If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

O que são diagramas PV?

Aprenda o que são diagramas PV e como usá-los para encontrar a mudança na energia interna, trabalho feito e calor.

O que são diagramas PV?

Considere um gás em um recipiente lacrado com um pistão firmemente ajustado mas que ainda se move, como mostrado abaixo. Podemos realizar trabalho no gás pressionando o pistão para baixo, e podemos aquecer o gás colocando o recipiente sobre uma chama ou submergindo-o em um banho de água fervendo. Quando sujeitamos o gás a esses processos termodinâmicos, sua pressão e seu volume podem ser alterados.
Uma forma conveniente de visualizar essas alterações na pressão e no volume é usando um diagrama de pressão por volume, ou diagrama PV. Cada ponto em um diagrama PV corresponde a um estado diferente do gás. A pressão é dada no eixo vertical e o volume é dado no eixo horizontal, como mostrado abaixo.
Cada ponto em um diagrama PV representa um estado diferente do gás (um para cada volume e pressão possíveis). Conforme um gás passa por um processo termodinâmico, seu estado será deslocado no diagrama PV, traçando um caminho conforme ele se desloca (como mostrado no diagrama abaixo).
Poder decodificar as informações mostradas em um diagrama PV nos permite fazer afirmações sobre a variação na energia interna delta, U, o calor transferido Q, e o trabalho realizado W em um gás. Nas seções abaixo, vamos explicar como decifrar as informações ocultas contidas em um diagrama PV.
Nota: A menos que especificado de outra forma, vamos supor que o W de trabalho refere-se ao trabalho realizado sobre o gás.

Como determinamos o sinal do trabalho realizado a partir de um diagrama PV?

Digamos que nosso gás começa no estado mostrado no diagrama PV abaixo.
Se pressionarmos o pistão para baixo, o volume do gás vai diminuir, então o estado deve ser deslocado para a esquerda, na direção dos volumes menores (como visto no diagrama abaixo). Como o gás está sendo comprimido, também podemos ter certeza de que um trabalho positivo W está sendo realizado no gás.
Da mesma forma, se deixamos o gás se expandir, empurrando o pistão para cima, o volume do gás vai aumentar, então o estado deve se deslocar para a direita na direção de volumes maiores (como visto no diagrama abaixo). Como o gás está se expandindo, também podemos ter certeza de que um trabalho negativo W está sendo realizado no gás.
Então, sempre que vemos um estado se deslocando para a esquerda em um diagrama PV, podemos garantir que o trabalho realizado no gás foi positivo. Da mesma forma, sempre que vemos um estado se deslocando para a direita em um diagrama PV, podemos garantir que o trabalho realizado no gás foi negativo.

Como determinamos a magnitude do trabalho realizado a partir de um diagrama PV?

O trabalho realizado durante um processo termodinâmico é igual à área abaixo da curva, como visto no diagrama abaixo.
O motivo pelo qual o trabalho é igual à área abaixo da curva é que
W, equals, F, delta, x, equals, left parenthesis, P, A, right parenthesis, delta, x, equals, P, left parenthesis, A, delta, x, right parenthesis, equals, P, delta, V
E como P, delta, V é simplesmente a start text, a, l, t, u, r, a, end text, times, start text, space, l, a, r, g, u, r, a, end text do retângulo mostrado acima, o trabalho é igual à área. Se usarmos unidades de pressão de start text, p, a, s, c, a, i, s, end text e unidades de volume de start text, m, end text, cubed, então a energia será encontrada em unidades de start text, j, o, u, l, e, s, end text.
Contudo, precisamos ser realmente cuidadosos com os sinais. Se o caminho em um diagrama PV estiver direcionado para a esquerda, o volume está diminuindo e um trabalho positivo está sendo realizado no gás. Se o caminho em um diagrama PV estiver direcionado para a direita (como no diagrama acima), o volume está aumentando um trabalho negativo está sendo realizado no gás, já que W, start subscript, start text, p, e, l, o, space, g, a, with, \', on top, s, end text, end subscript, equals, minus, W, start subscript, start text, n, o, space, g, a, with, \', on top, s, end text, end subscript.
Não importa a forma do caminho, a área sob a curva ainda vai representar o trabalho realizado. Para qualquer caminho com curva, podemos imaginar que dividimos a área em uma quantidade infinita de retângulos infinitamente finos.
A área de cada retângulo representaria o trabalho realizado durante cada infinitésimo passo, e a soma das áreas representaria o trabalho total realizado por todo o processo.
Deve ser dito que sempre vamos considerar que esses processos estão acontecendo devagar o suficiente para que todo o gás esteja em equilíbrio termodinâmico o tempo todo (isto é, todo o gás tem a mesma temperatura). Se isso lhe parece duvidoso, você está certo em questionar. Contudo, embora basicamente nenhum processo do mundo real vá satisfazer exatamente esse requisito, nossa habilidade de modelar muitos processos termodinâmicos não é prejudicada por essa falta de fidelidade às circunstâncias ideais.

Como determinamos o sinal de delta, U a partir de um diagrama PV?

Lembre-se de que a energia interna e a temperatura são proporcionais U, \propto, T. Então, se a temperatura aumenta, a energia interna também deve aumentar.
Agora, se o gás que estamos considerando for um gás ideal, também sabemos que
P, V, equals, N, k, start subscript, B, end subscript, T
E se nenhum gás puder escapar (de forma que o número de moléculas N seja constante) podemos dizer que P, V, \propto, T. Tudo isso significa que,
U, \propto, T, \propto, P, V
Então, se a grandeza pressão vezes volume left parenthesis, P, times, V, right parenthesis aumenta, a temperatura T e a energia interna U também devem aumentar (o que torna delta, U positivo). Essa ideia é representada no diagrama mostrado abaixo.
Isso significa que sempre que o estado em um diagrama PV acaba ficando mais para cima e para a direita do ponto no qual começou, delta, U é um número positivo. Da mesma forma, toda vez que o estado em um diagrama PV acaba ficando mais para baixo e para a esquerda do ponto no qual começou, delta, U é um número negativo.
Agora, se o estado no diagrama PV se move para cima e para a esquerda (a pressão aumenta e o volume diminui), ou para baixo e para a direita (a pressão diminui e o volume aumenta), fica um pouco ambíguo se a grandeza left parenthesis, P, times, V, right parenthesis de fato aumentou ou diminuiu (já que uma variável aumentou e outra diminuiu). Para ter certeza, precisamos verificar os valores iniciais exatos de P e V nos eixos do gráfico para dizer se a grandeza left parenthesis, P, times, V, right parenthesis de fato aumentou ou diminuiu.
Também é importante observar que se a grandeza left parenthesis, P, times, V, right parenthesis não varia, então a temperatura T e a energia interna U também não variam. Por exemplo, se a pressão dobra e o volume cai pela metade, left parenthesis, P, times, V, right parenthesis continua com o mesmo valor (já que 2, P, times, start fraction, V, divided by, 2, end fraction, equals, P, V). A temperatura T e a energia interna U vão encerrar o processo com os mesmos valores com os quais começaram.

Como determinamos o sinal de Q a partir de um diagrama PV?

Dado um diagrama PV, normalmente temos que contar com a primeira lei da termodinâmica delta, U, equals, Q, plus, W para determinar o sinal do calor resultante que entra ou sai de um gás. Se calcularmos essa equação para o calor Q obtemos,
Q, equals, delta, U, minus, W
Agora que sabemos disso, podemos usar nosso conhecimento sobre como encontrar o sinal de delta, U e W para encontrar o sinal de Q em vários casos. Então, por exemplo, se a variação na energia interna é positiva e o trabalho realizado é negativo,
Q, equals, left parenthesis, plus, right parenthesis, minus, left parenthesis, minus, right parenthesis, equals, plus ...o calor resultante deve ser positivo.
O que faz sentido, já que a energia interna aumentou mesmo que um trabalho tenha sido realizado no gás, o que implica que mais calor deve ter entrado no gás em comparação com a energia perdida a partir do trabalho por ele realizado.
Ou por exemplo, se a energia interna diminui e o trabalho é positivo,
Q, equals, left parenthesis, minus, right parenthesis, minus, left parenthesis, plus, right parenthesis, equals, minus ...o calor resultante deve ser negativo.
O que faz sentido, já que a energia interna diminuiu mesmo que um trabalho tenha sido realizado no gás, o que implica que mais calor deve ter deixado o gás do que energia foi ganha devido ao trabalho nele realizado.

Como são os exemplos resolvidos envolvendo diagramas PV?

Exemplo 1: Encontrando os sinais

Um gás ideal em um recipiente lacrado passa pelo processo mostrado no diagrama PV abaixo.
Selecione a afirmação correta sobre os sinais das seguintes grandezas: variação na energia interna do gás delta, U, trabalho resultante realizado no gás W, comma e o calor resultante que entra no gás Q
Escolha 1 resposta:
Escolha 1 resposta:

Exemplo 2: Encontrando a área

Um gás ideal em um recipiente lacrado passa pelo processo mostrado no diagrama PV abaixo. O volume inicial do gás é V, start subscript, i, end subscript, equals, 0, comma, 25, start text, m, end text, cubed e o volume final do gás é V, start subscript, f, end subscript, equals, 0, comma, 75, start text, m, end text, cubed. A pressão inicial do gás é de P, start subscript, i, end subscript, equals, 70, point, 000, start text, space, P, a, end text e a pressão final do gás é de P, start subscript, f, end subscript, equals, 160, point, 000, start text, space, P, a, end text.
Qual é o trabalho realizado no gás durante o processo mostrado?
Solução:
Podemos encontrar o trabalho realizado determinando a área total abaixo da curva em um diagrama PV. Temos que usar a área total, até chegar ao eixo que representa o volume. Por exemplo, podemos imaginar a visualização da área abaixo da curva no exemplo mostrado acima como um triângulo e um retângulo (como visto abaixo).
Agora acabamos de encontrar a soma das áreas do triângulo e do retângulo. A altura do retângulo é a pressão P, start subscript, i, end subscript e a largura do retângulo é a variação no volume delta, V, equals, V, start subscript, f, end subscript, minus, V, start subscript, i, end subscript. Então,
start color #11accd, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 1, end text, end color #11accd, equals, start text, a, l, t, u, r, a, end text, times, start text, l, a, r, g, u, r, a, end text (área do retângulo)
start color #11accd, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 1, end text, end color #11accd, equals, P, start subscript, i, end subscript, times, delta, V (a altura é P, start subscript, i, end subscript e a largura é delta, V)
start color #11accd, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 1, end text, end color #11accd, equals, left parenthesis, 70, point, 000, start text, space, P, a, end text, right parenthesis, times, left parenthesis, 0, comma, 75, start text, m, end text, cubed, minus, 0, comma, 25, start text, m, end text, cubed, right parenthesis (insira os valores)
start color #11accd, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 1, end text, end color #11accd, equals, 35, point, 000, start text, space, J, end text (calcule)
Podemos encontrar a área de um triângulo usando a fórmula A, equals, start fraction, 1, divided by, 2, end fraction, b, h.
start color #1fab54, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 2, end text, end color #1fab54, equals, start fraction, 1, divided by, 2, end fraction, b, h (área do triângulo)
start color #1fab54, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 2, end text, end color #1fab54, equals, start fraction, 1, divided by, 2, end fraction, b, left parenthesis, 160, point, 000, start text, P, a, end text, minus, 70, point, 000, start text, space, P, a, end text, right parenthesis (a altura do triângulo é a diferença entre as pressões P, start subscript, f, end subscript, minus, P, start subscript, i, end subscript)
start color #1fab54, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 2, end text, end color #1fab54, equals, start fraction, 1, divided by, 2, end fraction, left parenthesis, 0, comma, 75, start text, m, end text, cubed, minus, 0, comma, 25, start text, m, end text, cubed, right parenthesis, left parenthesis, 160, point, 000, start text, P, a, end text, minus, 70, point, 000, start text, space, P, a, end text, right parenthesis (a base do triângulo é a diferença entre os volumes V, start subscript, f, end subscript, minus, V, start subscript, i, end subscript)
start color #1fab54, start text, a, with, \', on top, r, e, a, space, 2, end text, end color #1fab54, equals, 22, point, 500, start text, space, J, end text (calcule)
Portanto, a área total abaixo da curva é de 35, point, 000, start text, space, J, end text, plus, 22, point, 500, start text, space, J, end text, equals, 57, point, 500, start text, space, J, end text
A área representa o valor absoluto do trabalho total realizado durante o processo. Para determinar o sinal do trabalho realizado no gás, observamos que o processo move o estado para a direita, fazendo o gás se expandir. Quando o gás se expande o trabalho realizado no gás é negativo. Então,
W, start subscript, start text, n, o, space, g, a, with, \', on top, s, end text, end subscript, equals, minus, 57, point, 500, start text, space, J, end text (celebrate)

Quer participar da conversa?

  • Avatar male robot hal style do usuário Fabricio Gegenheimer
    Quais são as unidades de medida?
    (3 votos)
    Avatar Default Khan Academy avatar do usuário
    • Avatar leaf blue style do usuário Luiz Portella
      No SI a unidade para pressão é Pa (pascal), que é o mesmo que N/m². Já 10⁵ Pa vale 1 bar. E 1,01325 . 10⁵ Pa vale 1 atm. Ou seja, 1 bar é aproximadamente 1 atm.
      No SI a unidade para volume é m³...
      Note que a área abaixo do gráfico PxV será numericamente igual a trabalho, N/m² . m³ = N . m = J.
      (4 votos)
  • Avatar female robot amelia style do usuário leticia.fmarquessilva
    Na parte sobre o sina do Q, não entendi.
    (2 votos)
    Avatar Default Khan Academy avatar do usuário
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.