peso aqui então elas vão se anularem o bloco 3 não vai sofrer uma aceleração nem para baixo e nem para cima mas sofreu apenas uma aceleração aqui na direção horizontal agora que a gente já sabe quais são as forças que estão atuando sobre cada um dos blocos a gente pode aplicar a segunda lei de newton a cada um deles lembrando que a força resultante atuando sobre cada um dos blocos vai ser igual à massa do bloco visa a aceleração sofrida por eles ok então vamos lá colocar isso aqui embaixo a gente pode aplicar logo direto a segunda lei de newton para esse bloco 1 lembrando que se a aceleração está para cima eu vou considerar a quem está apontado para cima como positivo que está apontado para baixo como negativo então a gente vai ter que ter um - um de isso é igual que isso é a força resultante atuando sobre o bloco isso vai ser igual à massa do bloco 11 vezes a aceleração sofrida por ele pode fazer o mesmo agora com um bloco 2 a gente tem que a aceleração do bloco 2 está para baixo então vou considerar que está apontado para baixo como positivo que está apontado para cima como negativo então a gente vai ter que m2 exige gt3 dois igual à massa 2 a ser vistas à aceleração mas ainda não acabou a gente ainda tem esse terceiro bloco aqui e nesse terceiro bloco aqui a gente tem que a aceleração é para a direita então quem está apontado para a direita positivo que está apontado para a esquerda negativo então a gente tem que ter dois a menos de 1 é igual à massa três vezes a aceleração ok então a gente já tem essas três equações aqui ea gente consegue determinar a aceleração do sistema aqui lembrando novamente da álgebra que se isso é que é igual a isso aqui é igual a isso e se isso é igual a isso eu posso somar esse lado e só mais selado ok e é isso que a gente vai fazer aqui a gente vai somar esse lado ea gente vai somar mais outro lado que dá igualdade e quando a gente faz essa soma a gente tem que ter um aqui é positivo e tem uma que é negativo então a gente pode anular esses dois têm um aqui a mesma coisa a gente tem que ter dois é positivo e aqui te 2 é negativo então a gente vem aqui e anula esses dois também então somando esse lado a gente vai ter apenas m2 e m2 a massa 2 vezes a gravidade menos gravidade e isso é igual à soma desses lados a gente vai ter nenhum 'visa mais m2 visitas a mais e me três vezes a e novamente a gente pode colocar esse a evidência já que a aceleração sofrida por cada um dos blocos é a mesma então a gente repete essa parte que m dois vices a gravidade m1 vezes a gravidade isso é igual colocando a aceleração em evidência vezes m1 mais m2 mais m3 de terminar aceleração gente pode dividir agora porém nenhum mas m2 mais m3 em ambos os lados e é isso que a gente pode fazer a gente vai ter aqui m1 mas m2 mas m3 e dividir também desse lado direito pela mesma coisa e me um mas m2 mais m3 a gente pode anular essa parte aqui com essa parte aqui e aí a gente chega à conclusão que a aceleração é igual a essa parte que e aí a gente chega à mesma conclusão que a força resultante atuando sobre o sistema é a mesma m 2 g - mg agora a massa total do sistema é diferente então a gente vai ter um número maior aqui no denominador e isso vai fazer com que a aceleração seja menor novamente chegamos à mesma conclusão a aceleração do bloco 2 que é a mesma aceleração do sistema será menor porque a força resultante atuando sobre o sistema apesar de ser a mesma será responsável por acelerar um sistema com massa maior