Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Três tipos de músculo

Compreendendo a estrutura de uma célula muscular. Versão original criada por Rishi Desai.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA1C Vamos falar sobre os três principais tipos de músculos! Quando mencionamos músculos, a primeira palavra que pode pensar é "movimento". Então, pense em todos os diferentes tipos de movimentos que podem acontecer no seu corpo. Digamos que sua perna está se movendo porque você está jogando futebol. Então, este músculo gigante aqui está ligado a um osso... Esse é o maior osso do nosso corpo, é chamado "fêmur". Esse músculo está preso ao fêmur por meio de um tendão, tem tendões dos dois lados. Esse tendão está prendendo o osso, permitindo que ele atue nos ossos. Portanto, este é um exemplo de músculo esquelético. Esse músculo esquelético vai estar ligado a tendão e osso. Agora, isso traz à tona a questão: "Todo músculo esquelético tem que ser ligado a tendão e osso?" Bem, a resposta é não. Há alguns músculos que realmente não estão ligados a tendões. Na verdade, logo acima deste músculo, temos um músculo chamado "músculo oblíquo externo". Esse músculo não é ligado a um tendão. Bem, em certo sentido, você poderia pensar nisto como um tendão. Mas é como um tendão plano, basicamente um tipo gigantesco de tecido fibroso. E esse tecido fibroso está flutuando no ar? Lógico que não. Está conectado ao tecido fibroso do outro lado porque seu corpo é simétrico, então você tem tecidos fibrosos de ambos os lados. Do outro lado, você tem outro oblíquo externo. Então, você tem esses músculos que estão aqui entrando... Não um tendão, mas realmente um tendão plano ou algo que parece um tendão plano, que chamamos de "aponeurose". "Mas cada músculo no corpo é preso a um tipo de tendão e osso?" Você pode dizer que não, alguns estão presos a um tendão plano chamado "aponeurose". Aqui você pode começar a identificar os músculos esqueléticos. Eles são, geralmente, os músculos que você pode ver no seu corpo. Então, você consegue identificar os músculos esqueléticos com facilidade. Mas, e os outros dois? O que é um músculo cardíaco e um músculo liso? O músculo cardíaco só aparece no coração? Esse tipo de músculo, o cardíaco, que temos em nosso corpo, está relacionado com o coração. No coração, você pode encontrar células especializadas, elas são tão interessantes e diferentes dos músculos esqueléticos e lisos! Elas têm seu próprio nome e categoria. Estas são as células cardíacas, você só pode encontrá-las no coração. Então, quanto ao músculo liso... Onde você pode encontrar músculos lisos? Para o músculo liso, pense em qualquer órgão oco, qualquer órgão que tenha espaço no interior e nos vasos sanguíneos. Órgãos ocos podem ser qualquer coisa. Seu estômago seria um órgão oco, onde há basicamente uma cavidade vazia no interior. E quanto aos vasos sanguíneos... Lembre-se de um dos maiores vasos sanguíneos por exemplo, a aorta. Há um espaço no interior desse vaso sanguíneo e o sangue, geralmente, está fluindo através desse espaço, mas, pelo menos, ele é oco. Então, não é tão diferente conceitualmente do órgão oco. E, assim como o órgão oco, o músculo liso está nas paredes dessas coisas. Então, pense: onde o músculo liso estaria? Seria nas paredes do órgão ou nas paredes dos vasos sanguíneos. Então, isso diz a você onde encontrar esses diferentes tipos de músculos. E pensamos em movimento... O músculo liso pode ajudar o estômago, por exemplo, a levar comida para frente. O músculo cardíaco vai ajudar o coração a bater... Esse é um movimento muito importante, lógico. E músculo esquelético, quer dizer... Usamos ele todos os dias: toda vez que você aperta a mão de alguém, dá um abraço na sua mãe... São os músculos esqueléticos que estão ajudando o seu corpo a se movimentar. Vamos pensar agora em algumas diferenças entre essas categorias. Vamos falar sobre o controle do movimento. Quem controla o movimento? Você controla algo ou tudo é feito automaticamente? Muitos músculos lisos são os que eu consideraria chamar de "involuntário". Você vai, provavelmente, ver essa palavra com mais frequência. "Involuntário" significa apenas que seu corpo está automaticamente cuidando disso. E o mesmo é verdade para o músculo cardíaco: ele é involuntário. Claro que você não precisa pensar no próximo batimento cardíaco, acontece apenas automaticamente. O músculo esquelético é o oposto, é voluntário, significando que se eu não quiser me levantar, não me levanto; se eu não quiser correr, não corro. Todos esses movimentos no meu corpo estão sob meu controle. Eu posso decidir quando fazer essas coisas. Na verdade, talvez a velocidade... Quais são os mais rápidos e os mais lentos? O músculo liso é o mais lento, e o músculo esquelético seria o mais rápido, o que é bem legal porque as coisas voluntárias, as coisas que você controla, são mais rápidas. E as coisas que estão acontecendo automaticamente são bem lentas. Na verdade, é legal porque o músculo cardíaco está em um lugar entre essas duas coisas. Assim, quando os vasos sanguíneos ficam menores ou maiores e dilatados, tudo isso está acontecendo em uma escala de tempo bastante lenta. Em comparação, quando você pula ou tenta pegar uma bola, milhares de pequenos movimentos musculares estão acontecendo muito rapidamente nesse último caso. O músculo liso parece um pouco como um olho, como uma amêndoa. Às vezes, ele é descrito dessa forma. Você pode ver suas bordas ou extremidades. Outra coisa: ele tem um núcleo que está no meio da célula. Então, basicamente, isso é uma célula muscular lisa. O que é uma célula cardíaca? Bem, essa célula é ramificada. Essa é, na verdade, uma das marcas mais interessantes. Nem todas as células cardíacas são ramificadas, mas o fato de você poder encontrar ramificações é o que realmente torna tão fácil reconhecê-la. Às vezes uma, às vezes duas... Mas, a razão para eu apontar isso aqui, é que no músculo liso há apenas uma e, às vezes, nas células cardíacas, têm mais que uma. Este é o músculo esquelético, ele tem algo desta forma. Estes são os pontos no limite ou na periferia para os núcleos. Observe que não há um núcleo, não há dois núcleos, mas um monte de núcleos! Assim, essas células funcionam realmente como uma célula gigante em certo sentido. Eles não são ramificados, estão em linha reta, e têm muitos núcleos. Isso é realmente muito importante: eles têm muitos núcleos, e o núcleos estão na periferia, meio que nas bordas. Agora, o último ponto: se você olhar para ele sob o microscópio, vai ver o que nós chamamos de "estrias". Eles basicamente têm essas estriações, note que as células musculares lisas não têm isso. Realmente, apenas o músculo esquelético e o músculo cardíaco têm essas estriações. "Estriado" apenas se refere a estas listras, e é isso que aparece sob o microscópio. Há algumas semelhanças entre o coração e o músculo liso: ambos são involuntários... Há algumas semelhanças entre o esquelético e o cardíaco, são ambos estriados... Você pode ver como todos os três têm semelhanças entre si, mas também, de alguma forma, são diferentes um do outro.