Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Usando o curso como instrumento de revisão

Nesse artigo você encontra sugestões de como usar o curso para revisar conteúdos e habilidades dos anos finais do ensino fundamental.
Conhecendo as possibilidades de uso do Prepare-se como instrumento auxiliar de diagnóstico (através do desafio do curso e dos testes de unidade) e conhecendo também os temas das lições, vamos discutir seu uso como instrumento de revisão e/ou de recomposição das aprendizagens.

Modelo de curta duração

Nesse modelo o curso Prepare-se é usado de uma única vez como instrumento de revisão no início do ano letivo, durante as aulas regulares ou no contraturno da escola.
O período de revisão vai depender tanto do número de lições do curso e da quantidade de tempo estimada para os alunos realizarem as lições, quanto da quantidade de professores que trabalharão o curso - um único professor de Ciências da Natureza ou os três professores dos componentes curriculares de física, química e biologia.
Avaliamos que são necessárias 8 horas de estudo para realizar todo o programa do curso Prepare-se para o Ensino Médio - Ciências, lendo todos os artigos, assistindo todos os vídeos e fazendo todas as atividades.
Isso poderia ser feito de várias maneiras, por exemplo:
  • Em 1h/aula semanal, com a revisão finalizada no primeiro bimestre,
  • Com 2h/aula semanais, numa versão mais intensiva, com finalização da revisão no primeiro mês de aulas.
Cada um dos alunos avança no próprio ritmo, mas com a projeção de que todos atinjam, após o período de revisão, a meta de domínio combinada previamente entre o professor e a turma.

Modelo de longa duração nas aulas regulares

Nesse modelo os conteúdos de revisão são trabalhados intercalados com os conteúdos do ano, em uma sequência linear de pré-requisitos, nas aulas regulares.
Ele pode ser aplicado em períodos específicos do ano, dependendo do planejamento anual do professor de Ciências da Natureza ou dos planejamentos anuais dos professores de física, química e biologia.
Nesse caso, a organização das recomendações é feita tanto pelas unidades temáticas quanto pelas lições, o que se encaixar melhor no planejamento do(s) professor(es).
Esse modelo evidencia a aprendizagem em espiral, oferecendo uma sequência de conceitos em diferentes níveis de profundidade. Mas, por outro lado, demanda planejamento mais detalhado.
Abaixo damos um exemplo do uso de uma lição da unidade A espécie humana.
O professor pode recomendar aos alunos a lição Hereditariedade antes de iniciar o conteúdo de genética, para tanto, ele usará um pouco mais de 30 minutos ou uma aula regular dependendo da profundidade com que precise discutir o assunto com os alunos.
Fazendo isso ele estará revisando a habilidade focal EF09CI09 - o objetivo da lição -, e possibilitando que a maior parte dos alunos esteja no mesmo nível de domínio da habilidade antes de iniciar o conteúdo de genética programado, ou pelo menos próximos.
Mas, nada impede que o professor decida trabalhar primeiramente o vídeo e o artigo e deixe a prática para depois de iniciar o conteúdo de genética do ensino médio.

Modelo de longa duração no contraturno

Semelhante ao modelo de longa duração nas aulas regulares, o uso no contraturno propõe a revisão intercalada com os conteúdos no ano vigente, mas as unidades de revisão acontecem fora das aulas regulares – por exemplo, no contraturno, não impactando assim o planejamento das aulas regulares.
Esse modelo também pode ser aplicado ao longo de todo o ano letivo.
As recomendações são feitas pelas unidades temáticas ou pelas lições, e podem abarcar a lição inteira em um único encontro ou em vários.

Conclusão

Com esses modelos, esperamos apoiar seus primeiros passos na implementação do curso Prepare-se para o Ensino Médio - Ciências.
Mas, lembre-se: eles podem ser apenas uma inspiração na busca do formato mais adequado ao seu planejamento e ao contexto de sua turma e escola.
Atente que na escolha do melhor modelo você deve considerar o nível de aprendizagem de seus alunos, a real possibilidade de acesso aos computadores seja na aula regular ou no contraturno, e o modelo de aulas que será adotado.

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.