Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Fontes de energia renováveis e não renováveis

Nesta videoaula apresentamos as fontes renováveis e não renováveis de energia, como por exemplo, a energia eólica, hidrelétrica, solar, nuclear, gás e petróleo. Também abordamos os impactos ambientais de seus usos, de forma a embasar a importância do uso consciente da energia.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA - E aí, pessoal! Tudo bem? Nos dias atuais, nós somos totalmente dependentes de energia. Ela se faz presente em casa ou no trabalho. Nas residências, por exemplo, com a energia elétrica, nós obtemos a luz, a manutenção dos alimentos em geladeiras, ar-condicionado, banho quente e o uso de aparelhos eletrodomésticos etc. Já na cozinha, com o GLP (que é o famoso gás de cozinha), nós cozinhamos, dentre outras finalidades. Ah, não podemos esquecer do carvão vegetal para o churrasco! Para nos locomovermos, seja a trabalho ou a lazer, utilizamos transportes coletivos (ou seja, ônibus ou trem), ou, então, transportes individuais. E, para isso, utilizamos biocombustíveis derivados de petróleo, como diesel e gasolina, e também biocombustíveis como álcool, biodiesel ou gás natural. E a energia é tão importante que ela é utilizada no trabalho agrícola, na indústria, nos serviços, comércio, lazer e tantas outras coisas dependem da eletricidade, dos derivados de petróleo, gás natural, entre outros tipos de energia. Ou seja, com tantos fatores dependendo da energia, ela se tornou algo importante no nosso dia a dia. E nós precisamos de energia para o transporte, para a comunicação, para a iluminação, para o aquecimento etc. Mas de onde vem toda essa energia? Essa energia vem do que chamamos de fontes de energia, que nada mais são do que matérias-primas que, direta ou indiretamente, produzem energia. E, aí, nós utilizamos esta energia para movimentar as máquinas, os transportes, a indústria, o comércio, casas etc. E nossas fontes de energia, elas podem ser: fontes renováveis e não renováveis. Você pode ver aqui no mapa o quanto a energia é necessária para iluminar o planeta. Ok, mas vamos detalhar melhor essas energias aqui? Então, eu vou descer aqui para começarmos a falar das fontes de energia não renováveis. E as energias não renováveis são aquelas que se encontram na natureza em grandes quantidades, mas, uma vez esgotadas, não podem ser regeneradas. Ou seja, elas possuem reservas finitas. O que eu quero dizer é que uma hora elas chegam ao fim, e, com isso, é necessário muito tempo para sua formação na natureza. E elas são consideradas energias poluentes, porque a sua utilização causa danos ao meio ambiente. E dois bons exemplos de energias não renováveis são os combustíveis fósseis (que são eles: o petróleo, o carvão mineral, o xisto e o gás natural); e também a energia nuclear (que necessita de urânio e tório para ser produzida). E nós temos vantagens e desvantagens do uso desse tipo de energia. Falando a respeito das vantagens, as energias não renováveis são fontes de energia usadas há muito tempo, portanto são bastante conhecidas dos seres humanos. E isso é uma vantagem, pois já existe toda a tecnologia e infraestrutura voltadas para este tipo de energia. Além disso, em comparação às fontes renováveis, no geral, costumam ter um preço mais baixo; por isso estas fontes são muito usadas por países mais pobres ou em processo de desenvolvimento. Especificamente falando do petróleo, além de gerar combustíveis como gasolina de automóveis, combustíveis de aviação e diesel, também gera uma grande quantidade de derivados, como a parafina, gás natural, querosene, solventes, entre outros. E, agora, falando das desvantagens, a principal delas é o fato de não serem renováveis. Ou seja, um dia as reservas dessas fontes vão acabar, e, se os seres humanos não investirem em fontes renováveis, poderemos sofrer com a falta de energia no futuro. Uma outra desvantagem é a poluição, ou seja, a queima de combustíveis fósseis gera a poluição do ar, e, com isso, prejudica a saúde das pessoas, principalmente nos grandes centros urbanos. Também sabemos que alguns gases poluentes resultantes da queima de combustíveis são um dos principais fatores da geração do efeito estufa, do aquecimento global... e a queima destes combustíveis fósseis também é um dos principais geradores da chuva ácida etc. Agora, falando um pouco das fontes renováveis de energia... (eu vou descer aqui para nós vermos)... então, as energias renováveis são aquelas que se regeneram, espontaneamente ou através da intervenção humana. Então, essas energias, elas são infinitas, e elas são consideradas energias limpas, pois os resíduos deixados na natureza são nulos. E alguns exemplos são: a energia hidrelétrica, oriunda pela força da água dos rios; a energia solar, que é obtida pelo calor da luz do Sol; a energia eólica, que é derivada da força dos ventos; a geotérmica, que provém do calor do interior da Terra; a biomassa, que vem de matérias orgânicas. Também temos a energia dos mares e oceanos, que vem da força das ondas; e, por fim, uma fonte renovável é o hidrogênio, que provém da reação entre hidrogênio e oxigênio, que libera energia. Mas eu vou falar mais a respeito de algumas dessas energias em vídeos futuros. E essa energia, ela também possui vantagens e desvantagens. Sobre as vantagens, este tipo de energia pode ser considerada inesgotável à escala humana se comparada aos combustíveis fósseis. Além disso, o seu impacto ambiental é menor do que o provocado pelas fontes de energia com origem nos combustíveis fósseis (como carvão, petróleo e gás), já que não produzem o dióxido de carbono ou outros gases com o efeito de estufa; e, reduzindo o CO₂, acaba que nós temos uma melhor qualidade de vida, ou seja, um ar mais limpo. E, por fim, conduzem à investigação em novas tecnologias que permitem melhor eficiência energética. E sobre as desvantagens, nós temos custos elevados de investimento em infraestruturas aprimoradas; além disso, nós temos impactos visuais negativos. E, claro, algumas energias renováveis, elas causam algum dano. Por exemplo, a energia da biomassa, tem um método de combustão da biomassa que não é limpo. E a energia dos mares e oceanos, ou seja, a energia das ondas, depende muito da localização. Então, voltando à minha primeira tela e comparando os dois tipos de energia... (e sobre as fontes de energia, elas podem ser primárias ou secundárias; sendo que as primárias, elas ocorrem livremente na natureza, como: Sol, água, vento, gás natural, petróleo e outras coisas. Ou seja, estamos falando das energias renováveis e não renováveis. E também temos as energias secundárias, como a gasolina, a eletricidade, o biodiesel, entre outros)... e, se eu comparar o impacto ambiental das energias renováveis e não renováveis, nas energias renováveis, nós sabemos que altera-se a paisagem, principalmente na energia solar, e, se for colocado em rotas migratórias, pode provocar morte de muitas aves no caso da energia eólica. E, claro, nós temos outros impactos nas renováveis; mas, a respeito das não renováveis, nós sabemos que a queima de combustível libera gases poluentes; e, em caso de acidente, libera-se radioatividade que é prejudicial a qualquer organismo, permanecendo no meio ambiente durante muito tempo (isso no caso da energia nuclear). Mas, enfim, pessoal, eu espero que você tenha entendido a importância da energia para a humanidade. Mas é isso aí! Até a próxima aula!